Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Revisão da tafoflora interglacial de Cerquilho (SP), porção superior do Grupo Itararé, eocisuraliano da Borda Nordeste da Bacia do Paraná: o gênero Gangamopteris Mccoy, 1860 (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MENDES, AMANDA HOELZEL - IGC
  • USP Schools: IGC
  • Sigla do Departamento: GSA
  • Subjects: PALEOBOTÂNICA; PERMIANO
  • Language: Português
  • Abstract: No Gondwana, durante o Eopermiano, várias associações paleoflorísticas desenvolveram-se em sucessivas condições periglaciais ou interglaciais/interestadiais e pós-glaciais, designadas floras pré-glossopterídeas, protoglossopterídeas / Gangamopteris e Glossopteris. A diversidade florística de cada região gondvânica esteve condicionada à proximidade, distanciamento ou mesmo à ausência ou retirada de geleiras. No estado de São Paulo, desenvolveram-se e preservaram-se tafofloras pré-glossopterídeas (como as de Itapeva, Buri e Monte-Mor) e tafofloras de protoglossopterídeas / Gangamopteris como as de Tietê (à margem do rio Capivari, estrada Tietê-Piracicaba), de Cesário Lange e de Cerquilho, todas associadas a carvões. A diversidade florística de cada região gondvânica esteve condicionada à proximidade, distanciamento ou mesmo à ausência ou retirada de geleiras. Este trabalho analisa a tafoflora interglacial do "sítio Toca do Índio", situada cerca de 9 km a sudoeste da cidade de Cerquilho, SP, tendo em vista a necessidade de revisão e complementação dos estudos tafonômico, morfográfico e taxonômico dessa tafoflora interglacial, enfatizando seus componentes protoglossopterídeos e glossopterídeos e de buscar melhor posicionamento desta tafoflora na coluna bioestratigráfica, revisando sua antiguidade e estágio evolutivo de seus integrantes gangamopteróides e possíveis interpretações paleoecológicas, paleogeográficas e paleoclimáticas. Entre quase400 espécimes, depositados na coleção paleontológica do Instituto de Geociências da USP, envolvendo folhas, caules, sementes, frutificações, raízes, etc., cerca de 70 correspondem a gangamopterídeas ou cordaitales. Os fitofósseis estão preservados na forma de impressões/raras compressões. Apresentam-se, em geral, dispostos horizontalmente nos estratos como folhas isoladas, desarticuladas, ou mais raramente ocorrendo em tufos de três a quatro folhas conectadas. Esparsas na matriz, raramente se apresentam paralelas umas às outras, mas normalmente, estão em disposição caótica na superfície dos estratos. Foram preparados mecanicamente, com limpeza e liberação das partes recobertas pela matriz, utilizando marteletes, estiletes, talhadeiras, etc., bem como identificação preliminar de todos os componentes da coleção. Foram feitos: exame do material Dissertação de Mestrado HOELZEL 2014 8 sob estereomicroscópio, procedendo à mensuração linear e de ângulos, descrição da morfologia dos espécimes foliares e de sua venação; documentação gráfica, com obtenção de fotomacrografias e fotomicrografias dos espécimes descritos, desenhos em câmara clara e sobre fotos ampliadas digitalmente, e bem como comparações com espécies já identificadas, na literatura paleobotânica pertinente. Algumas reflexões foram feitas sobre "a evolução da arquitetura foliar do gênero Gangamopteris McCoy 1860, em sucessões paleoflorísticas gondvânicas brasileiras e sua comparação com asindianas", na forma de um artigo aqui incluído. Numerosos trabalhos anteriores registraram, para a tafoflora do "sítio Toca do Índio", os seguintes componentes: Paracalamites australis, Phyllotheca australis, Stephanophyllites sanpaulensis, Cordaites, Rubidgea obovata, R. lanceolata, R. lanceolata var. truncata, R. itapemensis, Gangamopteris angustifolia, G. obovata, G. stephensonii, G. dolianitii, G. roesleri, Fertiliger tipo Brasiloide, Arberia minasica, A. sp, Arberiopsis boureaui, A.sp, Samaropsis cerquilhensis, Cordaicarpus brasilianus, Samaropsis rigbyi, S. dolianitii, S. tietensis, S. moreirana, S. goraiensis, S. rohnii, S. rugata e Paranocladus. A revisão dos elementos protoglossopterídeos e gangamopterídeos levou a restringir, por sinonímia, sua composição a Gangamopteris angustifolia, G. buriadica (agora reconhecida na tafoflora), G. obovata, G. stephensonii, G. dolianitii e G. roesleri. Sua alta diversidade específica, na comparação com as tafofloras do sul da bacia do Paraná, da Formação La Golondrina, da Argentina e Talchir inferior da Índia, ressalta seu caráter primitivo e de possível centro dispersor do gênero. O aspecto bioestratinômico, muitas vezes tridimensionalmente disposto, de alguns fitofósseis na rocha matriz, corrobora a hipótese de deposição em ambiente com possível remoção e / ou ressedimentação por ação de empurrão de gelo ou movimentação por densas águas de degelo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.10.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900032225T H694 A.r e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HOETZEL, Amanda; BERNARDES-DE-OLIVEIRA, Mary Elizabeth Cerruti. Revisão da tafoflora interglacial de Cerquilho (SP), porção superior do Grupo Itararé, eocisuraliano da Borda Nordeste da Bacia do Paraná: o gênero Gangamopteris Mccoy, 1860. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-03122014-092537/ >.
    • APA

      Hoetzel, A., & Bernardes-de-Oliveira, M. E. C. (2014). Revisão da tafoflora interglacial de Cerquilho (SP), porção superior do Grupo Itararé, eocisuraliano da Borda Nordeste da Bacia do Paraná: o gênero Gangamopteris Mccoy, 1860. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-03122014-092537/
    • NLM

      Hoetzel A, Bernardes-de-Oliveira MEC. Revisão da tafoflora interglacial de Cerquilho (SP), porção superior do Grupo Itararé, eocisuraliano da Borda Nordeste da Bacia do Paraná: o gênero Gangamopteris Mccoy, 1860 [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-03122014-092537/
    • Vancouver

      Hoetzel A, Bernardes-de-Oliveira MEC. Revisão da tafoflora interglacial de Cerquilho (SP), porção superior do Grupo Itararé, eocisuraliano da Borda Nordeste da Bacia do Paraná: o gênero Gangamopteris Mccoy, 1860 [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44141/tde-03122014-092537/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: