Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Impressão digital metabólica do gênero Espeletia (Asteraceae) e sua correlação com dados filogenéticos e biogeográficos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GONZALEZ, GUILLERMO FEDERICO PADILLA - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Subjects: PRODUTOS NATURAIS; COMPOSITAE; BIOGEOGRAFIA; QUIMIOTAXONOMIA; FILOGENIA
  • Keywords: Asteraceae; Asteraceae; Biogeografia; Biogeography; Chemotaxonomy; Espeletiinae; Espeletiinae; Metabolômica; Metabolomics; Quimiotaxonomia
  • Language: Português
  • Abstract: O gênero Espeletia Mutis ex Bonpl (Asteraceae, Millerieae, Espeletiinae) constitui um exemplo clássico de um táxon sujeito a rápidos processos adaptativos evolutivos. Com ca. 71 espécies, este gênero se diversificou em elevadas altitudes num ecossistema emergente formado após o retraimento dos glaciares no final do Plioceno e início do Pleistoceno, os páramos, um tipo de ecossistema que biogeograficamente funciona como um complexo de "ilhas" presentes principalmente no noroeste dos Andes tropicais da Venezuela, Colômbia e Equador. Devido à sua complexa história evolutiva e morfologia característica, este gênero tem sido foco de muitas pesquisas envolvendo sua biologia, ecologia, taxonomia e filogenia. No entanto, do ponto de vista fitoquímico, tem sido pouco estudado e é desconhecida a influência da geografia na química do metabolismo secundário destas espécies. Neste estudo, a impressão digital metabólica de 120 amostras do gênero Espeletia foi obtida por UHPLC-UV-MS e submetida a análises quimiométricas. A correlação com dados geográficos revelou uma forte influência da biogeografia no metabolismo secundário das espécies deste gênero, apresentando uma impressão digital característica de acordo com seu país de origem numa escala global e de acordo com complexo de páramos de origem numa escala regional, o qual concorda com a filogenia atual da subtribo baseada nos marcadores ITS, ETS, rp116 e AFLPs. A análise por OPLS-DA e a desreplicação de extratos permitiu identificar as principais substâncias correlacionadas com a origem geográfica das espécies, mesmo como permitir a construção de modelos de predição da origem geográfica de novos extratos baseados nos seus perfis químicos. Além disso, uma análise filogenética efetuada com dados metabolômicos revelou, embora com pouco suporte, uma correlação geográfica em que as espécies da Venezuela correspondem ao cladoancestral do gênero. Adicionalmente, a química do metabolismo secundário da subtribo Espeletiinae foi revisada e um bando de dados, o ChemEsp (Chemistry of Espeletiinae), foi construído incluindo todos os metabólitos descritos na literatura, mesmo como outras informações químicas, botânicas e geográficas. Finalmente, a desreplicação de extratos permitiu a identificação de várias substâncias não descritas previamente no gênero Espeletia e/ou na subtribo Espeletiinae, incluindo uma grande variedade de flavonoides e ácidos cafeoilquínicos, junto com outros metabólitos já descritos no gênero por métodos fitoquímicos clássicos. Os resultados obtidos, além de contribuírem para a geração de conhecimento sobre a química do metabolismo secundário do gênero Espeletia, revelaram informações sobre as relações filogenéticas e biogeográficas do gênero baseadas em marcadores químicos, empregando-se modernas metodologias analíticas e computacionais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.09.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCFRP10600016129Gonzalez, Guillermo Federico Padilla
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONZALEZ, Guillermo Federico Padilla; COSTA, Fernando Batista da. Impressão digital metabólica do gênero Espeletia (Asteraceae) e sua correlação com dados filogenéticos e biogeográficos. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-30102014-144920/ >.
    • APA

      Gonzalez, G. F. P., & Costa, F. B. da. (2014). Impressão digital metabólica do gênero Espeletia (Asteraceae) e sua correlação com dados filogenéticos e biogeográficos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-30102014-144920/
    • NLM

      Gonzalez GFP, Costa FB da. Impressão digital metabólica do gênero Espeletia (Asteraceae) e sua correlação com dados filogenéticos e biogeográficos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-30102014-144920/
    • Vancouver

      Gonzalez GFP, Costa FB da. Impressão digital metabólica do gênero Espeletia (Asteraceae) e sua correlação com dados filogenéticos e biogeográficos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-30102014-144920/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: