Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Viabilidade Populacional de Sotalia guianensis (van BÉNÉDEN, 1864) (Cetacea, Delphinidae) no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, Estado de São Paulo (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALMEIDA, INAÊ GUION DE - ECOLOGIA APLICA
  • USP Schools: ECOLOGIA APLICA
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: CETACEA; POPULAÇÕES ANIMAIS
  • Language: Português
  • Abstract: Sotalia guianensis é um pequeno cetáceo costeiro encontrado ao longo do Oceano Atlântico Sul-Ocidental. Está exposta a inúmeras ameaças, tais como captura acidental em redes de pesca, tráfego de embarcações e turismo. A análise de viabilidade populacional (AVP) é uma forma de prever as flutuações e a probabilidade de persistência ou extinção de uma espécie ou população ao longo do tempo, incorporando dados demográficos, ecológicos e ambientais de populações reais em simulações computacionais de modelos estocásticos e determinísticos. O presente estudo teve como objetivos estimar densidade, abundância e realizar uma AVP para S. guianensis no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, São Paulo. Estimativas de abundância e densidade foram obtidas entre 2011 e 2012, utilizando o método de transecção linear com amostragem de distâncias, com 1.339,91 km percorridos e 83h05min em esforço. Avistou-se 241 grupos, compostos por 1 a 20 indivíduos. O programa Distance, com modelo half-normal e ajuste coseno e menor valor de AIC, estimou uma abundância de 193 indivíduos (95%IC: 158 - 237) e densidade de 2,5538 ind/km2 (95%IC: 2,0812 - 3,1337). A média de tamanho de grupo é 4,1504 indivíduos (95%IC: 3,7666 - 4,5734). De forma geral, a espécie apresenta grandes variações ao longo de sua distribuição com relação ao tamanho populacional, densidade, tamanho de grupos, distribuição nos habitats e residência. Tais diferenças estão associadas possivelmente às características físicas e ambientaisde cada habitat, que interferem direta ou indiretamente na distribuição e dinâmica populacional da espécie e suas presas. Para a AVP a população foi tratada como não suplementada, sem dispersão, sem remoção, sem depressão endogâmica e a extinção foi definida como a permanência de apenas um sexo. O valor inicial da população é 193 indivíduos e demais parâmetros demográficos e reprodutivos foram estimados com base na literatura disponível. Variações de parâmetros específicos (mortalidade, capacidade de suporte do ambiente (K), variação ambiental na reprodução e catástrofe) foram inseridas nos cenários para avaliar as tendências populacionais sob diferentes ameças. Utilizou-se o programa VORTEX 9.99b. A AVP apontou para o declínio e extinção (P(E) = 1,000) da população em menos de 300 anos em todos os cenários, com taxas de crescimento de -0,082 (SD = 0,120), - 0,049 (SD = 0,107) e -0,086 (SD = 0,062), para os cenários 1, 2 e 3 respectivamente. O tempo médio para extinção foi estimado em 39,6 anos para o cenário 1, 57,3 anos para o cenário 2 e 3,3 anos para o cenário 3. As projeções geradas pela AVP apontaram cenários pessimistas, o que pode estar relacionado ao pequeno tamanho da população. As análises mostram que variações no tamanho populacional, mortalidade, K e catástrofes podem influenciar fortemente a persistência de pequenas populações. O estuário de Cananéia é um ambiente favorável e bem preservado que oferece recursos suficientes para S. guianensis, entretanto, oaumento das atividades antrópicas na área pode levar a mudanças na dinâmica populacional e alterações no habitat, comprometendo sua persistência ao longo do tempo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC12600009040t639.979 A447v e.2 107347
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Inaê Guion de; PERCEQUILLO, Alexandre Reis. Viabilidade Populacional de Sotalia guianensis (van BÉNÉDEN, 1864) (Cetacea, Delphinidae) no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, Estado de São Paulo. 2014.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-04122014-085521/ >.
    • APA

      Almeida, I. G. de, & Percequillo, A. R. (2014). Viabilidade Populacional de Sotalia guianensis (van BÉNÉDEN, 1864) (Cetacea, Delphinidae) no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, Estado de São Paulo. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-04122014-085521/
    • NLM

      Almeida IG de, Percequillo AR. Viabilidade Populacional de Sotalia guianensis (van BÉNÉDEN, 1864) (Cetacea, Delphinidae) no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, Estado de São Paulo [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-04122014-085521/
    • Vancouver

      Almeida IG de, Percequillo AR. Viabilidade Populacional de Sotalia guianensis (van BÉNÉDEN, 1864) (Cetacea, Delphinidae) no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, Estado de São Paulo [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-04122014-085521/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: