Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O óxido nítrico e as fosfodiesterases na maturação de oócitos bovinos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BOTIGELLI, RAMON CÉSAR - FZEA
  • USP Schools: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZMV
  • Subjects: OÓCITOS; ÓXIDO NÍTRICO; ENZIMAS
  • Keywords: Bovine oocytes; Fosfodiesterases; In vitro maturation; Maturação in vitro; Oócitos bovinos; Phosphodiesterases
  • Language: Português
  • Abstract: O óxido nítrico (NO) é um mensageiro químico encontrado em diversos tipos celulares como células endoteliais, neurônios e macrófagos. A síntese do NO é realizada pela ação da enzima óxido nítrico sintase (NOS). Um dos mecanismos de ação do NO é dado pela ativação da enzima guanilato ciclase solúvel (GCs), resultando na produção de monofosfato cíclico de guanosina (GMPc), um mensageiro secundário nessa via de sinalização celular. O GMPc por sua vez é capaz de modular a atividade de algumas fosfodiesterases (PDEs), enzimas responsáveis pela degradação do GMPc e de outro nucleotídeo cíclico, o monofosfato cíclico de adenosina (AMPc). O objetivo deste trabalho foi investigar os efeitos da elevação dos níveis de NO por meio do doador de óxido nítrico (SNAP) e o uso de inibidores de diferentes isoformas de fosfodiesterases no meio de cultivo durante a maturação in vitro (MIV) de oócitos bovinos sobre a retomada da meiose, concentração de NO e níveis de GMPc e AMPc. Deste modo, os complexos cumulus-oócito (CCOs) bovinos foram cultivados por até 9 horas com o doador de NO (SNAP - 10-7 M) associado ou não ao inibidor de GCs (ODQ - 10-5 M) e associado ou não aos inibidores das fosfodiesterases, PDE5 (Sildenafil - 10µM), PDE3 (Cilostamide - 20µM) e PDE8 (Dipiridamole - 50µM). As amostras foram avaliadas quanto a taxa de retomada da meiose, níveis de NO (9h de MIV) e níveis dos nucleotídeos cíclicos GMPc e AMPc (0, 1, 2 e 3h de MIV). O SNAP retardou o rompimento da vesícula germinativa com 9horas de cultivo (P<0,05) e quando o SNAP foi associado ao ODQ o efeito foi revertido (P>0,05). A inclusão de SNAP no cultivo, os níveis de NO foram elevados (P<0,05). Os níveis de GMPc só foram influenciados positivamente pelo SNAP com 1 hora de cultivo (P<0,05) e após 2 e 3 horas, esta influência não persistiu (P>0,05), visto que o ODQ aboliu o efeito. A influência do SNAP foidevido ao estímulo da GCs. Para os níveis de AMPc, o doador de NO não foi capaz de influenciar suas concentrações durante as 3 horas de cultivo (P>0,05). Quando o SNAP foi associado ao Sildenafil (SNAP+SIL) não houve diferença em relação ao grupo imaturo (P>0,05), porém, também não se diferiu do tratamento SNAP e controle (P>0,05). Para as taxas de retomada de meiose todos os tratamentos foram eficientes e conseguiram retardar a quebra da vesícula germinativa diante do grupo controle (P<0,05), sendo o grupo SNAP+CIL mais eficiente. Para os níveis de AMPc, nem mesmo com a utilização de inibidores das PDE3 e PDE8 foi possível atenuar a queda do nucleotídeo. Em conclusão, o SNAP exerceu influência na retomada da meiose, na concentração de NO e nos níveis de GMPc sendo que sua ação se deve à atividade da GCs. Não houve influência sobre os níveis de AMPc, quando o SNAP foi associado a inibidores específicos de fosfodiesterases, mesmo quando apresentaram efeito sobre a retomada da meiose. A via NO/GCs/GMPc não parecer atuar sobre a via PDE3/AMPc, sugerindo a ação de outras vias no controle da meiose
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FZEA11400025580T.1115
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOTIGELLI, Ramon César; LEAL, Cláudia Lima Verde. O óxido nítrico e as fosfodiesterases na maturação de oócitos bovinos. 2014.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-29012015-100839/ >.
    • APA

      Botigelli, R. C., & Leal, C. L. V. (2014). O óxido nítrico e as fosfodiesterases na maturação de oócitos bovinos. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-29012015-100839/
    • NLM

      Botigelli RC, Leal CLV. O óxido nítrico e as fosfodiesterases na maturação de oócitos bovinos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-29012015-100839/
    • Vancouver

      Botigelli RC, Leal CLV. O óxido nítrico e as fosfodiesterases na maturação de oócitos bovinos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-29012015-100839/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: