Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Seguimento tardio de indivíduos com doença arterial coronária: ultrassom intravascular com histologia virtual para a avaliação das características constitucionais e evolutivas da aterosclerose coronária (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FALCãO, BRENO DE ALENCAR ARARIPE - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MCP
  • Subjects: ARTERIOSCLEROSE; CORONARIOPATIA (ULTRASSONOGRAFIA); VASOS CORONÁRIOS (ULTRASSONOGRAFIA); PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS
  • Keywords: Aterosclerose; Atherosclerosis; Computer-assisted image processing; Coronary artery disease; Coronary vessel/ultrasonography; Doença da artéria coronariana; Estudos prospectivos; Intravascular ultrasonography; Placa aterosclerótica; Plaque atherosclerotic; Processamento de imagem assistida por computador; Prospective studies; Remodelação; Remodeling; Ultrassonografia intravascular; Vasos coronários/ultrassonografia
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: As modificações evolutivas e o impacto clínico da composição da aterosclerose coronária em pacientes sob prevenção secundária permanecem pouco conhecidos. O ultrassom intravascular com histologia virtual (VH-IVUS) permite caracterizar in vivo tais componentes. Os objetivos desse estudo foram avaliar o papel prognóstico da composição da aterosclerose da árvore coronária proximal, bem como descrever o comportamento dinâmico da placa, explorando a relação entre seus componentes e as alterações geométricas do vaso. Métodos: Conduziu-se um estudo prospectivo, observacional e unicêntrico, que incluiu pacientes encaminhados para intervenção coronária percutânea. Durante essa intervenção, realizou-se VH-IVUS tipo "artéria inteira" das três coronárias principais para mensurar os parâmetros geométricos do vaso (luz, membrana elástica externa, placa+média e volume percentual do ateroma) e os componentes das placas (fibrótico, fibrolipídico, núcleo necrótico e cálcio denso). Calculou-se o volume indexado de cada parâmetro por paciente, artéria e subsegmento arterial. Avaliou-se a influência dos volumes indexados da árvore coronária proximal (por paciente), sem considerar a categorização fenotípica das placas, na ocorrência de eventos cardíacos adversos maiores (MACE), definidos como óbito, infarto agudo do miocárdio e revascularização miocárdica não planejada, após 4 anos de VH-IVUS volumétrico seriado foi realizado para estudar seguimento. Em um subgrupo de pacientes, variações do ateroma nas artérias e em seus subsegmentos, testando correlações entre componentes da placa e variações geométricas do vaso.Resultados: Foram incluídos 67 pacientes com idade média de 58,9 ± 9,2 anos, 66% do sexo masculino, 42% diabéticos, 69% multiarteriais e 45% com síndrome coronária aguda recente. Obtiveram-se imagens de VH-IVUS para 255 artérias. As médias dos volumes indexados basais da árvore coronária proximal, em escala de cinza, foram: luz 8,8±2,5mm3/mm, membrana elástica externa 15,4±3,5mm3/mm e placa+média 6,6±2,0mm3/mm, com percentual de volume do ateroma de 42,8±8,9%. Quanto aos componentes do ateroma, predominou o fibrótico 2,1 ± 1,0mm3/mm (61,8 ± 6,6%), seguido por núcleo necrótico 0,6±0,4mm3/mm (16,6±6,7%), fibrolipídico 0,5±0,3mm3/mm (14,1±6,0%) e cálcio denso 0,3±0,2mm3/mm (7,6 ± 4,6%). Após 4,9 anos (intervalo interquartil: 4,5 - 5,1 anos) sob prevenção secundária, ocorreram MACE em 18 pacientes, a maioria por reestenose. Não houve correlação entre os volumes indexados basais da árvore coronária proximal e a ocorrência de MACE. VH-IVUS seriado, após 20,6 meses (intervalo interquartil: 9,1 - 23,8 meses), foi realizado em 52 pacientes. Nas artérias desses pacientes, houve redução no volume indexado de luz, redução no volume indexado de membrana elástica externa, sem alteração no volume indexado de placa+média ou no percentual de volume do ateroma. Modificações na composição da placa foram observadas, com incremento absoluto e relativo doscomponentes cálcio denso (0,09±0,21mm3/mm p < 0,01; 2,2±7,1% p < 0,01) e núcleo necrótico (0,13±0,47mm3/mm p < 0,01; 3,0 ± 10,9% p < 0,01), redução relativa do componente fibrolipídico (-0,05 ± 0,81mm3/mm p=0,37; -3,7 ± 10,3% p < 0,01) sem variação do componente fibrótico (-0,04 ± 1,00mm3/mm p=0,62; -1,6 ± 13,3% p=0,12). Nos subsegmentos arteriais, a composição basal da placa correlacionou-se com a resposta de remodelamento do vaso. A quantidade total de volume indexado basal dos componentes não calcificados correlacionou-se positivamente com a resposta de remodelamento constrictiva do vaso, que ocorreu menos frequentemente em diabéticos e associou-se a maior incremento do componente cálcio denso durante a evolução. Conclusão: Em coronarianos sob prevenção secundária, a composição média da aterosclerose na árvore coronariana proximal não se associou a ocorrência de eventos cardíacos adversos maiores. O comportamento dinâmico do ateroma foi compatível com estabilização da doença, ocorrendo variação não significativa na quantidade de placa, redução luminal associada a remodelamento negativo do vaso e modificação nos constituintes da placa com desvio de um \"perfil fibrolipídico para um mais calcificado". A quantidade basal de componentes não calcificados da placa modulou as alterações geométricas direcionadas para o remodelamento constrictivo do vaso
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2653170-10W4.DB8 SP.USP FM-2 F163se 2014
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FALCÃO, Breno de Alencar Araripe; LEMOS NETO, Pedro Alves. Seguimento tardio de indivíduos com doença arterial coronária: ultrassom intravascular com histologia virtual para a avaliação das características constitucionais e evolutivas da aterosclerose coronária. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-14112014-142528/ >.
    • APA

      Falcão, B. de A. A., & Lemos Neto, P. A. (2014). Seguimento tardio de indivíduos com doença arterial coronária: ultrassom intravascular com histologia virtual para a avaliação das características constitucionais e evolutivas da aterosclerose coronária. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-14112014-142528/
    • NLM

      Falcão B de AA, Lemos Neto PA. Seguimento tardio de indivíduos com doença arterial coronária: ultrassom intravascular com histologia virtual para a avaliação das características constitucionais e evolutivas da aterosclerose coronária [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-14112014-142528/
    • Vancouver

      Falcão B de AA, Lemos Neto PA. Seguimento tardio de indivíduos com doença arterial coronária: ultrassom intravascular com histologia virtual para a avaliação das características constitucionais e evolutivas da aterosclerose coronária [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5131/tde-14112014-142528/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: