Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito da suplementação de L-glutamina e L-ácido glutâmico na dieta de marrãs sobre o desempenho reprodutivo e produtivo da progênie (2014)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PARAZZI, LARISSA JOSÉ - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VNP
  • Subjects: AMINOÁCIDOS; SUÍNOS; SUPLEMENTOS ALIMENTARES PARA ANIMAIS
  • Keywords: Gestação; Glutamina; Glutamine; Lactação; Lactation; Marrãs; Ovulação; Ovulation; Pregnancy; Sows
  • Language: Português
  • Abstract: A glutamina (Gln) e o glutamato (Glu) participam ativamente do metabolismo, sendo fontes de energia para células de intensa proliferação, como enterócitos, células do sistema imune, trofloblastos e embriões. O objetivo geral foi avaliar os efeitos da suplementação de Lglutamina e L-ácido glutâmico (1%) nas dietas: (a) marrãs desde a chegada ao local de experimentação até a manifestação do primeiro estro, seguido do primeiro ciclo estral e flushing (capítulo I), (b) primíparas no terço final da primeira gestação, seguida da lactação, intervalo desmame estro e terços inicial e médio até 73 dias da gestação subsequente (capítulo II); e nas dietas de leitões do desmame aos 49 dias de idade (capítulo III). No capítulo I, as fêmeas suplementadas durante o flushing, foram abatidas aos 5 dias de gestação para avaliação dos embriões e ovário. O número de corpos lúteos do grupo suplementado foi superior numericamente ao grupo controle (20,25 versus 17,88, respectivamente), sugerindo possível efeito da suplementação na taxa de ovulação, acompanhado do maior percentual de células vivas e menor de células mortas, com significância nas variâncias, indicativas de menor variabilidade e melhor homogeneidade das estruturas, levando a possível influência na viabilidade embrionária. No capítulo II, os pesos corporais e as espessuras de toucinho (ET) das primíparas não revelaram diferenças significativas nos períodos analisados. As concentrações de glutamina e glutamato no plasma sanguíneo foramsignificativas para o tratamento (p<0,05) até o parto, revelando concentrações maiores para as fêmeas suplementadas. Destacou-se diferença significativa na sobrevivência dos leitões no aleitamento em favor do grupo suplementado. Aos 73,45 ± 1,61 dias da segunda gestação, o peso dos fetos do grupo suplementado (p=0,0690) foi maior em relação aos do grupo controle. Os leitões desmamados (Capítulo III) foram avaliados em arranjo fatorial 2x2, sendo um fator a suplementação da mãe e outro a suplementação dos leitões. O peso ao desmame foi significativo para o fator Mãe, destacando maiores pesos para os leitões oriundos de mães controles (p=0,0296), contudo de 21 a 34 dias de idade, a conversão alimentar foi melhor para os leitões oriundos de mães suplementadas (p=0,0522). Ao final da terminação (133 dias de idade), os tratamentos não mostraram diferenças significativas em relação ao desempenho. Considerando que o peso dos leitões de mães controles iniciou superior ao desmame, os grupos se igualaram em relação ao peso final. Os resultados trazem novas perspectivas para futuras pesquisas em relação ao uso da suplementação de L-glutamina e L-ácido glutâmico, principalmente no flushing, nos terços inicial e médio da gestação, pois, pode influir positivamente na taxa de ovulação e desenvolvimento homogêneo e maior peso dos fetos. Além disso, a ação no desenvolvimento dos leitões, sobrevivência no aleitamento e quanto à integridade intestinal no período pós desmame também merecem atenção, o que pode contribuir, na abordagem interativa dos parâmetros, influência positiva na economia da produção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2014
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300048746T.2998c FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PARAZZI, Larissa José; MORETTI, Anibal de Sant Anna. Efeito da suplementação de L-glutamina e L-ácido glutâmico na dieta de marrãs sobre o desempenho reprodutivo e produtivo da progênie. 2014.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2014. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-23022015-094403/ >.
    • APA

      Parazzi, L. J., & Moretti, A. de S. A. (2014). Efeito da suplementação de L-glutamina e L-ácido glutâmico na dieta de marrãs sobre o desempenho reprodutivo e produtivo da progênie. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-23022015-094403/
    • NLM

      Parazzi LJ, Moretti A de SA. Efeito da suplementação de L-glutamina e L-ácido glutâmico na dieta de marrãs sobre o desempenho reprodutivo e produtivo da progênie [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-23022015-094403/
    • Vancouver

      Parazzi LJ, Moretti A de SA. Efeito da suplementação de L-glutamina e L-ácido glutâmico na dieta de marrãs sobre o desempenho reprodutivo e produtivo da progênie [Internet]. 2014 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-23022015-094403/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: