Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Interpretando a relatividade especial: discutindo o debate realismo e antirrealismo científicos no ensino de ciências (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOREIRA, ANDRÉ BATISTA NORONHA - ENSINO CIÊNCIAS
  • USP Schools: ENSINO CIÊNCIAS
  • Subjects: FÍSICA (ESTUDO E ENSINO); HISTÓRIA DA CIÊNCIA; FILOSOFIA DA CIÊNCIA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho investigamos, teoricamente e empiricamente, quais são os possíveis aspectos da natureza da ciência, relacionados ao debate realismo e antirrealismo científicos, que emergem da história e filosofia da teoria da relatividade especial e têm potencial para promover debates no ensino de física. Para tal, primeiramente reconhecemos a importância da aproximação histórico-filosófica ao ensino de ciências, assim como a relevância dos aspectos consensuais e não consensuais da natureza da ciência. Argumentamos, em especial, que estes aspectos controversos e não consensuais podem trazer uma visão ainda mais rica e realista da ciência. Fazemos uma exposição sintética sobre algumas das principais características do debate realismo e antirrealismo científicos, suas principais vertentes, categorias e argumentos correntes. Fazemos também um estudo teórico histórico e filosófico sobre a teoria da relatividade, no qual enfatizamos a capacidade do formalismo matemático da teoria ser filosoficamente interpretável. Quatro interpretações históricas da teoria, a de Lorentz (1904), a de Einstein (1905), a de Poincaré (1906) e a de Minkowski (1907) são discutidas e caracterizadas com base no estudo sobre o debate realismo e antirrealismo científicos. Descrevemos em seguida uma pesquisa de campo realizada no primeiro semestre de 2013 aplicada a estudantes de física, de licenciatura e bacharelado, da Universidade de São Paulo. Seus objetivos foram investigar as concepções filosóficas dos estudantes sobre o debate realismo e antirrealismo científicos no contexto da teoria da relatividade especial e mostrar como ele pode trazer ricas discussões no ensino de ciências . A pesquisa foi dividida em três etapas: aplicação de questionário específico sobre o tema filosófico; análise de resenhas entregues pelos estudantes, e; realização de grupo focal. (CONTINUA)(CONTINUAÇÃO) O resultado da análise e triangulação dos dados sugere que o debate mostra-se, também entre os estudantes, de uma forma não consensual e filosoficamente rica.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.02.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IF30500055383530 M839i M Ex. 2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOREIRA, André Batista Noronha; GURGEL, Ivan. Interpretando a relatividade especial: discutindo o debate realismo e antirrealismo científicos no ensino de ciências. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-28042014-201511/pt-br.php >.
    • APA

      Moreira, A. B. N., & Gurgel, I. (2014). Interpretando a relatividade especial: discutindo o debate realismo e antirrealismo científicos no ensino de ciências. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-28042014-201511/pt-br.php
    • NLM

      Moreira ABN, Gurgel I. Interpretando a relatividade especial: discutindo o debate realismo e antirrealismo científicos no ensino de ciências [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-28042014-201511/pt-br.php
    • Vancouver

      Moreira ABN, Gurgel I. Interpretando a relatividade especial: discutindo o debate realismo e antirrealismo científicos no ensino de ciências [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-28042014-201511/pt-br.php