Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Traduzindo a tradução de Brecht no Brasil: estudo do caso brasileiro da recepção à obra de Brecht (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ROPERO, ADRIANO - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Subjects: LITERATURA ALEMÃ; TEATRO (LITERATURA); TRADUÇÃO
  • Keywords: Brecht; Tradução para a cena; Translation for stage
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo descrever e analisar a recepção da obra de Bertolt Brecht no Brasil, tendo como guia o processo de tradução, que teve início no Brasil em 1948. A teoria que norteia essa pesquisa é fundamentada nos Estudos Descritivos da Tradução, mais precisamente na Teoria dos Polissistemas de Itamar Even-Zohar, os conceitos de reescritura e patronagem de André Lefevere, as normas da tradução de Gideon Toury, somados à obra de Gérard Genette Paratextos Editoriais. Essa teoria é a base para que esta pesquisa faça a distinção entre quatro períodos de tradução observados no material que compõe o corpus dessa pesquisa. Além da fortuna crítica sobre Brecht no Brasil, faz parte dessa pesquisa notícias sobre o dramaturgo nos jornais do Grupo Folha (Folha da Noite, Folha da Manhã e Folha de São Paulo) e do jornal O Estado de São Paulo, disponíveis na internet nos acervos digitais dos respectivos veículos de comunicação. Através da análise da atitude tradutória em cada período são contrapostos os resultados obtidos pelo sistema teatral brasileiro dessa recepção com as teorias de Brecht para o teatro e para a tradução. Dessa maneira, faz-se um estudo minucioso de cada período: 1) 1948 a 1958 quando há apenas a tradução cultural das ideias e dos aspectos do teatro de Brecht no Brasil abordando sua obra como clássica; 2) 1958 a 1968 respeitando o modelo estabelecido no período anterior inicia a tradução de textos de Brecht como uma obra clássica, contradizendo a visãode teatro de Brecht e enfrentando muitos problemas de ordem técnica para encenar Brecht; 3) 1968 a 1998 marcado fortemente pela experimentação teatral, encontra seu maior expoente no Grupo Oficina, que renova a linguagem teatral brasileira e dá novos rumos à tradução de Brecht, se aproximando muito da visão de teatro de Brecht; 4) depois de 1998 contando com mais recursos técnicos e com menos grupos de repertório, o cenário teatral volta a buscar uma encenação mais fiel a Brecht se aproximando mais do segundo momento de recepção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900137182T ROPERO, ADRIANO 2014
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROPERO, Adriano; AZENHA JUNIOR, João. Traduzindo a tradução de Brecht no Brasil: estudo do caso brasileiro da recepção à obra de Brecht. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8144/tde-14012015-113346/ >.
    • APA

      Ropero, A., & Azenha Junior, J. (2014). Traduzindo a tradução de Brecht no Brasil: estudo do caso brasileiro da recepção à obra de Brecht. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8144/tde-14012015-113346/
    • NLM

      Ropero A, Azenha Junior J. Traduzindo a tradução de Brecht no Brasil: estudo do caso brasileiro da recepção à obra de Brecht [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8144/tde-14012015-113346/
    • Vancouver

      Ropero A, Azenha Junior J. Traduzindo a tradução de Brecht no Brasil: estudo do caso brasileiro da recepção à obra de Brecht [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8144/tde-14012015-113346/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: