Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Pesquisa de genes de virulência em cepas de Listeria monocytogenes e Listeria innocua originárias de carne suína e ambiente de abatedouros e açougues (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MORENO, LUISA ZANOLLI - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • Subjects: CARNES E DERIVADOS (ASPECTOS SANITÁRIOS); SUÍNOS; LISTERIA (ISOLAMENTO E PURIFICAÇÃO;IDENTIFICAÇÃO;ANÁLISE GENÉTICA); VIRULÊNCIA (GENÉTICA); FILOGENIA (ANÁLISE GENÉTICA); REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE (ANÁLISE GENÉTICA); ABATE (ASPECTOS SANITÁRIOS;AMOSTRA); VAREJO (ASPECTOS SANITÁRIOS;AMOSTRA)
  • Keywords: L. innocua; L. innocua; L. monocytogenes; L. monocytogenes; Carne Suína; Genes de Virulência; Pork; Virulence Genes
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução - A bactéria Listeria monocytogenes é um agente zoonótico transmitido, principalmente, por alimentos. Dentre as fontes de contaminação, destacam-se os produtos de origem láctea, carnes e embutidos, além dos ambientes da indústria de processamento alimentício. Na última década, foram detectadas cepas de L. monocytogenes e L. innocua, em ambiente de frigoríficos e alimento. Estas apresentavam variação na intensidade da virulência para células eucarióticas decorrente de mutações nos genes de virulência. Esta alteração em ambas as espécies, e o relato de um caso fatal de listeriose humana ocasionada por L. innocua atípica demandam atenção, pois apresentam maior risco à saúde da população exposta a estes ambientes e alimentos tornando-se, portanto, uma importante questão de saúde pública. Objetivo - Pesquisar genes de virulência em cepas de L. monocytogenes e L. innocua, isoladas em pontos da linha de abate suíno e do comércio de carne no Estado de São Paulo. Material e Métodos Foram estudadas 40 cepas, dentre estas, isolados de L. monocytogenes e L. innocua com atividade hemolítica atípica. Foram realizados testes de atividade hemolítica e produção de fosfolipase A para caracterização dos isolados. A detecção dos genes de virulência foi realizada através da reação em cadeia pela polimerase (PCR). Para confirmação das sequências amplificadas e a análise das mesmas, os fragmentos obtidos foram sequenciados. A identificação molecular das espécies foi realizada poranálise filogenética dos genes prs e 16S rRNA. Resultados Dos 40 isolados, cinco de L. monocytogenes e sete de L. innocua apresentaram atividade hemolítica atípica, sendo que nestes últimos também foi observado halo atípico no meio ALOA. As cepas de L. monocytogenes foram positivas para a detecção de todos os genes de virulência estudados. Dois dos isolados atípicos de L. innocua também foram positivos para todos os genes e os outros cinco foram positivos para hly, plcA e inlC. Foram detectadas mutações nas proteínas InlC, InlB, InlA, PI-PLC, PC-PLC e PrfA, nas cepas atípicas, que resultaram em alterações nas suas estruturas secundárias que podem explicar o fenótipo desses isolados. A confirmação de espécie apenas foi alcançada com a análise filogenética do 16S rRNA. Conclusões A partir desses resultados, foi proposta a utilização dos genes prfA, plcB e inlB, como forma de triagem, para diferenciar as espécies L. monocytogenes e L. innocua, de modo a complementar os testes fenotípicos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.05.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800052437Mtr 1985
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORENO, Luisa Zanolli; MATTE, Maria Helena. Pesquisa de genes de virulência em cepas de Listeria monocytogenes e Listeria innocua originárias de carne suína e ambiente de abatedouros e açougues. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-03062013-084847/ >.
    • APA

      Moreno, L. Z., & Matte, M. H. (2013). Pesquisa de genes de virulência em cepas de Listeria monocytogenes e Listeria innocua originárias de carne suína e ambiente de abatedouros e açougues. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-03062013-084847/
    • NLM

      Moreno LZ, Matte MH. Pesquisa de genes de virulência em cepas de Listeria monocytogenes e Listeria innocua originárias de carne suína e ambiente de abatedouros e açougues [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-03062013-084847/
    • Vancouver

      Moreno LZ, Matte MH. Pesquisa de genes de virulência em cepas de Listeria monocytogenes e Listeria innocua originárias de carne suína e ambiente de abatedouros e açougues [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-03062013-084847/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: