Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo de propriedades físico-químicas de metalofármacos de dirutênio com anti-inflamatórios não esteroides (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COSTA, IGUATINÃ DE MELO - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: QUÍMICA INORGÂNICA; FÍSICO-QUÍMICA INORGÂNICA; ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDES; RUTÊNIO
  • Language: Português
  • Abstract: Complexos de rutênio, em razão da menor toxicidade e por poderem exibir atividade citotóxica ou antimetastática, tem sido considerados como alternativas potencialmente promissoras aos complexos de platina para tratamento de câncer. Nosso grupo de pesquisa tem investigado a interação de íons metálicos com fármacos anti-inflamatórios não esteroides (FAINEs) e já obteve sucesso na preparação de metalofármacos de dirutênio(II,III)-FAINEs, os quais se mostraram promissores com relação à atividade frente a modelos de glioma. Com a finalidade de contribuir para o entendimento das propriedades físico-químicas desses complexos, o presente trabalho teve como principal objetivo analisar propriedades consideradas particularmente essenciais a um potencial candidato a fármaco, tais como, estabilidade no estado sólido, lipofilicidade, solubilidade aquosa e dissolução intrínseca. Um complexo inédito de fórmula [‘Ru IND.2’Cl’(feno) IND.4’], em que feno = fenoprofenato, foi sintetizado e caracterizado por meio de análise elementar, espectroscopia eletrônica, espectroscopia vibracional, difratometria de raios X, análise térmica e espectrometria de massas. Os complexos já testados anteriormente para atividade biológica, [‘Ru ind.2’Cl’(ibp) ind.4’], ibp = ibuprofenato, e [‘Ru ind.2’’(cet) ind.4’Cl], cet = cetoprofenato, foram analisados quanto à estabilidade no estado sólido por meio da determinação isotérmica de variação de massa. As lipofilicidades desses dois complexos, juntamente com a dos fármacos de origem e a do precursor sintético [‘Ru IND.2’’(‘O IND.2’’CH IND.3’)IND.4’Cl], foram avaliadas pelo método shake flask, e suas solubilidade aquosas foram investigadas em presença de co-solventes alcoólicos. Investigou-se ainda a velocidade de dissolução intrínseca do [‘Ru IND.2’Cl’(ibp) IND.4’] que se encontra em estágio avançado deestudos biológicos. Os resultados obtidos trazem novas informações sobre o comportamento térmico dos complexos e sobre suas características biofarmacêuticas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.05.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100025344-QT546 C837e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Iguatinã de Melo; SILVA, Denise de Oliveira. Estudo de propriedades físico-químicas de metalofármacos de dirutênio com anti-inflamatórios não esteroides. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-105337/ >.
    • APA

      Costa, I. de M., & Silva, D. de O. (2014). Estudo de propriedades físico-químicas de metalofármacos de dirutênio com anti-inflamatórios não esteroides. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-105337/
    • NLM

      Costa I de M, Silva D de O. Estudo de propriedades físico-químicas de metalofármacos de dirutênio com anti-inflamatórios não esteroides [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-105337/
    • Vancouver

      Costa I de M, Silva D de O. Estudo de propriedades físico-químicas de metalofármacos de dirutênio com anti-inflamatórios não esteroides [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-105337/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: