Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Professional choices and teacher identities in the Science Teacher Education Program at EACH/USP (2015)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DOMINGUEZ, CELI RODRIGUES CHAVES - EACH ; VIVIANI, LUCIANA MARIA - EACH ; CAZETTA, VALÉRIA - EACH ; GURIDI, VERÓNICA MARCELA - EACH ; FAHT, ELEN CRISTINA - EACH ; PIOKER, FABIANA CURTOPASSI - EACH ; CUBERO, JOSELY - EACH
  • USP Schools: EACH; EACH; EACH; EACH; EACH; EACH; EACH
  • DOI: 10.1007/s11422-014-9650-8
  • Subjects: FORMAÇÃO DE PROFESSORES; ESTÁGIOS; CIÊNCIA (FORMAÇÃO PROFISSIONAL); ESCOLHA PROFISSIONAL
  • Language: Inglês
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso online ao documento

    Online accessDOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: 10.1007/s11422-014-9650-8 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de assinatura
    • Este artigo NÃO é de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: closed
    Versões disponíveis em Acesso Aberto do: 10.1007/s11422-014-9650-8 (Fonte: Unpaywall API)

    Título do periódico: Cultural Studies of Science Education

    ISSN: 1871-1502,1871-1510



      Não possui versão em Acesso aberto
    Informações sobre o Citescore
  • Título: Cultural Studies of Science Education

    ISSN: 1871-1502

    Citescore - 2017: 0.46

    SJR - 2017: 0.393

    SNIP - 2017: 0.501


  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DOMINGUEZ, Celi Rodrigues Chaves; VIVIANI, Luciana Maria; CAZETTA, Valéria; et al. Professional choices and teacher identities in the Science Teacher Education Program at EACH/USP. Cultural Studies of Science Education, Dordrecht, 2015. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1007/s11422-014-9650-8 > DOI: 10.1007/s11422-014-9650-8.
    • APA

      Dominguez, C. R. C., Viviani, L. M., Cazetta, V., Guridi, V. M., Faht, E. C., Pioker-Hara, F. C., & Bonardo, J. C. (2015). Professional choices and teacher identities in the Science Teacher Education Program at EACH/USP. Cultural Studies of Science Education. doi:10.1007/s11422-014-9650-8
    • NLM

      Dominguez CRC, Viviani LM, Cazetta V, Guridi VM, Faht EC, Pioker-Hara FC, Bonardo JC. Professional choices and teacher identities in the Science Teacher Education Program at EACH/USP [Internet]. Cultural Studies of Science Education. 2015 ;Available from: http://dx.doi.org/10.1007/s11422-014-9650-8
    • Vancouver

      Dominguez CRC, Viviani LM, Cazetta V, Guridi VM, Faht EC, Pioker-Hara FC, Bonardo JC. Professional choices and teacher identities in the Science Teacher Education Program at EACH/USP [Internet]. Cultural Studies of Science Education. 2015 ;Available from: http://dx.doi.org/10.1007/s11422-014-9650-8

    Referências citadas na obra
    Barreyro, G. B., Viviani, L. M., Lima, A. L. G., Infante-Malachias, M. E., Dominguez, C. R. C., & Cazetta, V. (2010). Uma proposta inovadora de estágios para os professores de ciências: a experiência do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza (EACH-USP) em São Paulo, Brasil. Experiências em Ensino de Ciências, 5(3), 83–93.
    Beijaard, D., Meijer, P. C., & Verloop, N. (2004). Reconsidering research on teachers’ professional identity. Teaching and Teacher Education, 20, 107–128. doi: 10.1016/j.tate.2003.07.001 .
    Berger, P. L., & Luckmann, T. (1967). The social construction of reality; a treatise in the Sociology of Knowledge. Garden City: Doubleday.
    Bogdan, R., & Biklen, S. (1994). Investigação qualitativa em educação. Uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.
    Cole, A. L. (1990). Personal theories of teaching: Development in the formative years. The Alberta Journal of Educational Research, 36, 203–222.
    Connely, F. M., & Clandinin, D. J. (1995). Relatos de experiencia e investigación narrativa. In J. Larrosa (Ed.), Déjame que te cuente: ensayos sobre narrativa y educación (pp. 11–59). Barcelona: Editorial Laertes.
    Enyedy, N., Goldberg, J., & Welsh, K. M. (2006). Complex dilemmas of identity and practice. Science Education, 90, 68–93. doi: 10.1002/sce.20096 .
    Ferrarotti, F. (1988) Sobre a autonomia do método biográfico. In A. Nóvoa, & M. Finger (Eds.), O método (auto)biográfico e a formação (pp. 17–34). Lisboa: MS/DRHS/CFAP.
    Galindo, E. C. M. (2004) A construção da identidade profissional docente. Psicologia Ciência e Profissão, 24(2), 14–23.
    Gee, J. P. (2013). An introduction to discourse analysis: Theory and method. New York: Routledge.
    Guimarães, V. S. (2004). Formação de professores: Saberes, identidade e profissão. Campinas: Papirus.
    Hall, S. (1997). The centrality of culture: Notes on the cultural revolutions of our time. In K. Thompson (Ed.), Media and cultural regulation. London: Sage Publications.
    Kerby, A. P. (1991). Narrative and the self. Bloomington: Indiana University Press.
    Knowles, J. G. (1992). Models for understanding pre-service and beginning teachers’ biographies: Illustration from case studies. In I. Goodson (Ed.), Studying teachers’ lives (pp. 99–152). London: Routledge.
    Larrosa, J. (2004). Experiência e paixão. In J. Larrosa (Ed.), Linguagem e educação depois de Babel (pp. 151–166). Belo Horizonte: Autêntica.
    Lasky, S. (2005). A sociocultural approach to understanding teacher identity, agency and professional vulnerability in a context of secondary school reform. Teaching and Teacher Education, 21, 899–916. doi: 10.1016/j.tate.2005.06.003 .
    Lemke, J. L. (2000). Across the scales of time: Artifacts, activities, and meanings in ecosocial systems. Mind, Culture and Activity, 7(4), 273–290. doi: 10.1207/S15327884MCA0704_03 .
    Louzano, P., Rocha, V., Moriconi, G. M., & Oliveira, R. P. (2010). Quem quer ser professor? Atratividade, seleção e formação docente no Brasil. Estudos de Avaliação Educacional, 21(47), 543–568.
    Luehmann, A. L. (2007). Identity development as a lens to science teacher preparation. Science Education, 91, 822–839. doi: 10.1002/sce.20209 .
    Nóvoa, A. (1992). Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote.
    Nóvoa, A. (2007). Os professores e a sua formação. In A. Nóvoa (Ed.), Vidas de professores (pp. 11–30). Porto: Porto Editora.
    Pimenta, S. G. (1999). Saberes pedagógicos e atividades docentes. In S. G. Pimenta (Ed.), Formação de professores: Identidade e saberes da docência (pp. 15–34). São Paulo: Cortez.
    Pimenta, S. G., & Lima, M. S. L. (2004). Estágio e docência. São Paulo: Cortez.
    Pineau, G., & Michèle, M. (1983). Produire sa vie: autoformation et autobiographie. Paris: Editions Sanint-Martin.
    Schaffel, L. S. (1999). O Instituto de Educação do Rio de Janeiro e a construção de uma identidade profissional (1930–1960). Tese de doutorado. Departamento de Educação: Pontifícia Universidade Católica, Rio de Janeiro.
    Silva, T. T. (2000). A produção social da identidade e da diferença. In T. Silva (Ed.), Identidade e diferença. A perspectiva dos Estudos Culturais (pp. 73–102) Petrópolis: Vozes.
    Tardif, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes.
    Universidade de São Paulo. (2004). Programa de Formação de Professores. São Paulo: Pró-Reitoria de Graduação.
    Veiga-Neto, A. (1996). Olhares… In M. V. Costa (Ed.) Caminhos investigativos I: Novos olhares na pesquisa em educação (pp. 19–35). Porto Alegre: Mediação.
    Warschauer, C. (1993). A roda e o registro: Uma parceria entre professor, alunos e conhecimento. Rio de Janeiro: Paz e Terra.
    Weffort, M. F. (1995). Observação, registro, reflexão: Instrumentos metodológicos I—Séries Seminários. São Paulo: Espaço Pedagógico.