Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da influência do septo nasal na expansão de maxila cirurgicamente assistida por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, THAIS FEITOSA LEITÃO DE - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE EMISSÃO; CAVIDADE NASAL; MAXILA
  • Language: Português
  • Abstract: A expansão da maxila cirurgicamente assistida (EMCA) é um procedimento cirúrgico indicado para a correção da atresia maxilar em pacientes que já atingiram a maturação óssea. Os efeitos da EMCA são observados não só nos arcos dentários, maxilas e mandíbula, mas também na cavidade nasal, já que o septo nasal encontra-se localizado no centro do assoalho nasal, apoiado sobre a sutura palatina mediana. O objetivo deste estudo foi identificar a posição do septo nasal antes e após a separação cirúrgica das maxilas e avaliar sua influência na movimentação da maxila do lado que foi deslocado. Foram avaliadas 56 tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC) adquiridas no tomográfo i-CAT Classic®, com voxel de 0,3mm, de 14 indivíduos submetidos à EMCA nos períodos préoperatório e pós-operatório de 15, 60 e 180 dias. Inicialmente, as imagens pósoperatórias foram visualizadas nas reformatações multiplanares, para identificar a qual maxila, direita ou esquerda, o septo nasal permaneceu ligado após a EMCA. Numa segunda etapa, foram realizadas medidas lineares nas imagens correspondentes aos períodos pré e pósoperatórios. Essas medidas foram realizadas na reformatação axial imediatamente acima do aparelho expansor, de forma padronizada para cada paciente, e consistiram da distância entre uma linha de referência central, que passava na espinha nasal anterior e no centro do forame incisivo, dividindo o paciente em lado direito e esquerdo, até os caninos e molares direitos e esquerdos. O índice kappa intraexaminador foi > 0,9. Para comparar as diferenças entre as médias dos dois grupos (lado ligado ao septo nasal e não ligado ao septo nasal) foi utilizado o teste t. Em 78,6% dos pacientes o septo nasal permaneceu ligado à maxila esquerda e em 21,4%, ligado à maxila direita. Em relação às medidas lineares, tanto na região de caninos como na região de molares, observou-seque, no período pré-operatório, não havia diferença entre os lados direito e esquerdo. Após a EMCA, houve diferença estatisticamente significante (p<0,05), observando que houve menor movimentação da maxila a qual o septo nasal permaneceu ligado. Portanto, podese concluir que a expansão maxilar ocorre de forma assimétrica, pois a maxila que permanece ligada ao septo nasal, após a EMCA, movimenta-se menos do que a maxila não ligada ao septo nasal.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.06.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB2521052-10OL4a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Thaís Feitosa Leitão de; FERREIRA JÚNIOR, Osny. Avaliação da influência do septo nasal na expansão de maxila cirurgicamente assistida por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico. 2014.Universidade de São Paulo, Bauru, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25149/tde-10102014-163019/publico/ThaisFeitosaLeitaodeOliveira_Rev.pdf >.
    • APA

      Oliveira, T. F. L. de, & Ferreira Júnior, O. (2014). Avaliação da influência do septo nasal na expansão de maxila cirurgicamente assistida por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25149/tde-10102014-163019/publico/ThaisFeitosaLeitaodeOliveira_Rev.pdf
    • NLM

      Oliveira TFL de, Ferreira Júnior O. Avaliação da influência do septo nasal na expansão de maxila cirurgicamente assistida por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25149/tde-10102014-163019/publico/ThaisFeitosaLeitaodeOliveira_Rev.pdf
    • Vancouver

      Oliveira TFL de, Ferreira Júnior O. Avaliação da influência do septo nasal na expansão de maxila cirurgicamente assistida por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25149/tde-10102014-163019/publico/ThaisFeitosaLeitaodeOliveira_Rev.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: