Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Variabilidade genética de Tetragonisca angustula (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) de meliponários (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTIAGO, LEANDRO RODRIGUES - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIO
  • Subjects: VARIAÇÃO GENÉTICA; POLINIZAÇÃO; ABELHAS; DNA MITOCONDRIAL; GENÉTICA DE POPULAÇÕES
  • Keywords: Genetic variability; Meliponaries; Meliponários; Microsatellites; Microssatélites; Mitochondrial DNA; Tetragonisca angustula; Tetragonisca angustula; Variabilidade genética
  • Language: Português
  • Abstract: Grande parte da flora tropical brasileira é polinizada por abelhas, com destaque àquelas pertencentes à tribo Meliponini (abelhas sem ferrão). A espécie Tetragonisca angustula, conhecida popularmente como jataí, tem sido o alvo principal dos meliponicultores dada a sua abundância, fácil manejo, docilidade e pureza do mel. Contudo as práticas de divisão de ninho nos meliponários podem aumentar a estruturação genética e o isolamento populacional, assim como o endocruzamento. Isso causa a diminuição da heterozigose populacional e da variabilidade genética. Populações naturais desta espécie já foram estudadas, contudo a variabilidade genética de amostras de meliponários ainda não foi avaliada. O objetivo deste trabalho foi analisar a variabilidade genética de Tetragonisca angustula provenientes de nove meliponários, fazendo uma correlação dessa variabilidade com as práticas de meliponicultura. O acesso a variabilidade genética foi realizado por meio da análise de nove lócus de microssatélites e o sequenciamento parcial de dois genes mitocondriais. Um total de 430 indivíduos (um por ninho) foram amostrados em: Pedreira (PED), Amparo (AMP), ambos em São Paulo; Marechal Cândido Rondon (MCR1 e MCR2), São Miguel do Iguaçu (SMI), Santa Helena (SHE1 e SHE2), Entre Rios do Oeste (ERO) e Curitiba (CUR), todos no Paraná. Cem indivíduos (SSB e PNI) coletados na natureza foram usados como controle da variabilidade genética. Os resultados mostraram alta diferenciação genética entre asamostras do Paraná e São Paulo, mas baixa se comparadas "intra-estado". Para o DNA mitocondrial (DNAmt) as amostras controle se mostraram diferenciadas em relação aos meliponários. A variabilidade genética nuclear foi alta e a mitocondrial foi baixa para a maioria dos meliponários. Não houve evidências de endocruzamento nos meliponários. A alta variabilidade genética nuclear, ausência de endocruzamento e a baixa diferenciação populacional são explicadas por fluxo gênico através de machos. A moderada diversidade genética mitocondrial em PED e AMP pode ser devido a ausência de práticas de meliponicultura. Em CUR esse mesmo resultado pode ser explicado pelo transporte artificial de colônias para esse meliponário. Para o restante dos meliponários a baixa variabilidade genética mitocondrial pode ser explicada pela prática de divisão de colônias. Esses resultados são importantes para a meliponicultura, pois indicam que as práticas de divisão de ninhos não afetam a variabilidade genética nuclear. Assim os problemas inerentes a baixa variabilidade genética nuclear e a estruturação populacional como endocruzamento e produção de machos diploides são mínimos ou inexistentes. Para isso sugerimos que a implementação do meliponário deva ser feita o mais próximo da mata e o local deve ficar dentro da distribuição da espécie escolhida para garantir o fluxo gênico através de machos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000029094M-1717
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTIAGO, Leandro Rodrigues; ARIAS, Maria Cristina. Variabilidade genética de Tetragonisca angustula (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) de meliponários. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-28082013-110614/ >.
    • APA

      Santiago, L. R., & Arias, M. C. (2013). Variabilidade genética de Tetragonisca angustula (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) de meliponários. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-28082013-110614/
    • NLM

      Santiago LR, Arias MC. Variabilidade genética de Tetragonisca angustula (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) de meliponários [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-28082013-110614/
    • Vancouver

      Santiago LR, Arias MC. Variabilidade genética de Tetragonisca angustula (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) de meliponários [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41131/tde-28082013-110614/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: