Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Deslignificação com oxigênio para polpa kraft com alto número kappa (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BONFATTI JúNIOR, ERALDO ANTONIO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: TECNOLOGIA DA MADEIRA; POLPA DE MADEIRA; PAPEL KRAFT; DESLIGNIFICAÇÃO; OXIGÊNIO
  • Language: Português
  • Abstract: Nesta pesquisa avaliou-se a influência da temperatura, da carga alcalina e dos aditivos antraquinona e etanol na deslignificação com oxigênio para polpa kraft de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla com alto número kappa e rejeitos, buscando a partir do desempenho do processo, definir as melhores condições para cada parâmetro estudado. Para produção da polpa celulósica foi utilizado o cozimento kraft convencional com carga alcalina de 13% e fator H de 580. Para redução do teor de rejeitos a polpa foi submetida, após o cozimento, a duas passagens por moinho desfibrador. A deslignificação com oxigênio foi feita em média consistência (10%), com pressão de oxigênio de 5 kgf.cm-2, em quatro cargas alcalinas (15, 30, 45 e 60 kg.t-1) e em quatro temperaturas (80, 100, 120 e 140ºC). Para avaliar o efeito dos aditivos foi feita a aplicação de 0,05% de antraquinona e etanol separadamente, bem como tratamentos sem aditivo como testemunhas. O número kappa da polpa produzida, a ser deslignificada, foi de 63,9 com 8,7% de rejeitos. A comparação entre os fatores carga alcalina e temperatura mostra que o primeiro é mais influente no processo de deslignificação com oxigênio, porém através da temperatura é possível reduzir o kappa com maior controle na seletividade, além disso, a temperatura serve de agente ativador das reações do processo, pois para qualquer carga aplicada a concentração de álcali residual diminui com o aumento da temperatura. O rendimento não apresentou queda com osaumentos da carga e da temperatura, pois, simultaneamente, a transformação dos rejeitos em polpa garante a manutenção do rendimento. A antraquinona não concedeu ganhos no rendimento e na eficiência da deslignificação, no entanto tornou o processo mais seletivo. A adição de etanol mostrou resultados positivos em termos de redução de número kappa, redução de rejeitos e também no rendimento. O total de sólidos gerados não sofreu influência significativa da ação dos aditivos. O teor de ácidos hexenurônicos foi baixo e não sofreu influência significativa de nenhum fator operacional
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.03.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC12700014961t676.26 B713d e.1 106185
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONFATTI JÚNIOR, Eraldo Antonio; SILVA JUNIOR, Francides Gomes da. Deslignificação com oxigênio para polpa kraft com alto número kappa. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-30042014-154223/ >.
    • APA

      Bonfatti Júnior, E. A., & Silva Junior, F. G. da. (2014). Deslignificação com oxigênio para polpa kraft com alto número kappa. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-30042014-154223/
    • NLM

      Bonfatti Júnior EA, Silva Junior FG da. Deslignificação com oxigênio para polpa kraft com alto número kappa [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-30042014-154223/
    • Vancouver

      Bonfatti Júnior EA, Silva Junior FG da. Deslignificação com oxigênio para polpa kraft com alto número kappa [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-30042014-154223/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: