Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Propriedades físicas de filmes de quitosana dopados como condutores iônicos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LLANOS, JAIBER HUMBERTO RODRIGUEZ - FZEA
  • USP Schools: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZAB
  • Subjects: QUITOSANA; FILMES; ELETRÔNICA; SENSORES BIOMÉDICOS
  • Keywords: Biossensor; Bioeletrônica; Eletrônica verde; Tecnologia da Informação Verde; Green electronics; Intumescimento
  • Language: Português
  • Abstract: O desenvolvimento de novos materiais a partir de elementos biodegradáveis com durabilidade considerável, versatilidade apreciável e baixo custo tem grande interesse na aplicação da bio-eletrônica. O presente trabalho objetiva a caracterização das propriedades físicas e químicas das membranas de quitosana obtidas a partir da neutralização da solução policatiônica de quitosana. O trabalho foi dividido em duas etapas: solubilização e neutralização. Na primeira etapa a quitosana foi solubilizada em três concentrações diferentes de ácido acético (1%, 0.8% e 0.5%) para avaliar se a concentração de ácido exerce diferença significativa nas propriedades físico-químicas das membranas de quitosana. Na segunda etapa o policátion de quitosana foi neutralizado com duas bases fortes (NaOH e KOH) em três concentrações molares diferentes (0.5, 1 e 5 molar) pelo método de gotejamento lento da base até atingir o pH de 6.0 no policátion e obter membranas com pH perto da neutralidade. A caracterização das membranas obtidas a partir do policátion de quitosana neutralizado mostrou que as concentrações de ácido acético não mudam de forma significativa as propriedades físico-químicas das membranas. Em contraste, o processo de neutralização afetou as propriedades físico-químicas das membranas, e em particular, diferentes comportamentos foram observados dependendo da base utilizada. Membranas mais dúcteis foram obtidas após neutralização com KOH, exibindo capacidade plastificante pela base usada, enquanto que as membranas neutralizadas com NaOH apresentam um comportamento frágil. Além disso, as membranas neutralizadas com KOH exibem uma maior condução iônica em relação às propriedades elétricas das membranas, o qual pode ser interessante no desenvolvimento de biossensores ou célula combustível
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.03.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FZEA11400025248T.1073
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LLANOS, Jaiber Humberto Rodriguez; VERCIK, Andrés. Propriedades físicas de filmes de quitosana dopados como condutores iônicos. 2014.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-06052014-085046/ >.
    • APA

      Llanos, J. H. R., & Vercik, A. (2014). Propriedades físicas de filmes de quitosana dopados como condutores iônicos. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-06052014-085046/
    • NLM

      Llanos JHR, Vercik A. Propriedades físicas de filmes de quitosana dopados como condutores iônicos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-06052014-085046/
    • Vancouver

      Llanos JHR, Vercik A. Propriedades físicas de filmes de quitosana dopados como condutores iônicos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-06052014-085046/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: