Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da circulação do membro superior em pré e pós-operatório de câncer de mama em mulheres submetidas à linfadenectomia axilar e biópsia do linfonodo sentinela (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VAZ, MAÍTA MARA DE OLIVEIRA LIMA LEITE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: LINFONODOS; LINFONODOS (CIRURGIA); BIÓPSIA; NEOPLASIAS MAMÁRIAS; TERMOGRAFIA; ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER
  • Language: Português
  • Abstract: A implicação das alterações circulatórios sanguíneas no desenvolvimento do linfedema é controversa. A presença de alterações venosas e arteriais em mulheres mastectomizadas já foi encontrada, o que sugere que a formação do linfedema não decorre do bloqueio linfático como evento isolado. O objetivo deste estudo foi avaliar a circulação sanguínea venosa e arterial do membro superior homolateral à cirurgia em mulheres portadoras de câncer de mama antes e após serem submetidas à cirurgia. Foram avaliadas 52 mulheres, divididas em três grupos: submetidas à linfadenectomia axilar nível I, II e III (GLA), idade média de 56,29±10,85 anos; submetidas à biópsia do linfonodo sentinela (GBLS), idade média de 57,17±7,07; controle (GC), idade média de 53,92±8,85 anos sem diagnóstico de câncer de mama. Foi avaliada a velocidade máxima de artérias e veias dos membros superiores, no pré e pós-operatório para tratamento do câncer de mama por meio do ultrassom Doppler de onda contínua (Nicolet Vascular Versalab SE®). A circulação sanguínea periférica também foi avaliada por meio da termografia infravermelho (FLIR Systems®). A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Shapiro-Wilk, sendo que as variáveis que apresentaram distribuição normal foram analisadas com o teste ANOVA seguido de pós-hoc de TuKey ou test T. Para as variáveis com distribuição não normal foi utilizado o teste Kruskal-Wallis, seguido do pós-hoc de Dunn, p<0,05. Houve diferença significativa na velocidade máxima do fluxo sanguíneo, tanto venosa (GLA) quanto arterial (GBLS). Não foi observada diferença significativa na temperatura dos membros superiores homolateral e contralateral à cirurgia, bem como no pré e no pós-operatórioFisioterapia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.04.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066327Vaz, Maíta Mara de Oliveira Lima Leite
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VAZ, Maíta Mara de Oliveira Lima Leite; GUIRRO, Elaine Caldeira de Oliveira. Análise da circulação do membro superior em pré e pós-operatório de câncer de mama em mulheres submetidas à linfadenectomia axilar e biópsia do linfonodo sentinela. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Vaz, M. M. de O. L. L., & Guirro, E. C. de O. (2014). Análise da circulação do membro superior em pré e pós-operatório de câncer de mama em mulheres submetidas à linfadenectomia axilar e biópsia do linfonodo sentinela. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Vaz MM de OLL, Guirro EC de O. Análise da circulação do membro superior em pré e pós-operatório de câncer de mama em mulheres submetidas à linfadenectomia axilar e biópsia do linfonodo sentinela. 2014 ;
    • Vancouver

      Vaz MM de OLL, Guirro EC de O. Análise da circulação do membro superior em pré e pós-operatório de câncer de mama em mulheres submetidas à linfadenectomia axilar e biópsia do linfonodo sentinela. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: