Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Derivados da cafeína como moderadores do estresse oxidativo provocado por sobrecarga de ferro (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALTA, ELIZABETH CARMEN PASTRANA - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: BIOQUÍMICA INORGÂNICA; FERRO; CAFEÍNA; ANTIOXIDANTES; FLUORESCÊNCIA; DOENÇA DE ALZHEIMER
  • Language: Português
  • Abstract: O ferro é um elemento químico abundante e importante para os organismos. No ser humano, as reações redox do ferro são essenciais para a grande maioria das suas funções enzimáticas, mas fora dos compartimentos bioquímicos adequados pode se tornar uma toxina potencial para o organismo, já que pode catalisar a formação de espécies reativas de oxigênio (ROS). A sobrecarga de ferro pode se dar no sistema nervoso central. Várias evidências indicam que o estresse oxidativo é um dos fatores determinantes nas doenças neurodegenerativas como a Doença de Alzheimer (AD). AD é caracterizada pela acumulação de agregados de proteína β-amilóide (Aβ). Tem-se evidência de que o Fe participaria ativamente no processo de agregação dos Aβ's e como gerador de radicais livres. A terapia de quelação é um tratamento convencional na sobrecarga do metal usando ligantes como a desferrioxamina (DFO). A cafeína por outro lado é uma xantina com atividade antioxidante. Estudos em modelos animais de AD indicam que a cafeína pode diminuir a produção de placas amilóides, bem como melhoria de aprendizagem e memória. Neste trabalho se sintetizou um ligante para o Fe baseado na DFO, a desferrioxamina-cafeína (DFCAF), que poderia ajudar a manter a homeostase normal do ferro cerebral. O DFCAF foi caracterizado por análise elementar, termogravimetria e métodos espectroscópicos (RMN, IR, Raman e UV/Vis). Foram avaliadas as propriedades de ligação do DFCAF com íons metálicos (Fe(III), Cu(II) e Mn(II)),onde a estequiometria metal:ligante sempre se manteve em 1:1. A atividade antioxidante do DFCAF foi avaliada frente ao sistema ferro/ascorbato, pelo método ORAC modificado, e por redução do radical DPPH. O DFCAF mostrou elevada afinidade por ferro em condições fisiológicas. Nos modelos pró-oxidantes dependentes de ferro, o DFCAF apresentou atividade antioxidante idêntica à do DFO.livre quanto o complexo Fe(DFCAF) apresentaram permeabilidade em células HeLa, ao contrário do que se observou para DFO ou Fe(DFO). Foi possível observar que a conjugação da cafeína ao DFO produziu uma molécula nova, que preserva tanto as características de ligação do DFO quanto a estrutura da cafeína. Além disso, a presença de cafeína auxilia na permeabilidade celular de DFCAF, o que pode também ser um acréscimo de função na terapia de AD
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.05.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100025354-QT546.3 P293d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PASTRANA ALTA, Elizabeth Carmen; ESPOSITO, Breno Pannia. Derivados da cafeína como moderadores do estresse oxidativo provocado por sobrecarga de ferro. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-090833/ >.
    • APA

      Pastrana Alta, E. C., & Esposito, B. P. (2014). Derivados da cafeína como moderadores do estresse oxidativo provocado por sobrecarga de ferro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-090833/
    • NLM

      Pastrana Alta EC, Esposito BP. Derivados da cafeína como moderadores do estresse oxidativo provocado por sobrecarga de ferro [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-090833/
    • Vancouver

      Pastrana Alta EC, Esposito BP. Derivados da cafeína como moderadores do estresse oxidativo provocado por sobrecarga de ferro [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-30092014-090833/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: