Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Levantamento dos fatores psicológicos associados às alterações da fluência numa clínica-escola (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: HERRERA, SIMONE APARECIDA LOPES - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Subjects: LINGUAGEM; GAGUEIRA; FONOAUDIOLOGIA; FLUÊNCIA (PSICOLOGIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A fala fluente é o fluxo contínuo e suave de produção de fala. Quando este apresenta rupturas involuntárias, em menor e maior grau, há a disfluência. Essas rupturas são caracterizadas por repetições de sons e de sílabas, prolongamentos, bloqueios, pausas extensas e instruções. Essas alterações diminuem a velocidade da fala e provocam um grau de rompimento acima da taxa pertinente à idade do falante. A produção da fala disfluente, tensa e com esforço, pode acarretar consequências sociais e emocionais no indivíduo que gagueja, prejudicando sua qualidade de vida. Então, investigações que propiciem maiores esclarecimentos sobre os fatores que interferem no surgimento da gagueira, se fazem necessárias para compreender sua etiologia e prevenir o seu desenvolvimento, suas consequências pessoais, e, ainda, favorecer o resultado terapêutico. Fica evidente que é de extrema importância a avaliação da gagueira levandose em conta os fatores que possam estar envolvidos. Temse então a necessidade de estudar a relação entre fatores psicológicos e disfluência para que o processo de intervenção fonoaudiológica tenha um melhor prognostico. Objetivo: Realizar o levantamento dos fatores psicológicos como fatores de risco e predisponentes a alterações da fluência em casos de indivíduos atendidos na numa ClinicaEscola. Métodos: Foram analisados 40 prontuários de indivíduos atendidos entre 2012 a 2014. A análise de dados foi realizada de forma quantitativa, por meio do cálculo numérico e da porcentagem de cada categoria levantada, possibilitando o levantamento de um perfil para caracterização da amostra. Em seguida foi realizada uma analise qualitativa, desempenhada para que fossem discutidos e correlacionados os dados específicos da população em estudo com dados disponíveis em literatura. Foram levantados dados referentes ao período da queixa, relação familiar,comportamento social, fatores relacionados ao surgimento da gagueira, entre outros, que estão presentes nos protocolos feitos pela pesquisadora, no qual há a divisão de perguntas para crianças, adolescentes e adultos. Resultados: Dentre os prontuários analisados, 43,75% estavam completos, 35,40 % estavam sem anamnese (apenas com triagem) e 16,60% não foram encontrados. Observouse que a maioria dos indivíduos eram crianças (65,79%), seguidos de adolescentes (23,68%) e adultos (10,53%). As primeiras queixas surgiram da família (66,67%), escola (9,52%) ou do indivíduo (23,81%). Ao analisar as repreensões sofridas ao gaguejar, os resultados foram: 38,09% eram repreendidos, 33,3% nada sofriam e 28,57% não relataram tal informação. Quando analisado se a dificuldade ou gagueira piora em situações de estresse e maior demanda social, os resultados obtidos revelam que 57,14 % apresentaram piora, 4,76% afirmaram que não há piora da gagueira e 38,09% não relataram sobre tal situação. Conclusão: Há influência de fatores psicológicos para o aparecimento da gagueira e seu agravamento durante a comunicação. Além disso, foi possível constatar que os familiares e amigos têm forte influência no desenvolvimento da disfluência. Então, é preciso focar também em terapias psicológicas quando estas questões estejam gerando ansiedade em demasia e em uma maior orientação de amigos e familiares sobre conduta adequada. Sendo assim, pesquisas podem ser desenvolvidas a partir do estudo aqui apresentado de forma a ampliar o conhecimento sobre os fatores psicológicos envolvidos.
  • Imprenta:
  • ISBN: 978-85-60911-48-6
  • Source:
  • Conference titles: Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CORTEZ, Beatriz; GUARNIERI, Camilla; GONÇALVES, Bianca Rodrigues Lopes; LOPES-HERRERA, Simone Aparecida. Levantamento dos fatores psicológicos associados às alterações da fluência numa clínica-escola. Anais.. São Paulo: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 2014.
    • APA

      Cortez, B., Guarnieri, C., Gonçalves, B. R. L., & Lopes-Herrera, S. A. (2014). Levantamento dos fatores psicológicos associados às alterações da fluência numa clínica-escola. In Anais Científicos. São Paulo: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.
    • NLM

      Cortez B, Guarnieri C, Gonçalves BRL, Lopes-Herrera SA. Levantamento dos fatores psicológicos associados às alterações da fluência numa clínica-escola. Anais Científicos. 2014 ;
    • Vancouver

      Cortez B, Guarnieri C, Gonçalves BRL, Lopes-Herrera SA. Levantamento dos fatores psicológicos associados às alterações da fluência numa clínica-escola. Anais Científicos. 2014 ;