Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Transporte de material dissolvido e particulado na bacia do rio Sorocaba - São Paulo: aspectos dinâmicos da hidroquímica fluvial e modelos de distribuição (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NOLASCO, MURILO BASSO - CENA
  • USP Schools: CENA
  • Subjects: BACIA HIDROGRÁFICA; EROSÃO FLUVIAL; HIDROGEOQUÍMICA; PRECIPITAÇÃO; QUÍMICA AQUÁTICA; SEDIMENTOLOGIA FLUVIAL
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo objetivou a caracterização hidrogeoquímica ao longo da bacia de drenagem do rio Sorocaba - São Paulo, em cinco estações de amostragens, localizadas desde a região de nascentes, estação S5- Ibiúna, passando por áreas com maior influencia urbana e agrícola (S4 - Votarantim, S3 - Itavuvu e S2 - Tatuí), até a foz da bacia em estudo, S1 - Laranjal Paulista, utilizando-se modelos de transporte de materiais nas fases dissolvidas e particuladas. Para tal, foram realizadas coletas ao longo de 18 meses, de amostras de águas fluviais, pluviais, sedimento fino em suspensão (FSS) e dos principais tipos solos integrantes da bacia. Importantes parâmetros físico-quimicos e a caracterização das cargas dissolvida e particulada foram determinados. As características hidroquímicas das águas fluviais mostraram que as espécies químicas SiO2, Ca2+, Mg2+, K+, HCO3- e TDS indicaram possíveis aportes difusos e as espécies Na+, Cl-, SO42-, PO43-, NH4+ e NO3-indicaram origens pontuais. O elemento químico dissolvido que mais contribuiu no transporte específico fluvial junto à foz do rio Sorocaba (S1- Laranjal Paulista), foi o Na+ para os cátions (24,25, kg km-2 d-1) e para os ânions foi o HCO3- com 53,97 kg km-2 d-1. Já no transporte pluvial o Ca2+ foi a espécie química que apresentou maior contribuição na carga do rio com 54,89 %. Com relação ao material particulado, representada pelo FSS, o transporte específico variou de 22,68 a 55,70 t km-2 a-1, desde a região das nascentes até afoz, respectivamente. O rio Sorocaba foi classificado como médio transportador de sedimento fino em suspensão e a erosão mecânica foi de 37,88 m.Ma-1
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.11.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOLASCO, Murilo Basso; MORTATTI, Jefferson. Transporte de material dissolvido e particulado na bacia do rio Sorocaba - São Paulo: aspectos dinâmicos da hidroquímica fluvial e modelos de distribuição. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-02102013-104938/ >.
    • APA

      Nolasco, M. B., & Mortatti, J. (2011). Transporte de material dissolvido e particulado na bacia do rio Sorocaba - São Paulo: aspectos dinâmicos da hidroquímica fluvial e modelos de distribuição. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-02102013-104938/
    • NLM

      Nolasco MB, Mortatti J. Transporte de material dissolvido e particulado na bacia do rio Sorocaba - São Paulo: aspectos dinâmicos da hidroquímica fluvial e modelos de distribuição [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-02102013-104938/
    • Vancouver

      Nolasco MB, Mortatti J. Transporte de material dissolvido e particulado na bacia do rio Sorocaba - São Paulo: aspectos dinâmicos da hidroquímica fluvial e modelos de distribuição [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64135/tde-02102013-104938/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019