Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A influência da tradição na tradução e interpretação de Isaías 52.13-53.12 (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIBEIRO NETO, JOSE - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLO
  • Subjects: BÍBLIA (INTERPRETAÇÃO); TRADUÇÃO; LÍNGUA HEBRAICA
  • Keywords: Isaiah 53; Isaías 53; Tradução da Bíblia hebraica; Translation of the Hebrew Bible
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa procura analisar a influência da tradição na tradução e interpretação da perícope de Isaías 52.13-53.12. Inicialmente esta pesquisa discute a teoria de Eugene A. Nida, que tem sido a principal teoria nas discussões de tradução da Bíblia. Juntamente com a análise da teoria de Nida analisou-se também as principais discussões sobre tradução de outras vertentes acadêmicas e o uso das mesmas pelas principais tradições religiosas: judaicas, católicas e protestantes. Por meio de estudo de casos específicos de tradução dessas diversas correntes religiosas analisou-se as influências teológicas na tradução de textos tais como Isaías 14.12 na tradição protestante, Isaías 9.5-6 na tradição judaica. A pesquisa abordou o uso da paráfrase como meio utilizado pelas tradições religiosas para defender suas doutrinas em textos sensíveis da Bíblia Hebraica, bem como o poder da tradição interpretativa como interferência na produção de traduções alinhadas às posições teológicas das respectivas tradições. A pesquisa procura delinear de forma breve, a história dos princípios de interpretação da tradição cristã e do judaísmo rabínico. As principais versões produzidas por essas tradições interpretativas: LXX, Vulgata, Targum e Peshitta foram expostas como produtos dessas tradições interpretativas e a perícope de Isaías 52.13-53.12 nessas antigas versões e no Novo Testamento, também como produtos de influência das diferentes tradições interpretativas do cristianismo e do judaísmo rabínico. Por fim, o trabalho busca mostrar como o texto da perícope de Isaías 52.13-53.12 foi tratado nas fontes antigas do judaísmo rabínico e do cristianismo e os efeitos dessas tradições interpretativas em duas versões modernas da Bíblia Hebraica. A de linha judaica, conhecida como Bíblia Hebraica da Editora e Livraria Sêfer e a de linha protestante, denominada Nova Bíblia Viva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.05.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900137125T RIBEIRO NETO, JOSÉ 2014
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO NETO, José; ARAÚJO, Reginaldo Gomes de. A influência da tradição na tradução e interpretação de Isaías 52.13-53.12. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8158/tde-17102014-175158/pt-br.php/ >.
    • APA

      Ribeiro Neto, J., & Araújo, R. G. de. (2014). A influência da tradição na tradução e interpretação de Isaías 52.13-53.12. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8158/tde-17102014-175158/pt-br.php/
    • NLM

      Ribeiro Neto J, Araújo RG de. A influência da tradição na tradução e interpretação de Isaías 52.13-53.12 [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8158/tde-17102014-175158/pt-br.php/
    • Vancouver

      Ribeiro Neto J, Araújo RG de. A influência da tradição na tradução e interpretação de Isaías 52.13-53.12 [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8158/tde-17102014-175158/pt-br.php/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: