Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito do Bacillus thuringiensis na dieta (degradabilidade ruminal e digestibilidade aparente) e no desempenho de ovinos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMPOS, FERNANDA CRISTINA DE - CENA
  • USP Schools: CENA
  • Subjects: ESPOROS BACTERIANOS; HELMINTOLOGIA VETERINÁRIA; NUTRIÇÃO ANIMAL; RÚMEN
  • Language: Português
  • Abstract: Com este estudo, objetivou-se avaliar o efeito de estirpes de Bacillus thuringiensis (Bt) na degradabilidade e digestibilidade da dieta, emissão de gases, microbiota ruminal, parâmetros sanguíneos e desempenho de ovinos. O estudo foi dividido em 2 experimentos: ensaio in vitro de produção de gases para a avaliação de 6 diferentes estirpes de Bt (907, 1192, 2036, 2493, 2496 e S1185) e ensaio in vivo com a estirpe selecionada 2036 para investigação de possíveis interferências na digestão e saúde dos animais. A simulação do ambiente ruminal foi realizada em garrafas de vidro incubadas a 39 oC por 24 h. O delineamento foi o inteiramente casualizado com 7 tratamentos (Sem Bt (controle), Bt 907, Bt 1192, Bt 2036, Bt 2493, Bt 2496 e Bt S1185) com 4 repetições em duplicata. O processo fermentativo foi avaliado pelos resultados de matéria seca degradada (MSD), matéria orgânica degradada (MOD), produção líquida de gases totais, produção líquida de metano e eficiência da conversão de metano. Produtos da fermentação (pH, nitrogênio amoniacal (N-NH3) e ácidos graxos de cadeia curta (AGCC)) e micro-organismos ruminais (Fibrobacter succinogenes, Ruminococcus flavefaciens, fungos anaeróbicos, arqueas metanogênicas e protozoários) também foram estudados. Apenas a estirpe Bt 907 reduziu a MSD e MOD em relação ao controle, com manutenção da população de F. succinogenes, pois as demais estirpes reduziram a população desta bactéria. No ensaio in vivo 20 cordeiros Santa Inês com 3 meses de idadee 18 ± 3,5 kg PV foram utilizados e divididos em 2 grupos: 10 animais tratados com 2,5x106 esporos de Bt 2036 por kg PV/d e 10 animais não tratados (controle). Estes foram alojados em baias individuais em delineamento inteiramente casualizado e receberam dieta composta de feno de capim Tifton-85 (Cynodon spp.) ad libitum e 300 g/animal/d de concentrado, que foi ajustado de acordo com as exigências de crescimento. O período experimental in vivo teve duração de 63 dias, dos quais 53 compreendeu o teste de desempenho dos animais, com aferição do consumo 3 vezes na semana e pesagem quinzenal, e os 10 dias subsequentes destinou-se aos ensaios de digestibilidade aparente, balanço de nitrogênio, síntese de proteína microbiana e emissão de metano entérico. Durante todo o experimento, coletas se sangue foram realizadas quinzenalmente a fim de avaliar os parâmetros hematológicos (hemácias, hemoglobina, hematócrito e leucócitos) e bioquímicos (glicose, proteínas totais, albumina, aspartato aminotransferase, ureia e creatinina) dos animais para o diagnóstico de possível intoxicação. Características da fermentação ruminal também foram investigadas em 3 momentos (início, meio e fim do experimento) sobre as variáveis pH, N-NH3, AGCC, abundância relativa das espécies F. succinogenes, R. flavefaciens, populações de arqueas metanogênicas, fungos anaeróbicos e contagem de protozoários, por meio de coletas de líquido ruminal. Não houve influência da estirpe sobre as variáveis estudadas. Conclui-se que na avaliação in vitro apenas a estirpe Bt 907 reduziu a MSD e MOD com manutenção da população F. succinogenes e no experimento in vivo a inclusão de esporos de Bt 2036 na dieta não afetou de forma negativa o desempenho e nem a saúde dos ovinos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.03.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CENA2467888-20e.2 Referência 11930
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMPOS, Fernanda Cristina de; LOUVANDINI, Helder. Efeito do Bacillus thuringiensis na dieta (degradabilidade ruminal e digestibilidade aparente) e no desempenho de ovinos. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-16042014-163802/ >.
    • APA

      Campos, F. C. de, & Louvandini, H. (2014). Efeito do Bacillus thuringiensis na dieta (degradabilidade ruminal e digestibilidade aparente) e no desempenho de ovinos. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-16042014-163802/
    • NLM

      Campos FC de, Louvandini H. Efeito do Bacillus thuringiensis na dieta (degradabilidade ruminal e digestibilidade aparente) e no desempenho de ovinos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-16042014-163802/
    • Vancouver

      Campos FC de, Louvandini H. Efeito do Bacillus thuringiensis na dieta (degradabilidade ruminal e digestibilidade aparente) e no desempenho de ovinos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/64/64133/tde-16042014-163802/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: