Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Comparação da potência anaeróbia mensurada pelo teste de RAST em diferentes condições de calçado e superfícies (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PAPOTI, MARCELO - EEFERP
  • USP Schools: EEFERP
  • DOI: 10.1590/s1517-86922013000200014
  • Subjects: VELOCIDADE (TESTES); CORRIDAS; LACTATOS
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: O Running Anaerobic Sprint Test (RAST) tem sido considerado um teste válido para avaliação anaeróbia. Entretanto, como a superfície e o calçado podem afetar alguns parâmetros mensurados durante o exercício, isso pode modificar os parâmetros do RAST. OBJETIVO: Comparar as variáveis do RAST mensuradas utilizando chuteiras na grama (‘RAST IND.CG’) e tênis na pista (‘RAST IND.TP’). MÉTODOS: Oito jogadores de futebol (da categoria sub-17) participaram do estudo. Os participantes realizaram dois RAST (intervalo > 24 h). O RAST consistiu em seis corridas máximas de 35m com 10s de intervalo passivo entre cada corrida. O tempo de cada esforço foi registrado para determinação da potência pico (PP), potência média (PM) e índice de fadiga (IF). Após o sexto esforço, amostras sanguíneas foram coletadas para determinação da lactacidemia ([Lac]). RESULTADOS: Durante o ‘RAST IND. TP’, a PP (763,1 ‘+OU-‘ 87,2 W) e PM (621,6 ‘+ OU –‘ 68,1 W) foram significativamente superiores às PP e PM mensuradas em ‘RAST IND.CG’ (PP = 667,3 ‘+ OU -’ 67,0 W e PM = 555,9 ‘+ OU -’ 74,7 W), enquanto que as [Lac] observadas em ‘RAST IND.TP’ (7,3 ‘+ OU -’ 1,8 mmol.L-1) foram significativamente inferiores às mensuradas em ‘RAST IND.CG’ (9,9 ‘+ OU -’ 3,2 mmol.L-1). No entanto, o IF não foi significativamente diferente (‘RAST IND. TP’ = 32,5 ‘+ OU -’ 8,3%; ‘RAST IND.CG’ = 34,1 ‘+ OU -’ 6,6%). Significativas correlações foram observadas entre as PM (r = 0,90) e as [Lac] (r = 0,72). CONCLUSÃO: Podemos concluir que as variáveis do RAST são influenciadas pela superfície e calçado utilizados, com valores superiores observados em ‘RAST IND.TP’
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso online ao documento

    Online accessDOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: 10.1590/s1517-86922013000200014 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: hybrid
    • Licença: cc-by-nc
    Informações sobre o Citescore
  • Título: Revista Brasileira de Medicina do Esporte

    ISSN: 1517-8692

    Citescore - 2017: 0.34

    SJR - 2017: 0.185

    SNIP - 2017: 0.293


  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EEFER2496506pcd 2496506 Estantes Deslizantes
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KALVA-FILHO, Carlos Augusto; LOURES, João Paulo; FRANCO, Vanessa Holtz; et al. Comparação da potência anaeróbia mensurada pelo teste de RAST em diferentes condições de calçado e superfícies. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 19, n. 2, p. 139-142, 2013. Disponível em: < http://dx.doi.org/http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922013000200014 > DOI: 10.1590/s1517-86922013000200014.
    • APA

      Kalva-Filho, C. A., Loures, J. P., Franco, V. H., Kaminagakura, E. I., Zagatto, A. M., & Papoti, M. (2013). Comparação da potência anaeróbia mensurada pelo teste de RAST em diferentes condições de calçado e superfícies. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, 19( 2), 139-142. doi:10.1590/s1517-86922013000200014
    • NLM

      Kalva-Filho CA, Loures JP, Franco VH, Kaminagakura EI, Zagatto AM, Papoti M. Comparação da potência anaeróbia mensurada pelo teste de RAST em diferentes condições de calçado e superfícies [Internet]. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. 2013 ; 19( 2): 139-142.Available from: http://dx.doi.org/http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922013000200014
    • Vancouver

      Kalva-Filho CA, Loures JP, Franco VH, Kaminagakura EI, Zagatto AM, Papoti M. Comparação da potência anaeróbia mensurada pelo teste de RAST em diferentes condições de calçado e superfícies [Internet]. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. 2013 ; 19( 2): 139-142.Available from: http://dx.doi.org/http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922013000200014

    Referências citadas na obra
    Autor: Stølen T
    Título: Physiology of soccer: an update
    Título do periódico: Sports Med
    Volume: 35
    Primeira página: 501
    Ano: 2005
    DOI: 10.2165/00007256-200535060-00004
    Autor: Al-hazzaa HM
    Título: Aerobic and anaerobic power characteristics on Saudi elite soccer playeers
    Título do periódico: J Sports Med Phys Fitness
    Volume: 41
    Primeira página: 54
    Ano: 2001
    Autor: Almeida AG
    Título: Avaliação da capacidade anaeróbia de jogadores de futebol através de teste máximo de corrida de Vai-e-Vem
    Título do periódico: Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum
    Volume: 11
    Primeira página: 88
    Ano: 2009
    Autor: Zacharogiannis E
    Título: An evaluation of tests of anaerobic power and capacity
    Título do periódico: Med Sci Sports Exerc
    Volume: 36
    Primeira página: 116
    Ano: 2004
    Autor: Zagatto AM
    Título: Validity of the running anaerobic sprint test (RAST) for assessing anaerobic power and predicting short- distance performances
    Título do periódico: J Strength Cond Res
    Volume: 23
    Primeira página: 1820
    Ano: 2009
    DOI: 10.1519/JSC.0b013e3181b3df32
    Autor: Alizadeh R
    Título: The relationship between aerobic power and repeated sprint ability in young soccer players with different levels of VO2 max
    Título do periódico: JPES
    Volume: 27
    Primeira página: 86
    Ano: 2010
    Autor: Balčiūnas M
    Título: Long term effects of different training modalities on power, speed, skill and anaerobic capacity in young male basketball players
    Título do periódico: J Sports Sci Med
    Volume: 5
    Primeira página: 163
    Ano: 2006
    Autor: Roseguini AZ
    Título: Determinações e relações dos parâmetros anaeróbios do RAST, do limiar anaeróbio e da resposta lactacidêmica obtida no inicio, no intervalo e ao final de uma partida oficial de handebol
    Título do periódico: Rev Bras Med Esporte
    Volume: 14
    Primeira página: 46
    Ano: 2008
    DOI: 10.1590/S1517-86922008000100009
    Autor: Lejeune TM
    Título: Mechanics and energetics of human locomotion on sand
    Título do periódico: J Exp Biol
    Volume: 201
    Primeira página: 2071
    Ano: 1998
    Autor: Pinnington HC
    Título: The energy cost of running on grass compared to soft dry beach sand
    Título do periódico: J Sci Med Sport
    Volume: 4
    Primeira página: 416
    Ano: 2001
    DOI: 10.1016/S1440-2440(01)80051-7
    Autor: Zamparo P
    Título: The energy cost of walking or running on sand
    Título do periódico: Eur J Appl Physiol Occup Physiol
    Volume: 65
    Primeira página: 183
    Ano: 1992
    DOI: 10.1007/BF00705078
    Autor: Kunduracioglu B
    Título: Can heart rate values obtained from laboratory and field lactate tests be used interchangeably to prescribe exercise intensity for soccer players
    Título do periódico: Adv Ther
    Volume: 24
    Primeira página: 890
    Ano: 2007
    DOI: 10.1007/BF02849982
    Autor: Di Michele R
    Título: Comparison of physiological responses to an incremental running test on treadmill, natural grass, and synthetic turf in young soccer players
    Título do periódico: J Strength Cond Res
    Volume: 23
    Primeira página: 939
    Ano: 2009
    DOI: 10.1519/JSC.0b013e3181a07b6e
    Autor: Hanson NJ
    Título: Oxygen Cost of Running barefoot vs
    Título do periódico: Running Shod. Int J Sports Med
    Volume: 32
    Primeira página: 401
    Ano: 2011
    DOI: 10.1055/s-0030-1265203
    Autor: Brechue WF
    Título: Equipment and running surface alter sprint performance of college football players
    Título do periódico: J Strength Cond Res
    Volume: 19
    Primeira página: 821
    Ano: 2005
    Autor: Sassi A
    Título: The cost of running on natural grass and artificial turf surfaces
    Título do periódico: J Strength Cond Res
    Volume: 25
    Primeira página: 606
    Ano: 2011
    DOI: 10.1519/JSC.0b013e3181c7baf9
    Autor: Nummela AT
    Título: Fatigue during a 5-km running time trial
    Título do periódico: Int J Sports Med
    Volume: 29
    Primeira página: 738
    Ano: 2008
    DOI: 10.1055/s-2007-989404
    Autor: Girard O
    Título: Repeated sprinting on natural grass impairs vertical stiffness but does not alter plantar loading in soccer players
    Título do periódico: Eur J Appl Physiol
    Volume: 111
    Primeira página: 2547
    Ano: 2011
    DOI: 10.1007/s00421-011-1884-5
    Autor: Comyns TM
    Título: An Investigation Into the Recovery Process of a Maximum Stretch-Shortening Cycle Fatigue Protocol on Drop and Rebound Jumps
    Título do periódico: J Strength Cond Res
    Volume: 25
    Primeira página: 2177
    Ano: 2011
    DOI: 10.1519/JSC.0b013e3181e85b6a
    Autor: Margaria R
    Título: Energy utilisation in intermittent exercise of supramaximal intensity
    Título do periódico: J Appl Physiol
    Volume: 26
    Primeira página: 752
    Ano: 1969
    Autor: Blei ML
    Título: Separate measures of ATP utilization and recovery in human skeletal muscle
    Título do periódico: J Physiol
    Volume: 465
    Primeira página: 203
    Ano: 1993
    DOI: 10.1113/jphysiol.1993.sp019673
    Autor: Gaitanos GC
    Título: Human muscle metabolism during intermittent maximal exercise
    Título do periódico: J Appl Physiol
    Volume: 75
    Primeira página: 712
    Ano: 1993
    Autor: Boobis L
    Título: Human muscle metabolism pyrduring brief maximal exercise
    Título do periódico: J Physiol
    Volume: 338
    Primeira página: 21
    Ano: 1982
    Autor: Bergstro MM Hultman E
    Título: Relaxation and force during fatigue and recovery of the human quadriceps muscle: relations to metabolite changes
    Título do periódico: Pflugers Arch
    Volume: 418
    Primeira página: 153
    Ano: 1991
    DOI: 10.1007/BF00370464
    Autor: Bangsbo J
    Primeira página: 261
    Ano: 1996
    Autor: Mccartney N
    Título: Muscle power and metabolism in maximal intermittent exercise
    Título do periódico: J Appl Physiol
    Volume: 60
    Primeira página: 1164
    Ano: 1986
    Autor: Parolin ML
    Título: Regulation of skeletal muscle glycogen phosphorylase and PDH during maximal intermittent exercise
    Título do periódico: Am J Physiol
    Volume: 277
    Primeira página: 890
    Ano: 1999
    Autor: Glaister M
    Título: The influence of recovery duration on multiple sprint cycling performance
    Título do periódico: J Strength Cond Res
    Volume: 19
    Primeira página: 831
    Ano: 2005