Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Suscetibilidade para a cultura de consumo global sob a ótica de marcas globais: um estudo de características comuns entre culturas baseado na teoria clássica e na teoria de resposta ao item (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MERINO, MARTIN NELSON HERNANI - FEA
  • USP Schools: FEA
  • Subjects: MARCAS; COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR
  • Keywords: Classical test theory; Cultura de consumo global; Global brands; Global consumer culture; Item response Theory; Susceptibility to global consumer culture
  • Language: Português
  • Abstract: Mais da metade da população no mundo vive em povoados e cidades. Estes lugares correspondem àqueles que têm sido imediata e diretamente influenciados pela globalização. Nesse cenário, muitas empresas multinacionais estão alterando seus portfólios de marcas em favor de marcas globais; essa situação faz com que surja o conceito de cultura de consumo global - conjunto de símbolos relacionados ao consumo e comportamentos que são comumente entendidos, mas não, necessariamente, compartilhados pelos consumidores e negócios ao redor do mundo. Isso dependeria da suscetibilidade para a cultura de consumo global (SCCG), uma característica ou traço latente dos consumidores que varia através dos indivíduos e é refletido no desejo dos consumidores ou tendências para a aquisição e uso de marcas globais. Esse traço, pela literatura revisada, compreenderia a conformidade com a tendência de consumo global, percepção de qualidade, prestígio social, responsabilidade social, credibilidade de marca, risco percebido e custo de informação armazenada. É nesse contexto, portanto, que se insere a presente tese, ao caracterizar e verificar o impacto dos traços latentes da suscetibilidade para a cultura de consumo global (SCCG) de consumidores em distintas culturas (países) na aquisição de marcas globais. A pesquisa empírica consistiu de um survey com uso de questionário pela Internet, direcionado a estudantes universitários e profissionais procedentes de carreiras de ciências empresariais em distintospaíses. Os dados, um total de 467 questionários válidos, foram analisados sob duas abordagens metodológicas: (1) Teoria Clássica dos Testes (TCT) e (2) Teoria de Resposta ao Item (TRI). Ambas as abordagens justificadas pelos constantes questionamentos, identificados na literatura, ao uso de técnicas estatísticas aplicadas a escalas assumidas como intervalares, mas que na realidade são ordinais (tipo Likert). Os resultados foram divididos em três partes. A primeira, ao nível do modelo de mensuração, constou a relação positiva dos construtos subjacentes ao construto de SCCG. A segunda, ao nível do modelo estrutural, verificou que o construto de SCCG antecede a intenção de compra de uma marca global. Por fim, em terceiro lugar, sob a abordagem da TRI, escolhida por apresentar maiores vantagens sobre a TCT, constatou-se que não existem efeitos invariantes nas relações do framework proposto quando comparados quatro países, mas sim existem, em alguns casos, quando comparados pares de países. De forma geral, a presente tese traz uma contribuição teórica-empírica ao propor um framework mensurável da suscetibilidade para a cultura de consumo global, que reflete o desejo dos consumidores para adquirir e usar marcas globais. A tese é finalizada com a descrição das conclusões, implicações, limitações e direcionamentos futuros sobre o framework proposto e salienta a utilização da abordagem TRI como complemento à abordagem da TCT, amplamente usada em pesquisa sobre o comportamento doconsumidor
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.02.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FEA2462736-10T658.827 M562s
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MERINO, Martin Nelson Hernani; MAZZON, Jose Afonso. Suscetibilidade para a cultura de consumo global sob a ótica de marcas globais: um estudo de características comuns entre culturas baseado na teoria clássica e na teoria de resposta ao item. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-03042014-201746/ >.
    • APA

      Merino, M. N. H., & Mazzon, J. A. (2014). Suscetibilidade para a cultura de consumo global sob a ótica de marcas globais: um estudo de características comuns entre culturas baseado na teoria clássica e na teoria de resposta ao item. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-03042014-201746/
    • NLM

      Merino MNH, Mazzon JA. Suscetibilidade para a cultura de consumo global sob a ótica de marcas globais: um estudo de características comuns entre culturas baseado na teoria clássica e na teoria de resposta ao item [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-03042014-201746/
    • Vancouver

      Merino MNH, Mazzon JA. Suscetibilidade para a cultura de consumo global sob a ótica de marcas globais: um estudo de características comuns entre culturas baseado na teoria clássica e na teoria de resposta ao item [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-03042014-201746/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: