Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Redistribuição postmortem de antidepressivos e seus produtos de biotransformação em tecidos biológicos humanos (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, MARCELO FILONZI DOS - FCF
  • USP Schools: FCF
  • Subjects: TOXICOLOGIA FORENSE; MEDICINA LEGAL; ANTIDEPRESSIVOS; CROMATOGRAFIA A GÁS
  • Language: Português
  • Abstract: Os antidepressivos pertencem a uma importante classe de medicamentos investigados na toxicologia forense. Em casos de amostras provenientes de cadáveres, o intervalo entre o óbito e a obtenção da espécie biológica pode proporcionar a redistribuição postmortem destes fármacos. Com o objetivo de elucidar esse fenômeno, métodos analíticos foram desenvolvidos e aplicados utilizando sangue total (ST), humor vítreo (HV) e fígado. Para as amostras de ST e HV, o método de extração escolhido e validado foi a microextração em fase líquida (LPME) trifásica. Fibras ocas constituídas de polipropileno, com a extensão de 8 cm cada, foram tratadas com o solvente orgânico dodecano (fase orgânica), resultando em um membrana com permeabilidade seletiva. No lúmen destas fibras, adicionou-se ácido fórmico 0,1 mol/L (fase aceptora). Em frasco de fundo chato com 5 mL de capacidade, pipetou-se 3,5 mL de NaOH 0,1 mol/L (fase doadora) e 0,5 mL de ST ou HV. Ao término da extração, as amostras foram introduzidas no GC-MS, sem a necessidade de reações de derivatização. O estudo com ST contemplou os antidepressivos amitriptilina (AMI), nortriptilina (NTR), imipramina (IMI), desipramine (DES), clomipramina (CLO), desmetilclomipramina (DMC), fluoxetina (FLU) e norfluoxetina (NFL). Os limites de quantificação para estas substâncias ficaram inferiores aos níveis terapêuticos (20 ng/mL). As médias dos coeficientes de variação intradia e interdia foram, respectivamente, de 9,7 e 9,8%. As curvas de calibraçãoapresentaram linearidade entre as concentrações de 20 até 1200 ng/mL. A validação do parâmetro integridade da diluição assegurou a mensuração de quantidades superiores ao limite apresentado na curva de calibração. O método foi aplicado em sete amostras reais postmortem e em apenas um caso foi observada uma diferença significativa (300%) entre os valores quantificados no ST periférico e central. Os antidepressivos tricíclicos AMI, NTR, IMI e DES foram avaliados no HV e o efeito matriz foi detectado para os dois últimos analitos. O método foi otimizado e validado utilizando solução salina adicionada de AMI e NTR. O limite de detecção igual a 5 ng/mL, foi obtido com a redução da voltagem da fonte de íons do espectrômetro de massa para 50 eV. Coeficientes de variação foram inferiores a 15%. Os procedimentos validados foram aplicados em seis amostras reais de HV. A relação encontrada entre os valores obtidos no ST periférico e HV foi de aproximadamente 0,1. A extração acelerada por solvente (ASE) e, posteriormente, a extração em fase sólida (SPE) foram as técnicas de separação dos analitos da matriz fígado. Ao término das citadas extrações, os antidepressivos foram analisados no GC-MS. Para esta matriz sólida, são necessários mais estudos, pois os valores encontrados nos ensaios analíticos estão em desacordo com as diretrizes utilizadas na validação dos métodos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100021742-FT 615.9 S237r
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Marcelo Filonzi dos; YONAMINE, Maurício. Redistribuição postmortem de antidepressivos e seus produtos de biotransformação em tecidos biológicos humanos. 2014.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-09022015-092617/ >.
    • APA

      Santos, M. F. dos, & Yonamine, M. (2014). Redistribuição postmortem de antidepressivos e seus produtos de biotransformação em tecidos biológicos humanos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-09022015-092617/
    • NLM

      Santos MF dos, Yonamine M. Redistribuição postmortem de antidepressivos e seus produtos de biotransformação em tecidos biológicos humanos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-09022015-092617/
    • Vancouver

      Santos MF dos, Yonamine M. Redistribuição postmortem de antidepressivos e seus produtos de biotransformação em tecidos biológicos humanos [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-09022015-092617/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: