Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da participação de IL-1R na via de sinalização dependente de MyD88 que opera no controle da infeção por Legionella pneumophila (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MASCARENHAS, DANIELLE PINI ALVES - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: LEGIONELLA PNEUMOPHILA; CONTROLE DE INFECÇÕES
  • Language: Português
  • Abstract: A bactéria Legionella pneumophila é um bacilo Gram-negativo responsável por causar a doença dos legionários. Tanto os Receptores de Reconhecimento Padrão (PRRs) do tipo Nod-like (NLRs) quanto os do tipo Toll-like (TLRs) são capazes de reconhecer L. pneumophila. Uma das vias mais importantes que opera no controle da infecção por L. pneumophila é a do inflamassoma dependente dos NLRs NAIP5 e NLRC4. Esses NLRs facilitam a montagem de um inflamassoma que reconhece a flagelina bacteriana levando a ativação de caspase-1, morte celular e secreção das citocinas IL-1ß e IL-18. Além desse inflamassoma, a molécula adaptadora MyD88 também é critica para o controle da infecção por L. pneumophila. No entanto, ainda que tenha sido demonstrado que vários TLRs participam do reconhecimento de L. pneumophila a deficiência em um único TLRs não resulta em animais tão susceptíveis quanto os deficientes em MyD88. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi investigar os mecanismos relacionados à resistência dependente de MyD88 e independente de NAIP5 e NLRC4. Para isso, utilizamos bactérias deficientes para flagelina (fla‘A POT.-’), que escapam do reconhecimento pelo inflamassoma de NAIP5/NLRC4. Inicialmente, confirmamos que animais ‘Myd88 POT.-/-’ infectados por bactérias fla‘A POT.-’ apresentaram uma alta replicação bacteriana na fase aguda e uma falha em eliminar a carga bacteriana dos pulmões. Posteriormente, observamos que a sinalização dependente dos receptores de IL-1 (IL-1R) e TLR2 contribuem para a eliminação bacteriana dependente de MyD88 in vivo. Em macrófagos, essas moléculas não foram importantes para o controle da replicação em células cultivadas in vitro. Verificamos que o controle dependente de IL1 R/MyD88 ocorre mediado pelo recrutamento de neutrófilos para os sitio da infecção, que participam diretamente do controle da replicação bacteriana
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.04.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066325Mascarenhas, Danielle Pini Alves
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MASCARENHAS, Danielle Pini Alves; ZAMBONI, Dario Simões. Avaliação da participação de IL-1R na via de sinalização dependente de MyD88 que opera no controle da infeção por Legionella pneumophila. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Mascarenhas, D. P. A., & Zamboni, D. S. (2014). Avaliação da participação de IL-1R na via de sinalização dependente de MyD88 que opera no controle da infeção por Legionella pneumophila. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Mascarenhas DPA, Zamboni DS. Avaliação da participação de IL-1R na via de sinalização dependente de MyD88 que opera no controle da infeção por Legionella pneumophila. 2014 ;
    • Vancouver

      Mascarenhas DPA, Zamboni DS. Avaliação da participação de IL-1R na via de sinalização dependente de MyD88 que opera no controle da infeção por Legionella pneumophila. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: