Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Ensino do desenvolvimento infantil nos cursos de graduação e pós-graduação em enfermagem: uma revisão sistemática (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOREIRA, ROSELI DE LANA - EE
  • USP Schools: EE
  • Subjects: ENFERMAGEM (ENSINO); DESENVOLVIMENTO INFANTIL; MÉTODOS DE ENSINO; CUIDADO DA CRIANÇA; COORDENADORES
  • Keywords: Baccalaureate; Child Development; Coordinators; Education; Infant Development; Lectures; Nursing; Students; Students Nursing; Teachers; Teaching; Teaching Methods
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A participação da enfermagem na puericultura ocorre desde 1925, quando os educadores sanitários passaram a atuar nos centros de saúde. Todavia, o enfermeiro exerceu suas atividades durante muitos anos na Atenção Básica focado no atendimento e nas prioridades dos processos físicos, nas doenças e na prática curativista e preventivista. Atualmente, sobretudo em decorrência da Estratégia Saúde da Família, o enfermeiro dispõe de abertura para realizar consultas, grupos educativos e visitas domiciliares a gestantes e crianças. Entretanto, apesar dessas oportunidades assistenciais, esses espaços não têm sido ocupados da melhor maneira dado que, muitas vezes, os profissionais não possuem formação direcionada para as carências da população, pois os currículos enfatizam majoritariamente os aspectos patológicos. As Diretrizes Curriculares Nacionais ressaltam a necessidade e o dever, por parte das Instituições de Ensino Superior, de formar profissionais de saúde voltados para todos os níveis de atendimento. Objetivo: Identificar as experiências de ensino de Desenvolvimento Infantil saudável nos cursos de graduação e pós-graduação em Enfermagem. Método: Foi feita uma Revisão Sistemática Qualitativa, seguindo-se as recomendações metodológicas do Instituto Joanna Briggs (JBI). A estratégia de busca utilizada para a revisão concentrou-se em identificar estudos publicados em dez bases de dados/portais com recorte temporal até junho de 2013. O maior número de estudos foi verificado no período de 2000 a 2012, obtendo-se uma somatória de 60% da amostra, o que significa que os estudos são atuais e podem estar relacionados com as evidências das neurociências. Os descritores foram adaptados para atender às especificidades de cada base de dado/portal.Resultados: A metodologia acima descrita permitiu que fossem resgatados da literatura científica 694 estudos, cujos resumos foram analisados e, aplicando-se os critérios de exclusão, chegou-se a um conjunto de 52 trabalhos integralmente lidos. A seleção final contou com 25 estudos, sendo 12 deles nacionais, os quais foram analisados a partir de uma experiência exitosa de promoção do DI que envolveu universidades em municípios paulistas, como referência de boas práticas, considerando-se as evidências recentes da neurociência e epigenética. Constatou-se que o puerpério foi abordado somente em três estudos, mas, ainda assim, restringiu-se à dimensão física, aos cuidados de higiene, à alimentação e ao aleitamento materno. A abordagem da puericultura ampliada estava presente em todos os estudos. Os aspectos familiares, sociais, emocionais foram citados. Quanto à presença do Desenvolvimento Infantil na relação com a Educação Infantil em creches, 12 estudos contemplavam esse aspecto, todavia, com abordagem fragmentada. No que tange aos espaços lúdicos, foram considerados em 14 estudos, porém os aspectos se relacionavam com a facilitação do acesso ao brinquedo para crianças em diferentes situações sociais, estímulo ao lazer e cultura. Por fim, a abordagem de grupos com famílias estava presentes em 20 estudos, os quais vão além do simples envolvimento dos pais com os cuidados das crianças. Conclusão: O ensino de Desenvolvimento Infantil saudável ultrapassa o formato de ensino tradicional, de caráter conteudista. A maioria dos estudos apontou que a melhor forma de ensinar é por meio de técnicas criativas e inovadoras, desenvolvendo competência dos discentes e envolvendo-os.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.05.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200027854T4407(original)
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOREIRA, Roseli de Lana; CHIESA, Anna Maria. Ensino do desenvolvimento infantil nos cursos de graduação e pós-graduação em enfermagem: uma revisão sistemática. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-06112014-114719/ >.
    • APA

      Moreira, R. de L., & Chiesa, A. M. (2014). Ensino do desenvolvimento infantil nos cursos de graduação e pós-graduação em enfermagem: uma revisão sistemática. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-06112014-114719/
    • NLM

      Moreira R de L, Chiesa AM. Ensino do desenvolvimento infantil nos cursos de graduação e pós-graduação em enfermagem: uma revisão sistemática [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-06112014-114719/
    • Vancouver

      Moreira R de L, Chiesa AM. Ensino do desenvolvimento infantil nos cursos de graduação e pós-graduação em enfermagem: uma revisão sistemática [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-06112014-114719/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: