Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Hay allí cuestiones que (no) queremos entrar: as construções relativas em PB e em E - semelhanças e diferenças no seu fucionamento e o seu papel na aprendizagem de ELE por falantes do PB (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASTALDO, ISABEL CRISTINA CONTRO - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: LÍNGUA ESPANHOLA; PORTUGUÊS DO BRASIL; GRAMÁTICA; PRONOME
  • Keywords: Cortadoras relative; Despronominalizadas relative; Duplicação de relativos; Duplicate relative; Duplication of relative; Estratégias de relativização; Relativas cortadoras; Relativas despronominalizadas; Relativas duplicadas; Strategies of relativization
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho tem como objetivo observar as estratégias de relativização utilizadas por estudantes brasileiros adultos de espanhol como língua estrangeira e uma eventual influência da língua 1 (L1) nas preferências constatadas nessa produção. Para tanto, fizemos, primeiramente, um estudo comparado entre as estratégias de relativização presentes no português brasileiro (PB) e no espanhol (E). Nesse estudo, observamos a presença e a ausência, junto às relativas do tipo padrão simples (sem preposição) e às relativas do tipo padrão piedpiping (com preposição), das chamadas relativas cortadoras, (TARALLO, 1993), típicas do português brasileiro (PB), e das relativas com pronomes cópia, estruturas conhecidas como de despronominalización de relativos (LOPE BLANCH, 1983) ou como de (re)duplicación de relativos (BRUCART, 1999). As duas últimas estratégias de relativização, ainda que apareçam em ambas as línguas, de acordo com diversos estudos, ocorrem com diferente frequência e aceitação na língua culta dos dois idiomas, e, portanto, têm especial importância em nossa pesquisa. Para observar as consequências que a influência dessas construções relativas poderia ocasionar na produção não nativa de estudantes brasileiros aprendizes de espanhol como língua estrangeira (ELE), analisamos uma amostra de aceitabilidade, outra de produção oral e outra de produção escrita, e verificamos que a influência da L1 ocorre em algumas circunstâncias e que essa influência se deve ao fato de que asrelativas cortadoras e as despronominalizadas ou (re)duplicadas fazem parte de um conjunto de características que corroboram a existência de uma inversa assimetria entre o português do Brasil e o espanhol no que se refere à presença e/ou à ausência das formas pronominais átonas ou tônicas para a expressão dos argumentos do verbo, tal como constatou González (1994)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.02.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH2480397-2012625N
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTALDO, Isabel C. Contro; GONZALEZ, Neide Therezinha Maia. Hay allí cuestiones que (no) queremos entrar: as construções relativas em PB e em E - semelhanças e diferenças no seu fucionamento e o seu papel na aprendizagem de ELE por falantes do PB. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-24042014-103843/ >.
    • APA

      Castaldo, I. C. C., & Gonzalez, N. T. M. (2014). Hay allí cuestiones que (no) queremos entrar: as construções relativas em PB e em E - semelhanças e diferenças no seu fucionamento e o seu papel na aprendizagem de ELE por falantes do PB. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-24042014-103843/
    • NLM

      Castaldo ICC, Gonzalez NTM. Hay allí cuestiones que (no) queremos entrar: as construções relativas em PB e em E - semelhanças e diferenças no seu fucionamento e o seu papel na aprendizagem de ELE por falantes do PB [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-24042014-103843/
    • Vancouver

      Castaldo ICC, Gonzalez NTM. Hay allí cuestiones que (no) queremos entrar: as construções relativas em PB e em E - semelhanças e diferenças no seu fucionamento e o seu papel na aprendizagem de ELE por falantes do PB [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-24042014-103843/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: