Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desigualdades sociais e a mortalidade por Aids em Campinas (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BERNARDI, CLáUDIA BARROS - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA (MORTALIDADE); FATORES SOCIOECONÔMICOS; CLASSES SOCIAIS; TERAPIA ANTIRRETROVIRAL DE ALTA ATIVIDADE (EFEITOS); MORTALIDADE; DESIGUALDADES EM SAÚDE
  • Keywords: Aids; Aids; HAART; Mortalidade; Mortality; Socioeconomic Status; Status Socioeconômico; TARV
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A partir da segunda metade da década de noventa, a oferta de tratamento com a Terapia Antiretroviral de Alta Potência contribuiu para a redução da mortalidade de pessoas vivendo com aids nos locais com acesso universal a medicação. Porém, a introdução de procedimentos efetivos tem sido apontada como associada a desigualdades em saúde, quando fatores sociais dificultam o acesso e a aderência ao tratamento. Objetivo: Descrever a evolução temporal da mortalidade nos bairros de Campinas, verificando se houve declínio após a disponibilização da terapêutica antirretroviral de alta potência em 1997 e se este declínio foi homogêneo entre três agregados de áreas da cidade, ou se foi de algum modo associada com a condição socioeconômica das mesmas. Métodos: Foram avaliadas as taxas de mortalidade por aids em bairros de Campinas, São Paulo, de 1996 a 2012, a fim de testar sua associação com o status socioeconômico da área de residência após o início da oferta universal e sem custo de Terapia Antiretroviral de Alta Potência. Foram calculadas as taxas de mortalidade anuais por aids, ajustadas por sexo e faixa etária, com base em informações oficiais de população e mortalidade. Foi estimada a tendência de declínio da mortalidade por aids, usando o procedimento de auto-regressão de Prais- Winsten para séries temporais. A taxa de declínio anual nos três agregados de bairros da cidade foi comparada segundo índices socioeconômicos estimados para o Índice de Condições de Vida.Resultados: A mortalidade por aids ajustada por sexo e idade em Campinas caiu de 13,6 óbitos/100.000 habitantes em 1996 para 4,6 óbitos /100.000 habitantes em 2012. O decréscimo anual foi de 5,5 por cento (Intervalo de Confiança 95 por cento 3,3 por cento -7,5 por cento ). Não foram observadas diferenças significantes de mortalidade (magnitude e taxa de redução) entre as áreas de moradia. Na faixa etária de adultos (20 a 49 anos), houve menor queda da mortalidade no sexo feminino, principalmente na área de pior status socioeconômico. Conclusões: O programa de tratamento para as pessoas com aids foi efetivo para a redução global da mortalidade devida à doença na cidade de Campinas. A redução de mortalidade foi homogênea entre as áreas, o que é compatível com a hipótese de redução das desigualdades em saúde. Porém, a menor redução na mortalidade de mulheres, na faixa etária de adultos, principalmente na região de pior condição socioeconômica, aponta a persistência de desigualdades sociais em saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.08.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP2505061-10Mtr 2059
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERNARDI, Cláudia Barros; ANTUNES, Jose Leopoldo Ferreira. Desigualdades sociais e a mortalidade por Aids em Campinas. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-04092014-130410/ >.
    • APA

      Bernardi, C. B., & Antunes, J. L. F. (2014). Desigualdades sociais e a mortalidade por Aids em Campinas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-04092014-130410/
    • NLM

      Bernardi CB, Antunes JLF. Desigualdades sociais e a mortalidade por Aids em Campinas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-04092014-130410/
    • Vancouver

      Bernardi CB, Antunes JLF. Desigualdades sociais e a mortalidade por Aids em Campinas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-04092014-130410/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: