Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Detecção de Bornavírus, Poliomavírus e Circovírus em amostras biológicas, utilizando PCR e RT-PCR, de psitacídeos com diferentes aspectos clínicos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AZEVEDO, NATALIA PHILADELPHO - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPT
  • Subjects: ANIMAIS DE CATIVEIRO (PATOLOGIA); ANIMAIS SILVESTRES (PATOLOGIA); AVES (PATOLOGIA); DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO EM ANIMAL; DOENÇAS INFECCIOSAS EM ANIMAIS; PATOLOGIA VETERINÁRIA
  • Keywords: ABV; ABV; APV; APV; BFDV; BFDV; Papagaio; Parrot; Virus; Vírus
  • Language: Português
  • Abstract: Os vírus são patógenos importantes na saúde das aves, podendo levar a surtos que ameaçam de forma significante a população destas. O Bornavírus aviário (ABV), o Circovírus (BFDV) e o Poliomavírus (APV) são os agentes virais mais comuns e que mais ameaçam os psitacídeos de cativeiro. O ABV é responsável pela doença da dilatação proventricular (PDD) em psitacídeos e outras aves, uma doença neurológica letal, que foi descoberta no início da década de oitenta na Europa e América do Norte. A primeira infecção por APV descrita em aves foi em periquitos australianos (Melopsittacus undulatus) jovens, sendo depois associada com elevada mortalidade e morbidade em outros psitacídeos. O BFDV é o agente causador da doença do bico e das penas de psitacídeos, que ocorre quase exclusivamente em psitacídeos, principalmente em criatórios, aves em quarentena e lojas de animais. Foram testadas 120 amostras de psitacídeos de cativeiro no Brasil, para BFDV e APV e 112 amostras para ABV, resultando em 21 (17,5%) aves positivas para APV, 41 (34,17%) para BFDV e 32 (28,57 %) para ABV. Entre os animais positivos, quatorze apresentaram infecção concomitante, sete foram positivos para BFDV e ABV, seis positivos para BFDV e APV e uma positiva para BFDV, APV e ABV. Dentre os animais positivos para BFDV, os sinais clínicos mais comuns encontrados foram apteria e apatia/anorexia, em relação às aves positivas para APV foram a apatia/anorexia, enquanto para ABV os sinais neurológicos foram os maisrepresentados. A detecção de APV, BFDV e ABV demostra a ocorrência destes vírus testados em psitacídeos de cativeiro no Brasil, tanto em espécies exóticas como em espécies nativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.06.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300048547T.2968 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AZEVEDO, Natalia Philadelpho; FERREIRA, Antônio José Piantino. Detecção de Bornavírus, Poliomavírus e Circovírus em amostras biológicas, utilizando PCR e RT-PCR, de psitacídeos com diferentes aspectos clínicos. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-07102014-152516/ >.
    • APA

      Azevedo, N. P., & Ferreira, A. J. P. (2014). Detecção de Bornavírus, Poliomavírus e Circovírus em amostras biológicas, utilizando PCR e RT-PCR, de psitacídeos com diferentes aspectos clínicos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-07102014-152516/
    • NLM

      Azevedo NP, Ferreira AJP. Detecção de Bornavírus, Poliomavírus e Circovírus em amostras biológicas, utilizando PCR e RT-PCR, de psitacídeos com diferentes aspectos clínicos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-07102014-152516/
    • Vancouver

      Azevedo NP, Ferreira AJP. Detecção de Bornavírus, Poliomavírus e Circovírus em amostras biológicas, utilizando PCR e RT-PCR, de psitacídeos com diferentes aspectos clínicos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10133/tde-07102014-152516/