Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos do tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho de avanço mandibular em pacientes idosos, desdentados, em uso de próteses dentárias removíveis (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVEIRA, ISABELE TRIGUEIRO DE ARAúJO CREAZZOLA - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODP
  • Subjects: APNEIA DO SONO; TRANSTORNOS DO SONO; ENVELHECIMENTO (ODONTOLOGIA); BOCA EDENTADA
  • Keywords: Aparelho de Avanço Mandibular Titulável; Dimensão Vertical de Oclusão; Edentulismo; Ronco; Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono; Vertical Occlusion Dimension
  • Language: Português
  • Abstract: O avançar da idade é reconhecidamente um fator de risco para a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS). O motivo dessa constatação está associado à diminuição do tônus da musculatura orofaringeana e à redução da Dimensão Vertical de Oclusão (DVO), esta última atribuída às perdas dentárias. A abordagem odontológica, no tratamento da SAOS, refere-se ao uso de Aparelho de Avanço Mandibular (AAM), que impede a obstrução, parcial ou total, da passagem do ar pela via respiratória alta, durante o sono. Os pacientes desdentados, no entanto, têm sido negligenciados, nos estudos atualmente realizados. Pelo exposto, este trabalho objetivou avaliar os efeitos do tratamento em variáveis polissonográficas, ronco, sonolência, qualidade do sono e ainda os efeitos colaterais pelo uso do AAM titulável, em pacientes idosos e desdentados portadadores de SAOS. A metodologia envolveu inicialmente, cinquenta pacientes, dos quais dezesseis realizaram polissonografia de noite inteira, com gravação do ronco, por meio de um Roncômetro, visando investigação objetiva do sono. Analisaram-se subjetivamente frequência e intensidade do ronco, por questionários. A Escala Visual Analógica de Ronco (EVAR), aplicada ao parceiro de quarto, permitiu, igualmente, que fosse avaliada a intensidade desse sintoma. A sonolência diurna foi quantificada pela Escala de Sonolência de Epworth e a qualidade do sono, pelo Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh. Confecção individualizada dos AAMs respeitou os (Continua)(Continuação) princípios biológicos relativos à DVO. Durante uma semana após a instalação, os pacientes utilizavam o AMM sem qualquer avanço mandibular, visando redução de quaisquer desconfortos. Subsequentemente, o protocolo estabelecia titulação gradual e progressiva (30%, 50% e 70%) do aparelho. Transposta a etapa de adaptação, após um período superior a quinze dias, as avaliações iniciais foram repetidas Os efeitos colaterais pelo uso do AAM e adesão ao tratamento foram investigados, a partir de questionários. Doze pacientes completaram o estudo (83,3% mulheres), sendo a media de idade 68 anos e índice de massa corporal médio de 28,3 kg/m2. Os resultados permitiram observar reduções significantes no índice de dessaturação de O2 (17,710,1 eventos/h, p=0,05) e índice de apneia (3,10,9 eventos/h, p=0,02). O uso do AAM evidenciou também diminuições na latência do sono REM, movimentos períodicos de perna, saturação mínima de O2, índice de apneia e hipopneia, na posição supina (p>0,05). O estudo objetivo do ronco apontou redução de 49,522,6 eventos/h (p=0,07). Além do mais, as avaliações subjetivas de frequência (p=0,024) e intensidade (p=0,007) do ronco, EVAR (p=0,003), qualidade do sono (p=0,008), efeitos colaterais e adesão ao AAM foram estatisticamente significantes. Foi possível concluir pela eficácia do tratamento sobre algumas variáveis polissonográficas estudadas, parâmetros subjetivos do ronco e qualidade do sono. Ademais, os sintomas relatados, pelo uso do AAM, reduziram-se ao (Continua)(Continuação) longo do tempo, o que permitiu, com vantagem, que houvesse maior adesão ao tratamento por parte dos pacientes inseridos nesta pesquisa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.09.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500028775T4.804
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVEIRA, Isabele Trigueiro de Araújo Creazzola; FRIGERIO, Maria Luiza Moreira Arantes. Efeitos do tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho de avanço mandibular em pacientes idosos, desdentados, em uso de próteses dentárias removíveis. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23150/tde-04072013-161604/ >.
    • APA

      Silveira, I. T. de A. C., & Frigerio, M. L. M. A. (2012). Efeitos do tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho de avanço mandibular em pacientes idosos, desdentados, em uso de próteses dentárias removíveis. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23150/tde-04072013-161604/
    • NLM

      Silveira IT de AC, Frigerio MLMA. Efeitos do tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho de avanço mandibular em pacientes idosos, desdentados, em uso de próteses dentárias removíveis [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23150/tde-04072013-161604/
    • Vancouver

      Silveira IT de AC, Frigerio MLMA. Efeitos do tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono com aparelho de avanço mandibular em pacientes idosos, desdentados, em uso de próteses dentárias removíveis [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23150/tde-04072013-161604/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: