Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Ação do tratamento homeopático na sintomatologia da síndrome da ardência bucal em duas fases: estudo duplo cego placebo controlado e estudo aberto (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHEBEL, INÊS FUGITARO OTOBE - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: SÍNDROME DA ARDÊNCIA BUCAL; HOMEOPATIA (ODONTOLOGIA); DIAGNÓSTICO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: A síndrome da ardência bucal (SAB) é definida como uma sensação de queimação principalmente na língua, palato e ou gengiva ou em outra região da mucosa oral, na ausência de lesão oral específica. Caracterizada por uma contínua, espontânea, e intensa sensação de queimação como se a boca ou a língua tivessem sido escaldadas. A etiologia é pobremente compreendida embora nova evidências como neurológicas, emocionais e alterações hormonais estejam relacionadas com a SAB. É mais comum entre as mulheres na pós-menopausa e causa intenso desconforto e sofrimento. Antidepressivos tricíclicos, benzodiazepínicos e drogas antipsicóticas são as opções mais indicadas no tratamento e mostraram resultados variáveis. O objetivo desse estudo foi investigar a ação do tratamento homeopático na sintomatologia da ardência bucal em duas fases: estudo duplo-cego placebo-controlado e estudo aberto. Associados à SAB, níveis de ansiedade e depressão também foram considerados. Esse estudo foi composto por 31 pacientes diagnosticados com SAB na Clinica do Departamento de Estomatologia da FOUSP, entre julho de 2011 a setembro de 2012. Estes (25 mulheres, e 6 homens média de idade de 58,93 anos, variação 34-85 anos), foram randomizados em dois grupos G1(Arsenicum album) e G2 (Placebo), durante 90 dias, com washout de 30 dias (FASE1). O sintoma ardor bucal e a resposta terapêutica foram avaliadas utilizando uma escala visual de sintomatologia (EVS) a cada visita. Para se avaliar o Efeito global percebido (continua)(continuação) (EGP), utilizou-se uma escala de 5 pontos ao término da FASE 1. O nível de redução sobre o sintoma ardor avaliado pela EVS e o efeito Global percebido (EGP) foram estatisticamente significantes para o grupo G1(Arsenicum album) com redução de sintoma de 44,50% em relação ao placebo (12,65%). Na FASE 2 (estud0 aberto), 28 pacientes que participaram da FASE 1, receberam medicamento homeopático individualizado durante 7 meses, com visitas mensais e Washout de 60 dias. O sintoma ardor e resposta terapêutica foram avaliados utilizando (EVS) inicial obtido ao final da FASE 1, e no final da FASE 2. Houve redução de sintomas no final do tratamento de 64,60%. A análise dos dados nos permitiu concluir que ambos os tratamentos FASE 1 e FASE 2 tiveram efeito terapêutico com significância estatística. Houve efetividade do tratamento homeopático sobre o placebo na sintomatologia da ardência bucal. A FASE 2 apresentou melhores resultados quando comparados aos resultados obtidos na FASE 1. O Grupo Medicamento da FASE 2 foi mais eficaz quando comparado aos Grupos, Medicamento e Placebo da FASE 1, com significância estatística no intervalo de confiança estabelecido. Os melhores resultados foram observados nos pacientes com sintomas entre 6 - 36 meses
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.01.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500014459T4.781
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHEBEL, Inês Fugitaro Otobe; SILVEIRA, Fernando Ricardo Xavier da. Ação do tratamento homeopático na sintomatologia da síndrome da ardência bucal em duas fases: estudo duplo cego placebo controlado e estudo aberto. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-13042013-093941/ >.
    • APA

      Chebel, I. F. O., & Silveira, F. R. X. da. (2013). Ação do tratamento homeopático na sintomatologia da síndrome da ardência bucal em duas fases: estudo duplo cego placebo controlado e estudo aberto. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-13042013-093941/
    • NLM

      Chebel IFO, Silveira FRX da. Ação do tratamento homeopático na sintomatologia da síndrome da ardência bucal em duas fases: estudo duplo cego placebo controlado e estudo aberto [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-13042013-093941/
    • Vancouver

      Chebel IFO, Silveira FRX da. Ação do tratamento homeopático na sintomatologia da síndrome da ardência bucal em duas fases: estudo duplo cego placebo controlado e estudo aberto [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-13042013-093941/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: