Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Detecção da prevalência da infecção pelo Schistossoma mansoni na pesquisa de DNA pela técnica PCR Taqman em tempo real em amostras de fezes e soro de indivíduos residentes em áreas periféricas do município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil. (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHIEFFI, PEDRO PAULO - FM ; LUNA, EXPEDITO JOSÉ DE ALBUQUERQUE - IMT ; GRYSCHEK, RONALDO CESAR BORGES - FM
  • USP Schools: FM; IMT; FM
  • Subjects: SCHISTOSOMA MANSONI; ESQUISTOSSOMOSE MANSONI; FEZES (AMOSTRA); PARASITOLOGIA (MÉTODOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A esquistossomose constitui um grande problema de saúde pública, sendo que as estimativas apontam para 200 milhões de pessoas infectadas no mundo. No Brasil, atinge 19 unidades federadas, estimando-se que cerca de 6 milhões de indivíduos estejam infectados. O município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil, é uma área endêmica de esquistossomose mansoni, com prevalência estimada de 1%. O desenvolvimento de técnicas diagnósticas para a detecção precoce da esquistossomose ainda se faz necessário, tendo em vista as diiculdades para avaliar os padrões de infecção e o controle da doença, devido à baixa sensibilidade dos métodos diagnósticos parasitológicos em áreas de baixa endemicidade. Nessas áreas, cerca de 75% dos indivíduos são assintomáticos e apresentam infecção de baixa carga parasitária (menos de 100 ovos por grama de fezes). Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a prevalência da esquistossomose mansoni pela técnica de Kato-Katz (KK), de Hoffman, Pons & Janer (HH) e pela detecção de DNA de S. mansoni em amostras de soro e fezes de indivíduos residentes em cinco bairros periféricos de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil. População e métodos: Trata-se de um estudo de corte transversal, no período de abril a dezembro de 2011, com amostragem probabilística, desenvolvido nos bairros de Siderlândia, Cantagalo, São Luiz, Nova Esperança e Santa Clara, localizados na periferia da cidade de Barra Mansa/RJ. Por meio de uma ação integrada entre as instituições envolvidas, foram coletadas pelos agentes do Programa de Saúde da Família e do Programa de Esquistossomose do município, 612 amostras de soro e 610 amostras de fezes da população amostrada.Após a padronização, empregou-se a metodologia de PCR TaqMan® em Tempo Real (Life Technologies) nas amostras de fezes e soro (qPCR-fezes e qPCR-soro), além das técnicas parasitológicas de KK e de HH. Para a técnica de KK utilizou-se o Kit de Helm Test® do Instituto de Tecnologia em Imunológicos (Biomanguinhos) da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Resultados: Os resultados demonstraram diferença estatisticamente signiicante (p < 0,001), porém baixa concordância, entre as técnicas moleculares e parasitológicas, apresentando as seguintes taxas: qPCR-fezes 9,8% (60/610); qPCR-soro 1,5% (9/612); KK e HH 0,8% (5/610). Observou-se diferença estatisticamente significante na associação entre fatores de risco de infecção por S. mansoni e as técnicas de qPCR-fezes e qPCR-soro, KK e HH como: gênero, faixa etária, população amostrada do bairro de Santa Clara, presença de antecedentes de esquistossomose e o uso da água do rio. Conclusão: A prevalência apontada pelos métodos parasitológicos foi menor que aquelas observadas pelas técnicas de qPCR TaqMan®. Esse estudo, pode representar uma perspectiva, que aponta para a possibilidade de utilização dessas ferramentas diagnósticas combinadas nas infecções por S. mansoni em áreas de baixa endemicidade.
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Congresso Brasileiro de Infectologia

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ESPÍRITO-SANTO, Maria Cristina Carvalho do; ALVORADO-NORA, Mônica Viviana; PINTO, Pedro Luiz Silva; et al. Detecção da prevalência da infecção pelo Schistossoma mansoni na pesquisa de DNA pela técnica PCR Taqman em tempo real em amostras de fezes e soro de indivíduos residentes em áreas periféricas do município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil. The Brazilian Journal of Infectious Diseases[S.l: s.n.], 2013.
    • APA

      Espírito-Santo, M. C. C. do, Alvorado-Nora, M. V., Pinto, P. L. S., Dias Neto, E., Chieffi, P. P., Luna, E. J. de A., & Gryschek, R. C. B. (2013). Detecção da prevalência da infecção pelo Schistossoma mansoni na pesquisa de DNA pela técnica PCR Taqman em tempo real em amostras de fezes e soro de indivíduos residentes em áreas periféricas do município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil. The Brazilian Journal of Infectious Diseases. Rio de Janeiro.
    • NLM

      Espírito-Santo MCC do, Alvorado-Nora MV, Pinto PLS, Dias Neto E, Chieffi PP, Luna EJ de A, Gryschek RCB. Detecção da prevalência da infecção pelo Schistossoma mansoni na pesquisa de DNA pela técnica PCR Taqman em tempo real em amostras de fezes e soro de indivíduos residentes em áreas periféricas do município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil. The Brazilian Journal of Infectious Diseases. 2013 ; 17 174-175.
    • Vancouver

      Espírito-Santo MCC do, Alvorado-Nora MV, Pinto PLS, Dias Neto E, Chieffi PP, Luna EJ de A, Gryschek RCB. Detecção da prevalência da infecção pelo Schistossoma mansoni na pesquisa de DNA pela técnica PCR Taqman em tempo real em amostras de fezes e soro de indivíduos residentes em áreas periféricas do município de Barra Mansa, Rio de Janeiro, Brasil. The Brazilian Journal of Infectious Diseases. 2013 ; 17 174-175.