Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Environmental innovations: evidence from Brazilian manufacturing firms (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LUCCHESI, ANDREA - FEA
  • USP Schools: FEA
  • Sigla do Departamento: EAE
  • Subjects: MICROECONOMIA; ECONOMIA AMBIENTAL; ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL; TECNOLOGIA; ECONOMETRIA
  • Keywords: Econometrics; Environmental economics; Industrial organization; Macroeconomics; Technology
  • Language: Inglês
  • Abstract: A crescente preocupação com a degradação ambiental e variações climáticas trouxe à tona a importância de inovações ambientais (IA) como uma alternativa ao padrão tecnológico atual. Esta tese tem como objetivo contribuir para a análise dos determinantes da inovação ambiental e também para a identificação dos seus efeitos sobre a demanda por mão de obra e sobre o valor adicionado das indústrias de transformação brasileiras. Utilizando dados de painel entre 1998 e 2008, os resultados obtidos no capítulo 2 corroboram a evidência internacional sobre os determinantes da adoção de inovações ambientais. A hipótese de viés ambiental é verificada, o que indica que a regulação ambiental apresenta um papel importante para influenciar as firmas brasileiras a adotar tanto inovações ambientais tecnológicas quanto organizacionais. Em relação especificamente ao processo inovativo em países em desenvolvimento, nossos resultados confirmam que empresas de capital estrangeiro têm maior probabilidade de adotar inovações \"verdes\", geralmente através de transferência tecnológica e acordos de licenciamento. O tamanho da firma e a intensidade de capital físico também são importantes determinantes da inovação ambiental nas indústrias de transformação brasileiras. No capítulo 3 utilizamos uma abordagem baseada na função de custo translog e analisamos o impacto de inovações ambientais na participação de emprego e massa salarial nas indústrias brasileiras de manufatura. Os resultados obtidos indicamque as tecnologias ambientais são enviesadas para o trabalho não qualificado, favorecendo o emprego e salários de mão de obra menos qualificada (ou diretamente ligada à produção) em detrimento da mão de obra mais qualificada (ou não diretamente ligada à produção). Os empregos \"verdes\" derivados da adoção de tecnologias ambientais são, em muitos casos (especialmente nos setores de baixa ou média intensidade tecnológica), ocupados por trabalhadores de baixa qualificação treinados com habilidades \"verdes\" e, portanto, capacitados para lidar com os desafios da preservação do meio ambiente. Por outro lado, as inovações ambientais organizacionais registraram um impacto negativo na contratação e nos salários de mão de obra de baixa qualificação, reforçando a hipótese de mudança tecnológica enviesada para a qualificação, uma vez que a mão de obra qualificada é mais bem preparada para lidar com o aumento da incerteza, atividade multitarefas e aumento de responsabilidade. Em relação aos efeitos da adoção de inovações ambientais no valor adicionado da empresa, no capítulo 4 adotamos como estratégia de modelagem uma função de produção translog, devido à sua flexibilidade para representar diferentes estruturas produtivas, especialmente no caso de mais de dois fatores de produção. Os resultados indicam que tanto as IA tecnológicas quanto as organizacionais apresentam impacto positivo sobre o valor adicionado das firmas brasileiras. Nós analisamos quatro tipos diferentes de IAtecnológicas com o intuito de considerar as diferentes características de cada tipo de IA, incluindo aquelas que reduzem o consumo de recursos e aquelas que reduzem as externalidades negativas sobre o meio ambiente, tradicionalmente entendidas como custos adicionais de conformidade à regulação ambiental vigente. Todos os diferentes tipos de IA testados registraram correlação positiva com variações no valor adicionado. Investimento em redução de poluição também foi testado e indicou efeito positive sobre o valor adicionado, ainda que em menor intensidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.08.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEA2434167-10T338.5 L936e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LUCCHESI, Andrea; MENEZES FILHO, Naercio Aquino. Environmental innovations: evidence from Brazilian manufacturing firms. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12140/tde-03122013-191013/ >.
    • APA

      Lucchesi, A., & Menezes Filho, N. A. (2013). Environmental innovations: evidence from Brazilian manufacturing firms. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12140/tde-03122013-191013/
    • NLM

      Lucchesi A, Menezes Filho NA. Environmental innovations: evidence from Brazilian manufacturing firms [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12140/tde-03122013-191013/
    • Vancouver

      Lucchesi A, Menezes Filho NA. Environmental innovations: evidence from Brazilian manufacturing firms [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12140/tde-03122013-191013/