Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Habilidades auditivas verbais e temporais em crianças de 6 a 10 anos com e sem episódios comprovados de perda auditiva condutiva flutuante recorrente, nos primeiros anos de vida (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VILLA, PRISCILA CRUVINEL - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: PERCEPÇÃO AUDITIVA; OTITE MÉDIA COM DERRAME; PRÉ-ESCOLAR; DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO; PERDA AUDITIVA CONDUTIVA
  • Keywords: Otite média serosa; Auditory perception; Child; Conductive; Hearing loss; Otitis media with effusion; Preschool
  • Language: Português
  • Abstract: A otite média, afecção comum na infância, acarreta uma perda auditiva condutiva flutuante, pois uma vez tratada os limiares auditivos voltam aos valores normais. Preocupação ocorre quando estes episódios tornam-se recorrentes levando a criança a receber uma estimulação sonora inconsistente do sistema nervoso auditivo central, dificultando a percepção dos sons da fala. O objetivo do presente estudo foi investigar se crianças com episódios recorrentes e comprovados de otite média com efusão apresentam alterações das habilidades auditivas que compõe o processamento auditivo. Foram avaliadas 59 crianças com idade entre 6 e 10 anos divididas em dois grupos: grupo experimental composto por 29 crianças de ambos os géneros com histórico documentado de otite media com efusão, perda auditiva condutiva nos primeiros anos de vida e com e sem história de cirurgia para colocação de tubo de ventilação na idade pré-escolar e escolar; e grupo controle, composto por 30 crianças, pareadas em idade e género com o grupo experimental, mas sem história da afecção. Na avaliação das habilidades auditivas que compõe o processamento auditivo foram utilizados o teste fala com ruído (TFR), teste dicótico de dígitos (TDD) e teste Gaps-in-noise (GIN). Todas as crianças no momento da avaliação estavam livres de perda auditiva condutiva. Os resultados mostraram que: os dois grupos não apresentavam diferenças dos limiares tonais, no momento da avaliação, o grupo experimental apresentou resultados inferiores no TFR e GIN, tanto na análise quantitativa quanto na qualitativa; o TDD apenas na análise qualitativa diferenciou os dois grupos. Pode-se concluir, no presente estudo,, que crianças com história de otite média com efusão recorrente e persistente, nas fases pré-escolar e escolar, apresentaram transtorno do processamento auditivo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.01.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066203Villa, Priscila Cruvinel
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VILLA, Priscila Cruvinel; ZANCHETTA, Sthella. Habilidades auditivas verbais e temporais em crianças de 6 a 10 anos com e sem episódios comprovados de perda auditiva condutiva flutuante recorrente, nos primeiros anos de vida. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-19032014-100632/ >.
    • APA

      Villa, P. C., & Zanchetta, S. (2014). Habilidades auditivas verbais e temporais em crianças de 6 a 10 anos com e sem episódios comprovados de perda auditiva condutiva flutuante recorrente, nos primeiros anos de vida. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-19032014-100632/
    • NLM

      Villa PC, Zanchetta S. Habilidades auditivas verbais e temporais em crianças de 6 a 10 anos com e sem episódios comprovados de perda auditiva condutiva flutuante recorrente, nos primeiros anos de vida [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-19032014-100632/
    • Vancouver

      Villa PC, Zanchetta S. Habilidades auditivas verbais e temporais em crianças de 6 a 10 anos com e sem episódios comprovados de perda auditiva condutiva flutuante recorrente, nos primeiros anos de vida [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17151/tde-19032014-100632/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: