Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação do potencial metanogênico de gorduras do leite hidrolisadas (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DOMINGUES, RENATA DE FÁTIMA - FZEA
  • USP Schools: FZEA
  • Subjects: DIGESTÃO ANAERÓBIA; METANO; GORDURAS
  • Keywords: Enzymatic pretreatment; Metanogênese; Methanogenesis; Pré-tratamento enzimático
  • Language: Português
  • Abstract: Lipídeos contidos em resíduos de laticínios além de representarem uma perda industrial importante, interferem negativamente nos sistemas de tratamento de efluentes inibindo a atividade microbiana do consórcio (Mendes, 2005). O objetivo do presente trabalho foi estudar a degradação anaeróbia de gorduras do leite hidrolisadas com duas enzimas: lipase comercial de Candida rugosa (éster-inespecífica), e preparado enzimático de Geotrichum candidum (lipase éster-específica). Determinaram-se condições ótimas de hidrólise de gorduras do leite no tocante a tempo e temperatura de processo. Após esta etapa, determinou-se a produção metanogênica advinda da estabilização de esterco bovino combinado com gorduras de laticínios hidrolisadas e in natura. As condições ótimas de ação de lipase comercial de C. rugosa em gorduras do leite foram obtidas com temperatura de 40ºC e pH de 6,5. As condições ótimas de ação de preparado enzimático de G. candidum foram obtidas com temperatura de 40ºC e pH de 7,5. Os tempos de processo hidrolítico para a produção máxima de ácidos graxos foram de 8 horas e 16 horas quando se utilizaram preparado enzimático de G. candidum e solução de lipase comercial de C. rugosa respectivamente. As velocidades de processo, bem como os valores de biodegradabilidade anaeróbia, produção metanogênica específica e coeficiente de conversão (Yp/s) indicaram ser muito mais eficiente a utilização lipase de C. rugosa na hidrólise das gorduras do leite, quando o objetivo do processoé a produção de biogás. Além disso, o preparado enzimático de G. candidum ocasionou inibição da atividade metanogênica acetoclástica. Quando se realizou um estudo variando-se a concentração de gordura no tratamento enzimático, obteve-se a maior produção de ácido oléico quando se utilizaram 42 gramas de gordura por grama de enzima. Por outro lado, o melhor fator de conversão entre produto e substrato foi verificado quando a relação entre a massa de gordura e a massa de enzima foi igual a 6g/g
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.10.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FZEA11400025587T.1122
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DOMINGUES, Renata de Fátima; TOMMASO, Giovana. Avaliação do potencial metanogênico de gorduras do leite hidrolisadas. 2014.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-29012015-143534/ >.
    • APA

      Domingues, R. de F., & Tommaso, G. (2014). Avaliação do potencial metanogênico de gorduras do leite hidrolisadas. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-29012015-143534/
    • NLM

      Domingues R de F, Tommaso G. Avaliação do potencial metanogênico de gorduras do leite hidrolisadas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-29012015-143534/
    • Vancouver

      Domingues R de F, Tommaso G. Avaliação do potencial metanogênico de gorduras do leite hidrolisadas [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74132/tde-29012015-143534/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: