Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise de elementos potencialmente tóxicos em material biológico da Ilha da Trindade, Brasil (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: THEOPHILO, CAROLINA YUME SAWAMURA - IO
  • USP Schools: IO
  • Sigla do Departamento: IOF
  • Subjects: POLUIÇÃO DO MAR; METAIS; POLUIÇÃO AMBIENTAL; ILHAS
  • Language: Português
  • Abstract: A llha da Trindade está localizada a aproximadamente 1150 km da costa de Vitória-ES, é uma das ilhas oceânicas brasileiras e está sob o domínio da Marinha do Brasil. Desde o início de sua ocupação sofreu algumas influências antrópicas, como a derrubada de árvores e a introdução de animais (porcos e cabras). Os metais oriundos da costa ou de navios que passam pela região, estão em destaque entre os contaminantes ambientais que podem alterar o ecossistema da ilha. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi quantificar Al, As, Cd, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb, Se, Zn e Hg em 300 amostras, compostas por músculo de duas espécies de caranguejo e de fígado e músculo de peixes (duas espécies) e aves (três espécies). Foram verificadas se existiam relações entre parâmetros biológicos (sexo, comprimento, biomassa), diferenças entre tecidos e entre os períodos as estações. Nos caranguejos a concentração de Fe em Gercacinus lagostoma, e Zn em Grapsus grapsus, foram maiores nos meses mais quentes, nos quais a atividade biológica é maior, sendo uma possível causa para maiores concentrações. Diferentemente dos caranguejos, a espécie Melichthys niger (peixe) apresentou maiores concentrações (Al no músculo e Fe e Zn no fígado) nos meses mais frios, as concentrações em peixes envolvem muitos fatores além da sazonalidade. Para ambas as espécies de peixes as concentrações de Fe e Zn foram maiores no fígado, assim como para Pterodroma arminjoniana (ave) as concentrações de Cu, Fe e Zn também foram maiores no fígado, como era esperado, pois, o fígado é um tecido com grande capacidade de acumular poluentes. Alguns elementos apresentaram correlações com a biomassa e/ou comprimento, porém todas muito baixas, com exceção do Zn em Grapsus grapsus. Todas as análises de Hg realizada ficaram abaixo do limite de quantificação do método (17,7 ug kg- 1). Os metais e semimetais apresentaram (Continua)(Continuação) resultados semelhantes a estudos desenvolvidos em outras regiões.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2013

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IO2482231-1003.4 T356a Tese Mestr
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      THEOPHILO, Carolina Yume Sawamura; FIGUEIRA, Rubens Cesar Lopes. Análise de elementos potencialmente tóxicos em material biológico da Ilha da Trindade, Brasil. 2013.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.
    • APA

      Theophilo, C. Y. S., & Figueira, R. C. L. (2013). Análise de elementos potencialmente tóxicos em material biológico da Ilha da Trindade, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Theophilo CYS, Figueira RCL. Análise de elementos potencialmente tóxicos em material biológico da Ilha da Trindade, Brasil. 2013 ;
    • Vancouver

      Theophilo CYS, Figueira RCL. Análise de elementos potencialmente tóxicos em material biológico da Ilha da Trindade, Brasil. 2013 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: