Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Controle da expressão de BhSGAMP-1 na glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), e sua função antimicrobiana (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ZANAROTTI, GABRIELA MORILHA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: PEPTÍDEOS; SISTEMA IMUNE; GLÂNDULAS SALIVARES
  • Language: Português
  • Abstract: O gene BhSGAMP-1 codifica um peptídeo antimicrobiano (AMP) secretado pela glândula salivar do inseto Bradysia hygida no final do estágio larval. Nas últimas décadas, AMPs têm sido reconhecidos como potenciais agentes terapêuticas, capazes de atuar no combate a uma ampla variedade de microrganismos patogênicos, além de apresentarem características anticancerígenas e de cicatrização de feridas. A ausência da indução da expressão de BhSGAMP-1 em resposta a infecção com microrganismos apoia a hipótese de que este peptídeo é parte de um sistema de defesa preventiva descrito em plantas e insetos. Assim, considerando a escassez de informações sobre os sistemas preventivos de defesa, neste trabalho estendemos a caracterização dos mecanismos de controle da expressão de BhSGAMP-1 nas diferentes regiões da glândula salivar durante o desenvolvimento. Através de RTPCR e Southern blot, verificamos que este gene é expresso nas três regiões da glândula (S1, S2, S3) a partir do estágio E3, quando ocorre o pico de ecdisona que induz a metamorfose da larva. Nas regiões S1 e S2, verificamos que a expressão de BhSGAMP-1 é induzida em larvas de estágio E1 (anterior a E3), 15 minutos após injeção de 20-OH ecdisona (20E), enquanto que, na região S3, isso só é detectado 8 a 9 horas após a injeção do hormônio. De modo interessante, a injeção do inibidor de síntese proteica cicloheximida (CHX), na ausência de ecdisona, foi suficiente para que a indução de BhSGAMP-1 fosse detectada nas três regiões glandulares 15 minutos após a injeção. Esses dados corroboram resultados anteriores de que BhSGAMP-1 é regulado diretamente por 20E, e levam à hipótese de que o controle diferencial da atividade do gene nas regiões glandulares envolve diferenças na dinâmica da interação de supostos repressores de vida curta com o promotor de BhSGAMP-1. Em outra frente de pesquisa, com o objetivode estender os ensaios da atividade antimicrobiana de BhSGAMP-1, investimos esforços na obtenção do peptídeo nativo, através da expressão em células de procarioto (bactéria) e eucarioto (inseto). Dado ao insucesso dessa abordagem, utilizamos um peptídeo sintético para estender a avaliação de sua atividade contra microrganismos ainda não desafiados em testes anteriores. Os resultados mostraram um efeito antimicrobiano abaixo do esperado, que pode ser explicado pela estrutura secundária assumida pela molécula nas condições experimentais utilizadas. O interesse nos AMPs como modelo para o desenvolvimento de compostos farmacêuticos efetivos contra patógenos resistentes justifica esforços futuros em busca de condições para a manutenção da estrutura tridimensional e alta atividade do peptídeo BhSGAMP-1
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.08.2014

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200066528Zanarotti, Gabriela Morilha
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZANAROTTI, Gabriela Morilha; POÇÓ-LARSON, Maria Luisa. Controle da expressão de BhSGAMP-1 na glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), e sua função antimicrobiana. 2014.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
    • APA

      Zanarotti, G. M., & Poçó-Larson, M. L. (2014). Controle da expressão de BhSGAMP-1 na glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), e sua função antimicrobiana. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Zanarotti GM, Poçó-Larson ML. Controle da expressão de BhSGAMP-1 na glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), e sua função antimicrobiana. 2014 ;
    • Vancouver

      Zanarotti GM, Poçó-Larson ML. Controle da expressão de BhSGAMP-1 na glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), e sua função antimicrobiana. 2014 ;