Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Degradação de fármacos em meio aquoso por meio de fotólise e peroxidação fotoassistida (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KATSUMATA, CAROLINE PEREIRA - EP
  • USP Schools: EP
  • Subjects: FÁRMACOS
  • Keywords: MICROPOLUENTES EMERGENTES
  • Language: Português
  • Abstract: Estudou-se a degradação dos fármacos acetaminofeno (ACT), atenolol (ATL), bezafibrato (BZF), diclofenaco (DIC) e ibuprofeno (IBU) em solução aquosa através de fotólise e peroxidação fotoassistida. As soluções foram caracterizadas antes e após os processos de fotólise e UV/H₂O₂ quanto à degradação dos fármacos e à remoção de carbono orgânico total. Também foi avaliada a degradação por fotólise dos fármacos em uma matriz real (efluente de estação de tratamento de esgoto, ETE). Os experimentos foram realizados em um reator anular com lâmpada de vapor de mercúrio de baixa pressão de 36 ou 75 W e concentrações iniciais de 5 ou 20 mg L⁻¹ de cada fármaco, em mistura e individualmente, no caso dos estudos de fotólise UV. Os resultados mostraram absorção de radiação UV (254 nm) pelo ACT superior à dos demais fármacos (ɛ=8990 L mol⁻¹ cm⁻¹), e comparativamente inferior para o ATL e IBU (ε=725 e 1080 L mol⁻¹ cm⁻¹, respectivamente). Não houve degradação por hidrólise após 24h em qualquer pH. O DIC e o BZF degradaram-se mais rapidamente, independentemente do processo fotoassistido. As concentrações de DIC nos experimentos realizados com [DIC]0=5 mg L⁻¹ ficaram abaixo do limite de detecção após 20 minutos de irradiação. Na presença de H₂O₂ as concentrações dos contaminantes ficaram abaixo do limite de detecção após 50 minutes para concentrações iniciais de 20 mg L⁻¹. Os resultados dos ensaios de toxicidade nos experimentos realizados com a mistura de fármacos mostraram valores de CE₅₀ inferiores aos valores obtidos nos experimentos com a solução dos fármacos individuais. Os valores de TOC apresentaram redução de até 13% ao final de 120 minutos, o que comprova a persistência dos produtos de degradação. A degradação por fotólise UV do ATL e do ACT ocorreu mesmo em efluente de ETE, sendo a eficiência desse processo semelhante à obtida usando-se água como matriz.Esses resultados são úteis para compreensão da remediação de águas e efluentes contendo esses contaminantes emergentes por meio de processos foto-oxidativos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200001023FD-6387 versão corr.
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KATSUMATA, Caroline Pereira; TEIXEIRA, Antonio Carlos S. C. Degradação de fármacos em meio aquoso por meio de fotólise e peroxidação fotoassistida. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-24042015-155745/pt-br.php >.
    • APA

      Katsumata, C. P., & Teixeira, A. C. S. C. (2014). Degradação de fármacos em meio aquoso por meio de fotólise e peroxidação fotoassistida. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-24042015-155745/pt-br.php
    • NLM

      Katsumata CP, Teixeira ACSC. Degradação de fármacos em meio aquoso por meio de fotólise e peroxidação fotoassistida [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-24042015-155745/pt-br.php
    • Vancouver

      Katsumata CP, Teixeira ACSC. Degradação de fármacos em meio aquoso por meio de fotólise e peroxidação fotoassistida [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-24042015-155745/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: