Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo do compartimento de linfócitos T CD4+ em pacientes com LLC-B: distribuição das subpopulações TH1, TH2, TH17 e TREG e avaliação da expressão de FAS e FASL (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, FLÁVIA AMOROSO MATOS E - ICB
  • USP Schools: ICB
  • Subjects: LINFÓCITOS T; LEUCEMIA; APOPTOSE; SISTEMA IMUNE; LINFÓCITOS B
  • Keywords: Apoptose; Apoptosis; CD4 T lymphocytes; Cronic Lymphocytic Leukemia; Factors prognostic; Fatores de prognósticos; Leucemia Linfocítica Crônica; Linfócitos T CD4
  • Language: Português
  • Abstract: LLC-B é uma neoplasia hematológica derivada de uma população de linfócitos B maduros CD5+ localizados na zona do manto dos folículos linfóides e é a mais comum das doenças linfoproliferativas. É uma doença clinicamente heterogênea na qual certos pacientes apresentam quadros indolentes que durante muitos anos podem ser controlados com pouco ou nenhum tratamento. Relatos da literatura sugerem que os linfócitos T na LLC-B podem ser incapazes de iniciar, manter e concluir uma resposta imune para a célula B maligna e outros antígenos, e podem estar diretamente envolvidos na manutenção do tumor. Os linfócitos são ativados, proliferam e polarizam sua resposta para padrões pro-inflamatórios ou antiinflamatórios, aumentando sua população e tornando-se capazes para realizar suas funções efetoras. Embora o processo de ativação dos linfócitos Th seja indispensável para a defesa do hospedeiro, é necessário que haja um equilíbrio homeostático, onde as células auto-reativas ou recorrentemente ativadas sejam eliminadas. A esse último mecanismo de manutenção do equilíbrio imunológico, dá-se o nome de Tolerância Periférica, sendo que o processo de morte celular induzida por ativação (AICD) constitui um dos principais mecanismos para sua manutenção. Assim, neste estudo também foram analisados membros do grupo de receptores de membrana da superfamília dos receptores de fatores de necrose tumoral (tumor necrosis factor receptor, TNFR)Esta família TNFR inclui diversos receptores, entre eles o FAS (CD95) e seu ligante FASL. O objetivo central deste trabalho é investigar alterações no compartimentos de linfócitos T como, Th1, Th2, Th17 e Treg, bem como membros da via extrínseca de morte, FAS e FASL nos linfócitos T CD4+. Os resultados mostraram que o número absoluto dos linfócitos T CD4+, CD8+ e Th1 é heterogêneo, sendo que alguns pacientes apresentaram aumento e outros diminuição destas células quando comparados com o grupo controle do estudo. Em relação a expressão de FAS e FASL os resultados também apresentaram heterogeneidade. Sendo assim foi analisado cada paciente e comparados com os fatores de prognósticos e dados clínicos em cada caso. Ainda há muito para ser investigado, mas este trabalho tem como perspectivas buscar melhor entendimento da participação dos linfócitos T CD4+ nas LLC-B, expandindo as possibilidade de tratamento e busca de novos alvos terapêuticos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.10.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ICB12100117107T-ICB BMI QW504 S586ec 2014
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Flávia Amoroso Matos e; MENDES, João Gustavo Pessini Amarante. Estudo do compartimento de linfócitos T CD4+ em pacientes com LLC-B: distribuição das subpopulações TH1, TH2, TH17 e TREG e avaliação da expressão de FAS e FASL. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-24022015-082206/ >.
    • APA

      Silva, F. A. M. e, & Mendes, J. G. P. A. (2014). Estudo do compartimento de linfócitos T CD4+ em pacientes com LLC-B: distribuição das subpopulações TH1, TH2, TH17 e TREG e avaliação da expressão de FAS e FASL. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-24022015-082206/
    • NLM

      Silva FAM e, Mendes JGPA. Estudo do compartimento de linfócitos T CD4+ em pacientes com LLC-B: distribuição das subpopulações TH1, TH2, TH17 e TREG e avaliação da expressão de FAS e FASL [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-24022015-082206/
    • Vancouver

      Silva FAM e, Mendes JGPA. Estudo do compartimento de linfócitos T CD4+ em pacientes com LLC-B: distribuição das subpopulações TH1, TH2, TH17 e TREG e avaliação da expressão de FAS e FASL [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-24022015-082206/