Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da morfologia, análise métrica e volumétrica do seio frontal de acordo com faixas etárias e gênero em tomografias computadorizadas para uso em identificação humana (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAPUTO, ISAMARA GEANDRA CAVALCANTI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: SEIOS PARANASAIS; TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE EMISSÃO; ODONTOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Identificação humana é o conjunto de procedimentos diversos para individualizar uma pessoa ou objeto. A identificação dos indivíduos tornou-se imprescindível em todas as esferas das relações humanas e se faz necessária mesmo após sua morte, para salvaguardar direitos familiares, bem como obter a certeza de seu falecimento e destino de seu corpo. Para obter a identificação de um individuo são utilizadas técnicas e meios propicies. Tais métodos podem ser realizados por técnicos treinados (judiciário ou policial) ou por profissionais com conhecimentos específicos na área médico-legal ou odonto-legal. A observação do padrão dos selos frontais é uma técnica utilizada para estabelecer a identificação de uma pessoa. As variações em tamanho, forma, simetria, bordas externas, presença e número de septos e células são únicos para cada indivíduo, sendo comparados através de radiografias de face antes e após a morte com a finalidade de equiparação e uma carreta identificação do indiviíduo. Entretanto, existem poucos estudos na literatura sobre o uso da tomografia computadorizada para esta finalidade, bem como uma padronização adequada de suas características para possível arquivamento e posterior levantamento. Foi realizado um estudo retrospectivo, onde foram realizadas aferições métricas e volumétricas em exames tomográficos nos três planos anatómicos. Tais medidas foram correlacionadas com género e idade, a fim de, estabelecer a influência da idade e género no seio frontal. Foram utilizados exames realizados previamente, sendo 49,8% do género feminino e 50,2% do género masculino, com idades de 7 a 66 anos. Foram encontrados 21,18% de aplasias, sendo com maior incidência para o género feminino. Em relação à idade, não foi estabelecida influência nas aferições realizadas. O género masculino apresentou as maiores medidas, sendo que foi possível relacionar adeterminação do género com as tais medidas, com 66,5% de exatidão. Desta forma concluímos que a partir das mensurações realizadas é possível realizar a determinação do género, sendo mais um parâmetro a ser utilizado em casos de identificação humana pela análise dos selos frontais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066279Caputo, Isamara Geandra Cavalcanti
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAPUTO, Isamara Geandra Cavalcanti; MUGLIA, Valdir Antonio; PRADO, Felippe Bevilacqua. Avaliação da morfologia, análise métrica e volumétrica do seio frontal de acordo com faixas etárias e gênero em tomografias computadorizadas para uso em identificação humana. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Caputo, I. G. C., Muglia, V. A., & Prado, F. B. (2014). Avaliação da morfologia, análise métrica e volumétrica do seio frontal de acordo com faixas etárias e gênero em tomografias computadorizadas para uso em identificação humana. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Caputo IGC, Muglia VA, Prado FB. Avaliação da morfologia, análise métrica e volumétrica do seio frontal de acordo com faixas etárias e gênero em tomografias computadorizadas para uso em identificação humana. 2014 ;
    • Vancouver

      Caputo IGC, Muglia VA, Prado FB. Avaliação da morfologia, análise métrica e volumétrica do seio frontal de acordo com faixas etárias e gênero em tomografias computadorizadas para uso em identificação humana. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: