Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Argumentação e redes sociais: o tweet como gênero e a emergência de novas práticas comunicativas (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DIOGUARDI, GABRIELA - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: GÊNEROS TEXTUAIS; REDES SOCIAIS; ARGUMENTAÇÃO
  • Keywords: Digital genres; Estratégias; Gêneros digitais; Strategies; Tweet; Twitter
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa tem por objetivo estudar o funcionamento argumentativo do tweet, um gênero textual digital emergente o tweet particularizado pela produção escrita de até cento e quarenta caracteres e que circula somente no ambiente Twitter. O corpus constitui-se de cinquenta tweets do tipo argumentativo produzidos por alunos do 1º ano do Ensino Médio de uma escola privada da cidade de São Paulo, desenvolvidos a partir de uma sequência didática apresentada em aulas de Língua Portuguesa. Em razão de toda produção discursivo-textual não poder ser separada de seu contexto específico de produção, esta pesquisa também examina a rede mundial digital, a Internet, em sua concepção de produtora de ambientes virtuais nos quais circulam variados gêneros textuais digitais emergentes. Tendo em vista que poucos são os estudos sobre o funcionamento da Argumentação em ambientes digitais virtuais, buscamos detectar quais estratégias argumentativas são acionadas para a tomada de um posicionamento em uma condição tão particular de produção, para conhecer o valor argumentativo dos elementos linguísticos e não -linguísticos que utilizados de modo coesivo ou não, constituem o gênero tweet. Por se tratar de uma perspectiva de reflexão linguístico-textual sobre os usos da língua em procedimentos argumentativos, o embasamento teórico deste trabalho fundamenta-se nas referências de Perelman e Olbrechts-Tyteca (2005 [1958]) sobre estratégias argumentativas; na concepção de instâncias argumentativaspropostas por Amossy (2007); no conceito e funcionalidade de Redes Sociais e, particularmente do Twitter, apontados por Santaella e Lemos (2010); nos postulados bakhtinianos da constituição e transmutação de gêneros e na perspectiva sociocognitiva-interacionista da Linguística Textual acerca da materialização linguística dos gêneros textuais digitais conforme Marcuschi (2002, 2008, 2010, 2012) Koch (2000, 2002, 2006) e Koch e Elias (2009). Os resultados permitem afirmar que a orientação argumentativa dos aspectos linguísticos presentes nos enunciados e em seus encadeamentos organizam-se no sentido de indicar o posicionamento do locutor que, em função da necessidade de economia de uma economia de escrita, circunscreve seu querer-dizer a determinada dimensão estética
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.05.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900137165T DIOGUARDI, GABRIELA 2014
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIOGUARDI, Gabriela; AQUINO, Zilda Gaspar Oliveira de. Argumentação e redes sociais: o tweet como gênero e a emergência de novas práticas comunicativas. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28112014-192311/ >.
    • APA

      Dioguardi, G., & Aquino, Z. G. O. de. (2014). Argumentação e redes sociais: o tweet como gênero e a emergência de novas práticas comunicativas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28112014-192311/
    • NLM

      Dioguardi G, Aquino ZGO de. Argumentação e redes sociais: o tweet como gênero e a emergência de novas práticas comunicativas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28112014-192311/
    • Vancouver

      Dioguardi G, Aquino ZGO de. Argumentação e redes sociais: o tweet como gênero e a emergência de novas práticas comunicativas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-28112014-192311/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: