Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Controle do odor de feridas neoplásicas malignas com metronidazol: revisão sistemática (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASTRO, DIANA LIMA VILLELA DE - EE
  • USP Schools: EE
  • Subjects: DESODORIZANTE; FERIMENTOS E LESÕES; NEOPLASIAS; CUIDADOS DE ENFERMAGEM
  • Keywords: Anti-Bacterial Agents; Antibacterianos; Deodorizers; Neoplasms; Nursing Care; Wounds and Injuries
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Feridas neoplásicas malignas (FNM) são resultantes da invasão direta do câncer na pele que, ao se exteriorizarem, adquirem características de ferida. Com incidência variando de 0,6 a 9,0%, são mais comuns nos cânceres de mama e cabeça e pescoço. Dentre os sinais e sintomas, destaca-se o odor que tem sido descrito como intolerável e nauseante, acarretando impacto negativo sobre o paciente, familiares e equipe de saúde. O odor em FNM ocorre em consequência da interação das microbiotas aeróbica e anaeróbica que colonizam e infectam as feridas. Objetivando reduzir a carga microbiana local e, assim, controlar o odor, tem-se descrito o uso de antissépticos e antibióticos tópicos, dentre os quais destaca-se o metronidazol. Objetivo: Identificar as evidências científicas sobre a utilização do metronidazol para controle do odor em FNM, por meio de revisão sistemática (RS) de ensaios clínicos controlados e não controlados. Método: A partir da questão norteadora do estudo: Qual a eficácia da terapia tópica de metronidazol para o controle do odor em feridas neoplásicas malignas?, realizou-se a busca dos artigos nas bases de dados BIREME, LILACS, COCHRANE, CINAHL e EMBASE, com auxílio da estratégia PICO, utilizando-se descritores indexados e não indexados. Os estudos foram selecionados por duas pesquisadoras de forma independente e os estudos incluídos na RS foram analisados segundo o enunciado CONSORT, grau de recomendação e nível de evidência. Para o estudo randomizado utilizou-se também a Escala de Jadad. Resultados: Recuperaram-se 384 artigos, sendo selecionados 14 para leitura na íntegra, sendo incluídos, ao final, apenas três estudos na RS.Destes, um estudo é randomizado (grau de evidência e recomendação = 2b, Jadad = 2) e dois não são controlados (grau de evidência 4 para ambos). Quanto ao método de avaliação e/ou classificação do odor, não se identificou um instrumento formal, sendo empregada apenas escala analógica de 0 a 10 ou presença/ausência de odor. O tempo necessário para o emprego da terapia tópica foi de 1 a 14 dias, com troca do curativo 1 ou 2 vezes ao dia; e a aplicação do metronidazol foi em gel de 0,75% a 0,8%. Os estudos não mencionaram ou descreveram reações adversas. Os estudos apresentam limitações e fragilidades metodológicas importantes, destacando-se as amostras reduzidas e a falta de descrição de aspectos como o cegamento e randomização no único estudo randomizado, além dos procedimentos empregados nos curativos, dentre outros. Conclusão: Apesar dos três estudos concluírem que o metronidazol tópico é eficaz no controle do odor em FNM, não há forte evidência científica para corroborar essa eficácia.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.03.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200027700T4378
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTRO, Diana Lima Villela de; SANTOS, Vera Lucia Conceicao de Gouveia. Controle do odor de feridas neoplásicas malignas com metronidazol: revisão sistemática. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-12092014-153459/ >.
    • APA

      Castro, D. L. V. de, & Santos, V. L. C. de G. (2014). Controle do odor de feridas neoplásicas malignas com metronidazol: revisão sistemática. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-12092014-153459/
    • NLM

      Castro DLV de, Santos VLC de G. Controle do odor de feridas neoplásicas malignas com metronidazol: revisão sistemática [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-12092014-153459/
    • Vancouver

      Castro DLV de, Santos VLC de G. Controle do odor de feridas neoplásicas malignas com metronidazol: revisão sistemática [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-12092014-153459/