Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Sobre dores e amores: caminhos da tristeza materna na elaboração psíquica da parentalidade (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FOLINO, CRISTIANE DA SILVA GERALDO - IP
  • USP Schools: IP
  • Subjects: DEPRESSÃO PÓS-PARTO; PSICANÁLISE; RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA; PUERPÉRIO; PARENTALIDADE
  • Keywords: Baby blues; Baby blues
  • Language: Português
  • Abstract: A gestação e os primeiros tempos da vida de um bebê são fundamentais para o estabelecimento do vínculo com seus pais; além de garantir sua sobrevivência, fornecem matéria-prima para as tramas de seu psiquismo, formando um solo no qual se desenvolverão suas relações ao longo da vida. Concomitante a essa construção, transcorre um processo análogo com os pais, que se vão construindo gradativamente nessa condição ao se relacionar com o filho. No entanto, esses primeiros tempos podem ter um forte impacto em quem gera e cuida do bebê. Assim, a finalidade deste estudo é iluminar as vivências psíquicas da mulher no pós- -parto e verificar que recursos desenvolve para lidar com o trabalho psíquico necessário para enfrentar os lutos e construir e exercitar a parentalidade. Por meio de uma pesquisa qualitativa balizada teoricamente pela psicanálise, estudaram-se cinco duplas mãe-bebê. Houve ao menos quatro encontros como cada dupla: pelo menos um na gestação e três após o parto (uma semana, um mês e dois meses). Os encontros gestacionais se deram num lugar escolhido pela participante e os no puerpério, em sua casa. Com o instrumental da psicanálise, fizeram-se entrevistas semidirigidas e observação da relação que a mãe estabelecia com o bebê e com a pesquisadora. Analisou-se cada caso em separado e se verificaram possíveis confluências entre eles. Tendo em conta a especificidade do funcionamento psíquico materno e o impacto das exigências de um filho para quem deve ajudá-lo a viver, apesquisa revelou a importância de considerar a amplitude dos fenômenos de gestar e cuidar. Esse papel, que toda mãe deve exercer, foi vivido, ao menos num primeiro momento, como brutal e desorganizador não só pela mulher, mas por toda a família. As dificuldades de se metabolizarem essas vivências e as perdas inerentes ao processo por exemplo, o bebê ideal, a maternidade idealizada, o narcisismo, o ritmo anterior e a rotina, entre outras podem prejudicar a construção e o exercício da parentalidade e mesmo obstar a superação do baby blues, eventualmente desencadeando fenômenos depressivos (manifestos ou encobertos). Os ganhos reais decorrentes da chegada do bebê podem ser vividos a partir desse contato com as perdas e de sua elaboração. Concluiu-se também que se devem construir mecanismos de prevenção e cuidados para a família nesses primeiros tempos de vida do bebê, com a colaboração entre as várias disciplinas envolvidas e com políticas de saúde pública. Entre as questões levantadas a esse propósito, alerta-se para o risco de se negligenciarem ou, no outro extremo, patologizarem as dores inerentes à delicada construção da parentalidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.05.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300055657T RC537 F665s e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FOLINO, Cristiane da Silva Geraldo; SOUZA, Audrey Setton Lopes de. Sobre dores e amores: caminhos da tristeza materna na elaboração psíquica da parentalidade. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-02102014-161452/ >.
    • APA

      Folino, C. da S. G., & Souza, A. S. L. de. (2014). Sobre dores e amores: caminhos da tristeza materna na elaboração psíquica da parentalidade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-02102014-161452/
    • NLM

      Folino C da SG, Souza ASL de. Sobre dores e amores: caminhos da tristeza materna na elaboração psíquica da parentalidade [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-02102014-161452/
    • Vancouver

      Folino C da SG, Souza ASL de. Sobre dores e amores: caminhos da tristeza materna na elaboração psíquica da parentalidade [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-02102014-161452/