Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O efeito da música no estresse de pacientes adultos durante cirurgias odontológicas: estudo randomizado, caso-controle e multiparamétrico (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: JUNQUEIRA, ANA CAROLINA - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODC
  • Subjects: MUSICOTERAPIA (ODONTOLOGIA); ESTRESSE (ODONTOLOGIA); EXTRAÇÃO DENTÁRIA; ANSIEDADE AO TRATAMENTO ODONTOLÓGICO; HIPERTENSÃO (ODONTOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: O tratamento odontológico está associado a episódios de grande ansiedade, estresse e muitas vezes de fobia. Para a maioria dos pacientes um dos mais estressantes procedimentos na área odontológica é a terapêutica cirúrgica. Alterações metabólicas, neurohormonais e do sistema imune tem sido implicadas com a resposta ao estresse. A música é empregada em muitos tratamentos na área médica para o controle do estresse e da ansiedade. Existem vários estudos avaliando os efeitos da música no trans e no pós-operatório de diversas intervenções cirúrgicas e em outros tratamentos de pacientes com diversos distúrbios neuropsicológicos. Entretanto não há na literatura ensaios clínicos randomizados padronizados que avaliem os efeitos fisiológicos da música durante um atendimento cirúrgico odontológico em adultos. Objetivo desta pesquisa foi o de verificar se a música pode influenciar os níveis pressóricos arteriais, a frequência, a saturação de oxigênio, os níveis de dor e o consumo de analgésicos no pós-operatório de indivíduos adultos que sofreram exodontias sob anestesia local. Foram selecionados na amostra final 57 pacientes, 21 masculinos e 36 femininos, que atenderam a critérios de inclusão específicos e distribuídos em dois grupos. Grupo C (controle) apresentando média de pressão arterial 120:80 mmHg ou 120:80 mmHg mas sem diagnóstico ou tratamento para hipertensão. Grupo H (Hipertensos) apresentando na consulta inicial média pressórica 120:80 mmHg com diagnóstico e sob tratamento (Continua)(Continuação) médico para hipertensão. Um questionário quanto ao grau de ansiedade pré-operatória foi aplicado a todos os pacientes. Randomicamente, os indivíduos foram alocados em dois subgrupos: Cm (n=30) que sofreram intervenção musical 20 minutos pré-anestesia, durante a exodontia e 20 minutos pós-cirurgia e Sm (n=27) que não sofreram intervenção musical. A pressão arterial, a frequência cardíaca e a saturação de oxigênio foram monitoradas nos momentos pré-operatório imediato, pré-anestesia, trans-cirúrgico e pós-operatório. No pós-operatório imediato todos receberam medicação analgésica e foram orientados a preencher um diário para aferição do nível de dor pós-operatória por meio de uma escala analógica visual. A quantidade de analgésico consumido também foi anotada. Os dados obtidos foram submetidos aos Testes de Mann-Whitney e Friedman, considerando um nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que a amostra final foi mista e estava equilibrada quanto à idade, altura, peso corporal e níveis pressóricos na consulta inicial. Para a frequência cardíaca nos Grupos Hipertensos e Controle houve diferença estatisticamente significante principalmente nos hipertensos sendo que o menor valor da frequência cardíaca foi após o término da cirurgia (p=0,002). Houve diferença mais expressiva dentro do subgrupo 'Cm' (p<0,001) no momento 4 do que no Grupo 'Sm' (p=0,016). Não houve diferença estatisticamente significante considerando as variáveis pressóricas entre os subgrupos entre os momentos. Não houve diferença estatística entre os subgrupos 'Cm' e 'Sm' considerando as variáveis saturação de oxigênio, níveis de ansiedade, dor e consumo de analgésicos. É possível concluir que música pode auxiliar no controle do estresse agudo de cirurgias odontológicas de pacientes adultos moderadamente ansiosos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.02.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500028754T4.784
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JUNQUEIRA, Ana Carolina; DEBONI, Maria Cristina Zindel. O efeito da música no estresse de pacientes adultos durante cirurgias odontológicas: estudo randomizado, caso-controle e multiparamétrico. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23149/tde-28052013-193821/ >.
    • APA

      Junqueira, A. C., & Deboni, M. C. Z. (2013). O efeito da música no estresse de pacientes adultos durante cirurgias odontológicas: estudo randomizado, caso-controle e multiparamétrico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23149/tde-28052013-193821/
    • NLM

      Junqueira AC, Deboni MCZ. O efeito da música no estresse de pacientes adultos durante cirurgias odontológicas: estudo randomizado, caso-controle e multiparamétrico [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23149/tde-28052013-193821/
    • Vancouver

      Junqueira AC, Deboni MCZ. O efeito da música no estresse de pacientes adultos durante cirurgias odontológicas: estudo randomizado, caso-controle e multiparamétrico [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23149/tde-28052013-193821/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: