Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Bevacizumabe versus Ranibizumabe intravítreo para o tratamento de pacientes portadores de edema macular diabético refratário (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NEPOMUCENO, ANTÔNIO BRUNNO VIEIRA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: DOENÇAS RETINIANAS; DIABETES MELLITUS
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Comparar os efeitos de injeções intravitreas (IV) de Bevacizumabe e ranibizumabe no tratamento de edema macular diabético (EMD) sobre a acuidade visual e espessura macular observados à tomografia de coerência óptica (OCT). Casuística e Métodos: Foi realizado estudo prospectivo randomizado em quarenta e oito pacientes (63 olhos) com EMD, aleatoriamente designados para receber 1,5 mg (0,06 mi) de Bevacizumabe IV ou 0,5 mg (0,05 mi) de ranibizumabe IV no inicio do estudo e mensalmente, caso sua espessura retiniana no subcampo central (CSFT) fosse superior a 275 micrômetros (µm). Resultados: Quarenta e cinco pacientes (60 olhos) concluíram as 48 semanas de seguimento. Também se verificou melhora estatisticamente significativa na acuidade visual em ambos os grupos em todas as visitas do estudo (p<0,05) e redução significativa na média da CSFT em ambos os grupos, em todas as visitas do estudo, em comparação com os valores basais (p<0,05), sem qualquer diferença significativa na redução da espessura macular entre os grupos. Verificou-se proporção maior de olhos com CSFT menor ou igual a 275 µm no grupo ranibizumabe IV nas semanas 4, 28, 36 e 44 (p<0,05). A média do número de injeções foi significativamente maior (p<0,05) no grupo Bevacizumabe IV (9,84) do que no grupo ranibizumabe IV (7,67). Dois pacientes do grupo ranibizumabe IV apresentaram endoftalmite infecciosa após injeção IV ao longo do estudo. Conclusões: O Bevacizumabe IV e ranibizumabe IV estão associados a efeitos semelhantes na CSFT em pacientes com EMD após um ano de acompanhamento. Foi necessário número, estatisticamente maior, de injeções IV no grupo bevacizumabe
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.07.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066582Nepomuceno, Antônio Brunno Vieira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NEPOMUCENO, Antônio Brunno Vieira; JORGE, Rodrigo. Bevacizumabe versus Ranibizumabe intravítreo para o tratamento de pacientes portadores de edema macular diabético refratário. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Nepomuceno, A. B. V., & Jorge, R. (2014). Bevacizumabe versus Ranibizumabe intravítreo para o tratamento de pacientes portadores de edema macular diabético refratário. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Nepomuceno ABV, Jorge R. Bevacizumabe versus Ranibizumabe intravítreo para o tratamento de pacientes portadores de edema macular diabético refratário. 2014 ;
    • Vancouver

      Nepomuceno ABV, Jorge R. Bevacizumabe versus Ranibizumabe intravítreo para o tratamento de pacientes portadores de edema macular diabético refratário. 2014 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: