Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Proposta de aprimoramento para o protocolo de assinatura digital Quartz (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ANDRADE, EWERTON RODRIGUES - IME
  • USP Schools: IME
  • Sigla do Departamento: MAC
  • Subjects: COMPUTABILIDADE E COMPLEXIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: Atualmente, podemos perceber que uma grande dependência dos sistemas desenvolvidos sob a seara da criptografia foi instaurada em todos nós. Principalmente no tocante dos sistemas criptográficos de chave pública, que são vastamente utilizados na Internet. No entanto, a criptografia de chave pública viu-se ameaçada e começou a investigar novas fontes de problemas para seus sistemas quando Shor em 1997 desenvolveu um algoritmo de tempo polinomial para fatorar inteiros e para calcular o logaritmo discreto em um computador quântico. Neste contexto, Patarin propõe a função alçapão HFE (Hidden Field Equations), uma trapdoor baseada nos Problemas MQ (Multivariate Quadratic) e IP (Isomorfismo de Polinômios). Tais problemas não são afetados pelo algoritmo de Shor, além disto o Problema MQ foi demonstrado por Patarin e Goubin como sendo NP-completo. Apesar do HFE ter sua versão básica quebrada, ele apresenta variações -- obtidas através de modificadores genéricos -- resistentes aos principais ataques da atualidade. O Quartz -- esquema de assinatura digital baseado no HFEv-, com escolha especial de parâmetros -- é um bom exemplo desta resistência a ataques algébricos que visem a recuperação da chave privada, pois até hoje permanece seguro. Além de também se destacar por gerar assinaturas curtas. Todavia, Joux e Martinet -- baseados em axiomas do Ataque pelo Paradoxo de Aniversário -- provaram que o Quartz é maleável, demonstrando que caso o adversário possua um par (mensagem, assinatura) válido, ele conseguirá obter uma segunda assinatura com 2^(50) computações e 2^(50) chamadas ao oráculo de assinatura, logo muito abaixo dos padrões de segurança atuais que são de, no mínimo, 2^(112).Desta forma, baseado no Quartz, apresentamos um novo esquema de assinatura digital resistente a ataques adaptativos de mensagem escolhida que realizem chamadas ao oráculo aleatório, com um nível de segurança estimado em 2^(112). Nosso criptossistema proporciona, ainda, um ganho de eficiência no algoritmo de verificação de assinatura e na inicialização dos vetores que serão utilizados pelos algoritmos de assinatura e verificação. Além de, também, disponibilizarmos uma implementação do Quartz Original e do Quartz Aprimorado, na linguagem de programação Java.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.08.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IME31000070143QA810.T A553p e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANDRADE, Ewerton Rodrigues; TERADA, Routo. Proposta de aprimoramento para o protocolo de assinatura digital Quartz. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-23102013-163524/ >.
    • APA

      Andrade, E. R., & Terada, R. (2013). Proposta de aprimoramento para o protocolo de assinatura digital Quartz. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-23102013-163524/
    • NLM

      Andrade ER, Terada R. Proposta de aprimoramento para o protocolo de assinatura digital Quartz [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-23102013-163524/
    • Vancouver

      Andrade ER, Terada R. Proposta de aprimoramento para o protocolo de assinatura digital Quartz [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/45/45134/tde-23102013-163524/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: