Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização da matéria orgânica sedimentar da Plataforma Continental Sudeste Brasileira através de n-alcanos de cadeia longa e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FREITAS, FELIPE SALES DE - IO
  • USP Schools: IO
  • Subjects: OCEANOGRAFIA QUÍMICA; PLATAFORMA CONTINENTAL; ISÓTOPOS ESTÁVEIS; GEOQUÍMICA; SEDIMENTOLOGIA MARINHA
  • Language: Português
  • Abstract: A matéria orgânica sedimentar da Plataforma Continental Sudeste Brasileira (28oS; 49oW - 23oS; 42oW) foi caracterizada através de n-alcanos de cadeia longa e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio para definir as origens desse material e os processos atuantes na sua distribuição e deposição. A Ilha de São Sebastião marcou o limite latitudinal entre duas áreas, norte e sul. Na porção sul, o enriquecimento isotópico de 13N e 15N e mais baixos valores de razão C/N, indicam origem pelágica da matéria orgânica sedimentar. Na porção norte 'delta' 13C e 'delta' 15N empobrecidos e maiores valores de razão C/N, apontam origem terrígena da matéria orgânica. Essa diferença resulta dos fatores hidrodinâmicos e geomorfológicos atuantes na plataforma continental. Devido às maiores concentrações de n-alcanos, carbono orgânico e nitrogênio total, há um enriquecimento de matéria orgânica entre as isóbatas de 100 e 200 metros, em relação à área mais profunda, onde se observa uma redução do teor de material orgânico. Essa diferença batimétrica resulta dos padrões sedimentológicos encontrados na plataforma continental. Os n-alcanos terrígenos resultantes do aporte das bacias de drenagem dos rios Paraíba do Sul e da Prata têm origem na vegetação do tipo gramínea, sintetizada em condições de clima quente com ocorrência de secas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IO2446328-1001.43 F936c Tese Mestr
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Felipe Sales de; BICEGO, Marcia Caruso. Caracterização da matéria orgânica sedimentar da Plataforma Continental Sudeste Brasileira através de n-alcanos de cadeia longa e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
    • APA

      Freitas, F. S. de, & Bicego, M. C. (2011). Caracterização da matéria orgânica sedimentar da Plataforma Continental Sudeste Brasileira através de n-alcanos de cadeia longa e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Freitas FS de, Bicego MC. Caracterização da matéria orgânica sedimentar da Plataforma Continental Sudeste Brasileira através de n-alcanos de cadeia longa e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. 2011 ;
    • Vancouver

      Freitas FS de, Bicego MC. Caracterização da matéria orgânica sedimentar da Plataforma Continental Sudeste Brasileira através de n-alcanos de cadeia longa e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: