Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Padrões ecológicos locais e multidecadais da ictiofauna do estuário Cananéia-Iguape (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CONTENTE, RIGUEL FELTRIN - IO
  • USP Schools: IO
  • Subjects: PEIXES; ICTIOLOGIA; PEIXES ESTUARINOS; ESTUÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desta tese é identificar e descrever variações espacial, sazonal e multidecadal, com dados históricos, e padrões ecológicos locais na ictiofauna do estuário Cananéia-lguape (ECI) em relação a fatores ecológicos naturais e/ou aqueles induzidos pelo aporte exógeno do rio Ribeira de lguape (RI) através do canal artificial 'Valo Grande'(VG). Demonstrou-se a relação de atributos hidrológicos, sazonalidade e espacialidade com a estruturação da diversidade B da assembléia no infralitoral inconsolidado em escala local (i.e. dentro de um setor estuarino do ECI, a baía do Trapandé) utilizando delineamento amostral espacial e sazonalmente estratificado com amostragens mensais (julho/2009 - junho/2O10) com rede otter-trawl. ldentificaram-se dois padrões locais na estrutura da assembleia: persistência sazonal de maior riqueza e abundância no interior (ambientalmente favorável) do que foz da baía (hidrodinamicamente instável) e variabilidade dessa estrutura espacial pelo efeito da interação entre profundidade, temperatura e ritmos sazonais populacionais. O ECI abrigou 246 espécies entre 1962 e 2010 e 214 entre 1993 e 2010. De acordo com extrapoladores matemáticos, há mais de 173 espécies no habitat demersal do eixo sul. Durante o período chuvoso, riqueza e abundância na ictiofauna do eixo sul aumentam com o incremento do recrutamento e agregações reprodutivas, estimuladas pelo pico de produtividade no ECI, e das migrações massivas à jusante, devido à forte redução das condições estuarinas no eixo norte. Propõe-se uma metacomunidade organizada por efeitos de massa entre a assembleia da baía do Trapandé e o pool regional de populações marinhas. A degradação das condições estuarinas pelo aporte do RI limitou a dispersão de espécies estuarino-residentes e marinho-migrantes no ECI. lsso determinou um gradiente espacial de perda generalizada de abundância, (Continua)(Continuação) riqueza e diversidade funcional acompanhando consistentemente o gradiente espacial de impacto. O sinal desse efeito antrópico foi suficientemente elevado para ser detectado mesmo sob interferência de outras fontes de variabilidade espacial, temporal e ambiental. A redução da vazão do RI ao ECI para sua recuperação ecológica, estabelecida pelas autoridades governamentais, é uma medida que também restaurará a dispersão multiespecífica e, assim, a funcionalidade ecossistêmica da ictiofauna
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.08.2013

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IO2464451-1003.351.6 C777p Tese Doutor
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CONTENTE, Riguel Feltrin; DIAS, June Ferraz. Padrões ecológicos locais e multidecadais da ictiofauna do estuário Cananéia-Iguape. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.
    • APA

      Contente, R. F., & Dias, J. F. (2013). Padrões ecológicos locais e multidecadais da ictiofauna do estuário Cananéia-Iguape. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Contente RF, Dias JF. Padrões ecológicos locais e multidecadais da ictiofauna do estuário Cananéia-Iguape. 2013 ;
    • Vancouver

      Contente RF, Dias JF. Padrões ecológicos locais e multidecadais da ictiofauna do estuário Cananéia-Iguape. 2013 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: