Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Detecção do vírus da raiva em órgãos de morcegos do gênero Artibeus (Leach, 1821) por meio de RT-PCR, Hemi-Nested RT-PCR e Real Time RT-PCR (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERREIRA, KARIN CORRÊA SCHEFFER - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: MORCEGOS (DIAGNÓSTICO); REAÇÃO EM CADEIA POR POLIMERASE; TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO ANIMAL
  • Keywords: Hemi-Nested RT-PCR; Real Time RT-PCR; Bats; Diagnosis; Diagnóstico; Hemi-Nested RT-PCR; Morcegos; Rabies; Raiva; Real Time RT-PCR; RT-PCR; RT-PCR
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo teve como objetivo detectar a presença do vírus da raiva em diferentes órgãos de morcegos do gênero Artibeus empregando as técnicas moleculares como RT-PCR, hnRT-PCR e Real Time RT-PCR. De aproximadamente 4000 espécimes de morcegos recebidas no Instituto Pasteur para o diagnóstico da raiva, foram selecionados 30 morcegos do gênero Artibeus, com resultados positivos para raiva pelas técnicas tradicionais de IFD e inoculação em células N2A utilizando suspensões feitas a partir do SNC. Para as técnicas moleculares, foram retirados glândulas salivares, bexigas urinárias, rins, pulmões e conteúdos fecais e ainda foram lavadas as calotas cranianas dos espécimes. Os órgãos e conteúdos fecais foram diluídos a 1:10 (P/V) e as bexigas urinárias a 1:20 (P/V). As suspensões foram inoculadas em células N2A para o isolamento viral. Foi realizada a extração do RNA total usando o TRIzol®, foram realizadas a transcrição reversa seguida da PCR e hnRT-PCR com utilização de primers específicos para o gene codificante da proteína N. A partir do produto da transcrição reversa foi realizada a técnica de Real Time RT-PCR, utilizando primers e sonda específicos para variante antigênica 3. Das 30 suspensões de lavado cerebral, 28 (93,33%) resultaram positivos, na inoculação em cultura de células, seguido de glândulas salivares (36,67%), bexigas (16,67%) e conteúdos fecais (3,33%). Os resultados encontrados da sensibilidade nas técnicas de RT-PCR, hnRT-PCR e Real Time RT-PCR foram 56,25%,82,57% e 82,19% quando avaliadas as 180 amostras analisadas. A comparação das técnicas de hnRT-PCR e Real Time RT-PCR feita pelo teste exato de Fisher quanto a proporção de positivos detectados mostrou que para o lavado cerebral, órgãos e conteúdos fecais a proporção foi igual (P>0,05). Em relação à positividade os resultados encontrados nas técnicas de hnRT-PCR e Real Time RT-PCR foram 100% em lavado cerebral; 90% e 93,33% em glândulas salivares; 83,33% e 90% em bexigas; 80% e 93,33% em rins; 76,67% e 50% em pulmões e 43,33% em ambas as técnicas em conteúdos fecais. Esses resultados sugerem que tanto as técnicas de hnRT-PCR como Real Time RT-PCR podem ser utilizadas como métodos complementares para o diagnóstico da raiva e são sensíveis o bastante para o uso em estudos de patogênese. A técnica de Real Time RT-PCR realizada neste estudo se mostrou eficiente em detectar o RABV em diferentes órgãos e tecidos extraneurais com a vantagem de ser uma técnica mais rápida e sensível
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Karin Correa Scheffer; ITO, Fumio Honma. Detecção do vírus da raiva em órgãos de morcegos do gênero Artibeus (Leach, 1821) por meio de RT-PCR, Hemi-Nested RT-PCR e Real Time RT-PCR. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-19102012-132944/ >.
    • APA

      Ferreira, K. C. S., & Ito, F. H. (2011). Detecção do vírus da raiva em órgãos de morcegos do gênero Artibeus (Leach, 1821) por meio de RT-PCR, Hemi-Nested RT-PCR e Real Time RT-PCR. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-19102012-132944/
    • NLM

      Ferreira KCS, Ito FH. Detecção do vírus da raiva em órgãos de morcegos do gênero Artibeus (Leach, 1821) por meio de RT-PCR, Hemi-Nested RT-PCR e Real Time RT-PCR [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-19102012-132944/
    • Vancouver

      Ferreira KCS, Ito FH. Detecção do vírus da raiva em órgãos de morcegos do gênero Artibeus (Leach, 1821) por meio de RT-PCR, Hemi-Nested RT-PCR e Real Time RT-PCR [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-19102012-132944/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019