Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos da administração de ácido acetilsalicílico nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo em pacientes em hemodiálise (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MANIGLIA, FABÍOLA PANSANI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: HEMODIÁLISE; ANALGÉSICOS; INFLAMAÇÃO; ESTRESSE OXIDATIVO; VITAMINAS; ANTIOXIDANTES
  • Keywords: Acetylsalicylic acid; Ácido Acetilsalicílico; Antioxidant vitamins; Estresse oxidativo; Hemodiálise; Hemodialysis; Inflamação; Inflammation; Oxidative stress; Vitaminas antioxidantes
  • Language: Português
  • Abstract: A inflamação e o estresse oxidativo são condições frequentes em indivíduos com doença renal crónica (DRC) em hemodiálise (H D) e influenciam o seu estado clinico e nutricional. O objetivo do trabalho foi analisar os efeitos do uso de ácido acetilsalicílico (MS) nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo de indivíduos em HD e investigar possíveis associações entre estes marcadores e as características pessoais, clinicas e nutricionais da população estudada. A amostra inicial foi composta por 42 pacientes em HD, dos quais 36 concluíram o estudo. Houve predomínio de indivíduos do sexo masculino (57,1%) e o diabetes mellitus (DM) foi a principal causa de perda da função renal. A média de idade dos participantes foi de 51,3 ‘+OU-‘ 15,5 anos e o tempo médio de tratamento hemodialítico correspondeu a 41,1 ‘+OU-‘ 38,6 meses. O Índice de Massa Corporal (IMC) médio foi de 24,9 ‘+OU-‘ 6,1 kg/’m POT. 2’ e o Malnutntion Inflammation Score (MIS) indicou 66,7% de adequação do estado nutricional. As coletas de sangue ocorreram antes da intervenção medicamentosa e aos 30 e 60 dias de uso da dose não considerada anti-inflamatória (300mg) do AAS. As variáveis bioquímicas avaliadas foram: proteína C-reativa ultrassensível (PCR-us), albumina, total de hidroperóxidos (FOX), glutationa reduzida (GSH), malondialdeído (MDA) e vitaminas A e E. O uso do AAS promoveu redução da PCR-us somente aos 60 dias de uso do medicamento (8,30 ‘+OU-‘ 9,09 vs 6,37 ‘+OU-‘ 8,90, p=0,01). As concentrações séricas de albumina diminuíram aos 30 (5,21 ‘+OU-‘ 0,59 vs 4,85 ‘+OU-‘ 0,81, p<0,01) e 60 dias de intervenção (4,85 ‘+OU-‘ 0,81 vs 3,70 ‘+OU-‘ 0,40, p<0,01). Houve aumento de FOX (0,20 ‘+OU-‘ 0,08 vs 0,38 ‘+OU-‘ 0,18, p<0,01) e da GSH (3,86 ‘+OU-‘ 1,02 vs 4,41 ‘+OU-‘ 1,14, p<0,01) aos 30 dias de intervenção. Aos 60 dias de uso do AAS houvediminuição das concentrações de FOX (0,38 ‘+OU-‘ 0,18 vs 0,17 ‘+OU-‘ 0,06, p<0,01) e GSH (4,41 ‘+OU-‘ 1,14 vs 1,25 ‘+OU-‘ 0,51, p<0,01), quando comparadas com as concentrações dos 30 dias de intervenção. Os valores séricos de MDA não se alteraram durante o estudo. Houve redução da vitamina A aos 30 dias de uso do AAS (3,20 ‘+OU-‘ 1,2 vs 2,78 ‘+OU-‘ 0,86, p<0,01) e aumento das concentrações séricas de vitamina E aos 60 dias de intervenção (20,80 ‘+OU-‘ 6,44 vs 22,93 ‘+OU-‘ 7,86, p<0,05). No final da intervenção, o uso do AAS promoveu diminuição da inflamação, mesmo com a redução das concentrações séricos de albumina, e aumento da peroxidação lipídica. As variáveis pessoais, clinicas e nutricionais dos participantes apresentaram associações com os marcadores bioquímicos avaliados, mas estas associações não foram influenciadas pelo uso do AAS
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.07.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200065944Maniglia, Fabíola Pensani
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MANIGLIA, Fabíola Pansani; COSTA, José Abrão Cardeal da. Efeitos da administração de ácido acetilsalicílico nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo em pacientes em hemodiálise. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-28052018-142905/ >.
    • APA

      Maniglia, F. P., & Costa, J. A. C. da. (2013). Efeitos da administração de ácido acetilsalicílico nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo em pacientes em hemodiálise. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-28052018-142905/
    • NLM

      Maniglia FP, Costa JAC da. Efeitos da administração de ácido acetilsalicílico nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo em pacientes em hemodiálise [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-28052018-142905/
    • Vancouver

      Maniglia FP, Costa JAC da. Efeitos da administração de ácido acetilsalicílico nos marcadores inflamatórios e de estresse oxidativo em pacientes em hemodiálise [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17138/tde-28052018-142905/